O Promotor de Justiça do Meio Ambiente, Wueber Penafort em entrevista ao programa Café com Notícia na noite de terça-feira, 5, falou de suas maiores preocupações em relação ao Meio Ambiente. “Destacaria, com enorme preocupação, a fragilidade dos órgãos de fiscalização ambiental. Na prática, não conseguem garantir a proteção do meio ambiente”, frisou.
Wueber também falou sobre a Flota – Floresta do Amapá, e enfatizou que existe um jogo de interesses. “Não podemos tornar essas pessoas que já ocupavam o lugar em vítima do capitalismo selvagem. Outro exemplo é o que acontece no Rio Araguari. São três hidrelétricas instaladas na região e o que a nossa sociedade ganhou com isso?”, questionou o promotor Wueber Penafort.
Para finalizar a entrevista, Wueber foi enfático “Nada resultou de positivo para Porto Grande, nada! Qual o lucro social que nós tivemos com esses empreendimentos?”, enfatizou.