Médicos e Governo

Governo do estado reuniu ontem a noite com as entidades médicas para apresentar proposta que atenda reivindicações da categoria que ameaça paralisar e sair das escalas de plantões a partir do dia 01.09, enquanto o sistema não for regularizado.

O Governo do Estado propôs à categoria reajuste de 40% no valor dos plantões médicos, que passaria de 600,00 para 800,00 reais.

Os médicos, que também querem aumentos salariais, além dos aumentos nos plantões, irão apreciar a proposta do GEA em Assembléia Geral que acontece hoje, às 19h no CRM.

A corda continua esticada.

Foto: Márcia do Carmo
  • Por que somente agora os medicos decidiram fazer toda esta confusao. Todos os servidores sao merecedores de reajuste. Ontem, a Presidente Dilma anunciou cortes no governo federal e sobrou para os servidores federais que nao vao ter reajuste. Lá vai um ano sem aumento de salarios. E os medicos federais nao irao parar. E no Amapá os médicos estao se achando. Era hora do goverandor deixar eles pedirem demissao e o governo faria contratos administrativos, iria chover medicos do sul no Amapá. Isto tá parecendo pressao politica, só nao ve quem nao quer.

    • cristina deixa de ser sonhadora e para de falar besteira que medico do sul vem pracar assinar contrato tu e parece o camilo e um sonhador não consegue segura esse que estão ai alvara os do sul ta cheirosa.kkkkkkkkkkkkkkk

  • Ganhando R$ 45.000,00 por mes é chorar de barriga cheia ou é poiliticagem para acabar com a cobrança dos plantões por parte do estado.

  • porque o governo não paga um salário de dez mil pro médico e reduz o valor do plantão? ja que a discussão é por conta do valor do salário.se o governo fizer isso e lançar um edital de concursso pra área,quero ver não chove de médico de outros estados querendo trabalhar por esse salário e medicos bons,que não vão apenas receitar uma dipirona ou buscopam.

  • Realmente só quem é cego que não percebe a jogada politica que os médicos estão fazendo para desqualificar o governo do camilo, primeiro que a maioria dos médicos apresenta o trabalho de quinta categoria nos hospitais publico. Se aqui é tao ruim porque vieram prá cá? Aqui em Macapá não conheço nenhum médico lascado, muito pelo contrario. E que palhaçada é esta de ficar ameaçando a população e onde fica o juramento que fizeram para salvar vidas? e onde estava o Dep. Dalton Martins que é médico e não fez nada durante todo o período do governo anterior onde tudo começou. Agora fica levantando a bandeira da saúde a favor dos médicos e da população que sofre nada.

  • Deixa eles paralizarem e se alguem morrer nos hospitais, a fmailia tem que entrar na justiça contra os médicos. abusurdo!!!!

  • Tá havendo uma inversão dos fatos, ou seja, os médicos, aqueles que recebem e não tiram os plantões, estão no olho de uma operação da Polícia Federal e MP Federal por apropriação indevida de recursos públicos (peculato), quando ELES dizem por todas as letras que ELABORAM A ESCALA DE PLANTÕES e entregam na Unidade, assumindo total e exclusiva responsabilidade pelo “engordamento” da seus salários. Desta forma, procuram desviar a responsabilidade para o Governo e se posicionar como “vítimas do sistema”. A PF e o MP tem que investigar mesmo e o judiciário punir quem recebeu e não trabalhou.

  • Os médicos não trabalham sozinho, não dá para pensar só nos médicos e esquecer as demais categorias, o investimento em materiais e infraestrutura. Plantão médico de R$ 800,00 é um absurdo. Principalmente pela qualidade do serviço ofertado, ou pior a ausência dele.

  • Tá na cara q isso é manobra politica para tentar desqualificar o governo.Por que durante oito anos eles nao reclamaram da irregularidade dos plantoes?Será que só agora que estao sendo cobrados que eles perceberam que é ilegal o regime de plantões?Tadinhos deles governadorKKKKKKKK

        • Peça p/ela postar meu comentário e vc vai ver se fui agressiva,como ela frisa ai.Tem pessoas aqui que já esta me dando respostas agressivas por conta dq ela disse,sem mostrar meu comentário.As vezes a dona do blog se acha a dona da verdade.Enfim,o blog é dela e eu sou a mentirosa agressiva,AFF!

      • Então vc acha que o médico deve passar medicamentos ao paciente sem solicitar um exame p/uma melhor avaliação.Foi oque aconteceu comigo em um consultório cardiológico,tomei medicamentos receitada pelo cardiologista sem fazer qualquer exame e fui parar num PA e depois gastar em Belém p/consertar o erro aqui,o própio médico reconheceu depois.Bacana saber que erros médicos é digno dos seus aplausos.Passe pela situação,ou veja um filho ou parente seu passar por tal,ai veremos se vais aplaudir.Maioria dos erros médicos quando não matam deixam sequelas.Dai me diga onde vc viu agressividade no meu relato? Com isto fazes os teus leitores pensar que falei absurdos,seja coerente.Outra,não sou contra a luta da classe médica(acho justa),mas sabemos que no meio tem muito picareta,profissionais que não zelam por seus pacientes,esquecem que estão lidando com vidas,só isto.

        • claro que o médico pode passar remedio sem pedir exame complementar, e isso é completamente perfeito, ele so pede o exame se tiver alguma duvida do que ta acontecendo! Se tu não sabes, procura te informar, a clínica é soberana e anamnese e exame físico muitas vezes são os mais importantes indicativos de patologia! Abraços

  • Aprovado por unanimidade Projeto de Lei 3.734/2008 que estipula salário mínimo profissional de Cirurgiões-Dentistas e Médicos

    A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal dos Deputados marcou a votação para 20 de maio do Projeto de Lei 3.734/2008, de autoria do deputado federal Ribamar Alves (PSB-MA) e relatoria do deputado Mauro Nazif (PRB-RO), que alterou o valor do salário mínimo profissional dos Médicos e Cirurgiões-Dentistas. A deputada federal Gorete Pereira (PR-CE) solicitou vista ao projeto, o que obrigou a sua retirada da pauta de votação.
    O PL previa mudanças na Lei 3.999, de 1961, alterando o salário mínimo dos Médicos e Cirurgiões-Dentistas e, ainda, sugeria a modificação da redação da lei que estabelece o cumprimento de duas a quatro horas diárias para o período de 20 horas semanais, como já consagrado, hoje, pelos Médicos.
    Durante a sessão, foi lido o relatório do deputado Mauro Nazif, que também propôs outras alterações, sendo que a principal delas era no valor do piso salarial estipulado pelo projeto em R$ 7 mil.
    Agora, o projeto vai para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), última instância antes da votação final, em Plenário.

    Governador CAMILO, veja quanto paga a PREFEITURA DE FORTALEZA:aos enfermeiros e cirurgiões dentistas, foi garantido à categoria, em maio, um reajuste de 11,62% sobre o vencimento-base, sendo 6,30% de reposição da inflação, mais 5% referente à terceira parcela do acordo já firmado em 2009. Hoje, um CIRURGIÃO-DENTISTA ESPECIALISTA em FORTALEZA é remunerado em R$ 6.115,00. Já o enfermeiro, na mesma titulação, chega a ganhar R$ 5.867,32.
    Se os médicos querem receber a valores nacionais de salários.POR QUE OS DENTISTAS TAMBÉM NÃO RECEBEM?TEMOS DIREITOS .
    Somos da SAÚDE também.OU NÃO?Quando alguém precisa de atendimento odontológico(Cirurgia, Tratamento de canal,prevenção de câncer e outras neoplasias malignas,próteses dentárias, trauma dental, doenças nos ossos,doenças nas gengivas,etc…) procura um médico?
    NÃO.Procura um profissional qualificado e na sua maioria especialista em SAÚDE BUCAL.
    GOVERNADOR, valoriza realmente os servidores da saúde como um todo.SAÚDE, se faz com TODOS.PENSE,REFLITA E PARA DE BLA,BLA,BLA,BLA,BLA.
    Portanto, é assim, que se valoriza o servidor público,no caso acima, OS DENTISTAS.

    • Concordo, os dentistas deveriam ganhar mais também. Eu não sei quanto à rede pública, mas eles trabalham bastante.

  • Não penso que isso seja pressão política.
    A situação de irregularidade dos plantões, assim como uma série de outras coisas que só vieram à tona agora estão acontecendo faz tempo. O Camilo só está no cargo errado, na hora errada. =/

  • Quem não sabe que os médicos do governo trabalham mais nos seus consultorios do que no proprio governo. É so aumentar o salário e cobrar que eles trabalhem o que reza no contrado ou portaria de nomeação.Tambem não é justo que um Delegado de policia ganhe mais do que um médico.

  • Kibe louco, já viste quanto ganha um médico no serviço publico em São Paulo? R$ 1.500 (dá uma olhada no pciconcursos). Aqui em Macapá há médicos abrindo boate porque não sabem onde enfiar dinheiro.

    • a maioria dos medicos não aceita viver com sua familia em lugares com tão poucas condições de trabalho e baixa qualidade de vida como em macapá e os que vêm para cá ainda sâo muito ofendidos pelo povo como vemos nestes comentários

  • Carla vc deve ser uma semi-deusa que não precisa de médicos rsrs
    Nunca se levanta a voz contra Médico,Professor e Bombeiro
    afinal sempre presisamos desses funcionários públicos até Capitalistas sabem disso.

  • A população deveria se unir também e exigir um atendimento digno por parte da grande maioria dos nossos ilustres medicos. Já presenciei tratamentos desumanos, a grande maioria são grossos, nem olham na cara dos pacientes. Vergonhaaaaaa.

    • Cris,não sei como a dona do blog públicou seu comentário,dizer que alguns médicos são desumanos ou fazem pouco caso dos pacientes, p/ela é agressivo.Meu comentário não foi póstado por conta disto,pasme!

