Poluição Sonora na Feira do Produtor do Buritizal (acho lindo esse nome, Buritizal. Sério!)

Gente do Céu!

Colocaram um sistema de som na Feira do Produtor.

Mas é uma coisa sem noção. Um locutor berrando, num som altíssimo de baixa qualidade, perturbando o ouvido de produtores e consumidores.

Os produtores estão P da vida com a “novidade”. Conversei com vários, todos os unânimes em dizer que “aquilo” é horrível e que incomoda. Minha vendedora de farinha baguda, me falou que desde quando começou a presepada, há três semanas, ela sai com dor de cabeça e com sensação maior de cansaço.

O locutor cobra para divulgar as banquinhas de produtos. E eles nem precisam desse serviço. Lá a gente dá uma volta geral, né não?

Você que foi na Feira depois desse serviço, deixe aqui sua impressão.

Foto: Emanuel Costa
Foto: Emanuel Costa
  • estou chocada com esta decisão, e a investigação que estavam fazendo com a tal testemunha do leury que voutou atras dizendo que nada era verdade e que o deputado jorge souza de réu passou a ser vítima , isso não vale nada? estranho né!!!!

  • O único projeto agrícola do Governo Waldez Góes,ainda assim foi implantado pelo Capi.O governo está paralisado,sem ação sem trabalho,sem iniciativa; inaugurando obras que estavam quase prontas a 7 anos atrás, como exemplo o Anexo da Danille Miterran e a Escola de Formação Profissional em Santana.Sua especialidade são pequenos serviços,pequenos reparos,uma pintura aqui outra ali e nada mais.

  • Estive lá a trabalho e aproveitei para consumir…onde mais eu encontraria um “doce americano” tão deliciso, tão bem feito e igualzinho aos que é vendido aos montes na Paraíba, só lá mesmo.
    Achei o serviço de anúncio sonoro inadequado, virou uma mistura de ruídos de feirantes e compradores falando alto e o locutor que a gente só ouve bem se concentrar-se profundamente devido ao barulho típico de feira. Quem sabe ficando só musica ambiente (do tipo que neutralize o cansaço da vendedora de farinha baguda por exemplo eheehhee) funciona melhor a ideia de sonorizar a Feira, enfim, acho que vale a pena repensar o uso de sistema de som, de preferência ouvindo sugestões de feirantes e consumidores.

  • Também não concordo. Porem tu já esqueceu que no governo do teu capi o Humberto Moreira tinha um sistema igual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *