Prefeito Antonio Nogueira, de Santana, chamou os partidos políticos de sua base e anunciou uma exoneração geral nos cargos de confiança, inclusive os secretários municipais.

Só ficarão os cargos obrigados por lei, e alguns poucos absolutamente necessários ao funcionamento da burocracia e legalidade municipal.

Alguns secretários continuarão trabalhando, mas exonerados.

A decisão se deve a uma brutal queda na arrecadação do FPM, que faz os salários dos cargos de confiança estarem atrasados três meses. Nogueira pretende pagar esses salários atrasados este ano, e partir de janeiro reacomodar a equipe.