Já disse pra vocês que adoro árvores?

E essas são especialmente lindas, imensas, imponentes.

Gosto de passar na avenida Antonio Coelho de Carvalho só pra vê-las.

Penso que deveriam ser tombadas como patrimônio ambiental da cidade de Macapá.

Não sei qual é a espécie. Peço ajuda ao mano Florestal Alcione Cavalcante.

  • Gosto também desse pedaço da cidade devido essas árvores, mas as vezes verifico uma facilidade enorme das pessoas cortarem árvores grandes de suas casas por motivos pífios, como folhas e insetos. Esquecem do bem que as árvores trazem, principalmente em nossa cidade super quente.

  • Essas lindas árvores recebem o nome científico de Samanea tubulosa, sendo vulgarmente conhecidas por Saman, e foram plantadas no ano de 1979, à época governava o Amapá Arthur Henning e o Prefeito Municipal de Macapá, o Sr. Domício Campos de Magalhães, sendo o responsável pelo plantio o meu grande amigo Rui Régis Cardoso Cavalcante, excelente Engº Florestal, hoje também Engº Agrônomo e Advogado. É minha pequena contribuição.
    Abç.: Matta.

  • A mais bela e aquela que fica no mp do araxa. Pena que plantaram palmeira imperial, em torno dela, que nao e da região. Que tal tirar e plantar ipê amarelo.

  • Já que o meu grande Amigo Dr. Alcione Cavalcante (Engº Florestal dos bons)acrescentou que as majestosas árvores pertencem a Família das Leguminosae vou mais além e digo que a Sub-Família é Mimosoideae rsrsrsrsrs, e assim a sociedade amapaense obtém informações interessantes sobre as árvores em tela.
    Abç.: Matta.

  • Sub-Família: Mimosoideae rsrsrsrs, e assim a sociedade amapaense obtém informações sobre as majestosas árvores.
    Abç.: Matta.

  • Alcilene, já que és apreciadora de belas árvores frondejantes, também gosto, dê uma passada em frente à feira do pacoval, antes de chegar à ponte Sérgio Arruda. É duplamente fantástica ao meu olhar.

  • Passo todos os dias perto daquela da Caixa Econômica. Nossa da árvore linda! A da Avenida Iracema Carvão Nunes.

  • Alcilene,

    É bem verdade que devemos olhar com mais carinho as belas e poucas árvores que dão sombra e embelezam a cidade.
    Quando você passar pela feira do Pacoval (pela Avenida Guarabara) observe a bela árvore que tem perto dos bancos de feira. Linda! Também não sei a espécie dela, mas com certeza ela deveria ser mais bem cuidada pelos órgãos públicos da cidade.

  • Uma pena que os gestores públicos da cidade de Macapá sigam no mais absoluto vazio da escuridão em relação a educação ambiental.Tanto que a cobertura vegetal urbana sobre Macapá é uma das mais precárias das capitais brasileiras o que não para ser considerando nossa condição amazônida e sobretudo, ao fato de vivermos numa das regiões mais quentes do planeta.
    Interessante que nao faltam Brasil afora bons exemplos embalados pela boa formação de gestores e governos municipais comprometidos que não se afastam por nada dos objetivos de transformar as cidades em ambientes saudáveis através do verde: em Porto Alegre(RS) há uma árvore para cada morador. João Pessoa(PB) exibe uma das mais densas coberturas vegetais urbanas do mundo.
    Fossem nossos gestores municipais destituidos de educação ambiental mas minimamente sensíveis em relação ao verde, nossa cidade estaria melhor. Percebe-se entretanto, que não há por parte dos mesmo nem uma coisa nem outra. Nesse caso a salvação da lavoura dependerá unica e exclusivamente de cada cidadão, cada um fazendo sua parte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *