A Assembleia Legislativa do Estado do Amapá, em decorrência da realização da segunda fase da “Operação Rescisória”, do Ministério Público Estadual, deflagrada por autorização judicial, vem a público informar que os referidos procedimentos são relacionados ao desdobramento de fatos ocorridos na Assembleia Legislativa em outubro de 2016, por ocasião das eleições municipais. Em relação a estes acontecimentos, a presidência da Casa determinou que a Procuradoria Geral do Poder Legislativo busque todas as informações necessárias para melhor compreensão das investigações e, se for o caso, a adoção das medidas pertinentes. A Assembleia Legislativa continuará prestando todas as informações necessárias para apuração e esclarecimento dos fatos sob investigação.

Assembleia Legislativa do Estado do Amapá