  • O mundo vive hoje verdadeira inversão de valores, por isso todos são nivelados por baixo. Achar que um médico merece ser sib assalariado é, no mínimo, desconhecer tão sagrada missão: SALVAR VIDAS, AMENIZAR SOFRIMENTOS. Eu devo minha vida, depois de Deus, a médicos amapaenses, os quais faço uma homenagem com o nome do Dr. Ricardo Gomes, eis que com todas as deficiências que o sistema lhes proporciona, mesmo tendo de correr atrás de outros locais de trabalho para ter uma vida mais digna, ainda são capazes de fazer alguma coisa por nós. Médico deve ganhar bem e trabalhar pouco, porque se eles adoecerem, ficaremos sem nossos anjos da guarda. DEUS SALVE OS MÉDICOS!

    • Menos cara pálida, menos. Isto que os caras querem, subir a bola pra esfolar a burrica de grana. Apesar de achar que o salário REGULAR deles é baixo mesmo.

  • Sou a favor dos médicos. Com a saúde na UTI, eles tem que se transformar em ‘MANDRAKES” para atender a população.Tenho uma filha médica cardiologista, especializada em medicina de imagem, que atua em São Paulo, a 20 anos, no Cardiocentro da UNIMED, em Taubaté e na Embraer, São José dos Campos. Bem remunerada, ela diz , que, o Amapá é pequeno para ela, q

  • concordo com vc cristina.Dessa forma faríamos uma revitalização nos médicos daqui.Precisamos de médicos atualizados e competentes.Em São Paulo há congestionamento de bons médicos nos corredores dos hospitais de lá.È só fazer um convite..

    • Não é assim, não..Médicos são disputados em São Paulo..Nenhum fica sequer 1 dia desempregado..Meu cunhado é médico lá

      • Ela disse Rio. Mas em São Paulo os consultórios são como os escritórios de direito, se tiver ou conquistar nome cresce mesmo. O segredo é fidelizar clientes agregando valores e ofertando mais serviços. Mas aqui mesmo em Belém já paguei R$20,00 em consulta. Não acho que os caras daqui trabalhem mal não, acho que falta recurso, isto sim. Agora essa dos plantões fictícios não engulo, é crime.

    • Não sei em Sampa,mas no Rio tem médicos que ficam quase o dia todo em seus consultórios aguardando pacientes.Maioria nem precisa marcar consulta é só ir direto,eu fazia isto com alguns,e ótimos profissionais,pode acreditar.Laboratórios então,um dentro do outro na zona sul do Rio.

  • na verdade acho realmente o salario dos medicos tá defasado todos falam de deveres e obrigações em tão vamos dar estrutura: salas equipamentos e muitas outras coisas.
    nossos ambulatorios ainda e da epoca do bacellos,estrutura de 20 anos atraz.governador faça uma visita no hospital geral e converse com a população vá marcar uma consulta e veja como está aquele setor. sinta o seu povo,afinal o senhor foi eleito pelo povo.

    • No entanto, Nina, se o governador precisasse se consultar, ou ainda seus filhos, ele iria aos melhores hospitais particulares do Brasil e quem sabe até do mundo, e o povo amapaense que o elegeu que fique a ve navios… o sistema de saúde pública amapaense está na UTI(li em algum lugar). Mas para o governador está tudo bem… hum…

  • Pooooo o governador quer dá 40%, tá louco, pro RESTO só miseriussss 3%, e fala sério, os próprios médicos admitiram que os plantões são só de fachada, quer não cumprem, e é só ir no Pronto Socorro e precisar de uma especialidade médica que não aparece nenhum desgra….poooo tão ganhando muito e esse papo furado de salvando vidas é história pra boi dormir, porque o que tem de gente morrendo por negligencia médica e falta de atendimento é alarmante, nos hospitais públicos eles nem olham na cara do paciente(a grande maioria), tem preguiça até de passar requisição de exame ou medicamento… vida fácil a deles hein…manda tudo pra São Paulo então ganhar miserios 1mil reais. Se aumentasse os salários dos ilustres médicos fosse resolver alguma coisa na saúde seria plenamente a favor, mas hoje em dia, os enfermeiros e técnicos e auxiliares de enfermagem trabalham mais que os médicos.

  • falta medico no amapa, e muitos acham que a crise e somente no rede publica, tenta marca consulta com um medico da rede particular, dependendo da especialidade tem que esperar 30 ou mais dias, agora se elevar o salario para os 9.000,00 como querem o que vai ter de medico querendo vir para macapa, vai ser uma festa.

  • Cinthia,
    Você sabia que o filho do ex-governador Waldez, precisou de atendimento médico e foi para São Paulo em um dos melhores hospitais o Sirio Libanes e mandou a conta para o Estado do Amapá pagar? e sabe quanto? em 2 faturas uma de 82.000,00 e outra de 65.000,00, quer conferir é só ir na SESA, no setor financeiro.

    • Flavia, por isso, que os governantes não estão nem ai pra saúde pública, porque quando eles ou a familia deles precisam eles com nosso dinheiro vão aos melhores hospitais do mundo e nós ficamos aqui a ve navios…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *