Brasília, 15/10/2009 – Policiais e bombeiros militares ativos e inativos do Amapá e seus familiares participam, sábado, 17, às 16 horas, da passeata que pede a aprovação da PEC 300/2008 pelo Congresso Nacional. Às 17 horas acontece, na Assembleia Legislativa do Amapá, uma audiência pública para debater o assunto.

Os atos estão sendo organizados pela deputada federal Janete Capiberibe e pelo deputado estadual Camilo Capiberibe e têm apoio da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Amapá, representada pelo soldado Balieiro.

A concentração para a passeata será na Praça da Bandeira seguindo, depois, para a Assembleia. O relator da PEC 300/2008 na Comissão Especial, deputado Major Fábio (DEM/PB), e o deputado federal Capitão Assumção (PSB/ES) já confirmaram presença nos atos, convidados por requerimento da deputada Janete Capiberibe.

Apoio – O Amapá tem quase 4 mil policiais e mais de 900 bombeiros. “A aprovação desta PEC contribuirá para aprimorar a segurança pública no Brasil por que aumentará a auto-estima dos policiais, além de evitar que tenham que dobrar suas jornadas para garantir a subsistência das suas famílias. O soldado Balieiro me apresentou o anseio da tropa. Os soldados e os bombeiros e suas famílias podem contar com o meu apoio e o meu voto”, afirma a deputada Janete Capiberibe, apoiadora da proposta.

Sobre a PEC – Pela PEC, a remuneração dos policiais militares e bombeiros ativos e inativos dos 26 estados brasileiros será igual a do Distrito Federal. O salário base de um policial militar no Distrito Federal é de R$ 4.129,00.