Bandidos levam R$ 100 mil de dentro do quartel da Polícia Militar
Gerente do banco Santander, que funciona dentro do quartel, foi feita refém durante o assalto

A audácia da bandidagem somada à precária segurança pública resultou ontem em um dos assaltos mais comentados no Amapá, inclusive com repercussão nacional. O posto de atendimento do banco Santander, localizado dentro do quartel da Polícia Militar, foi roubado em R$ 100 mil. Os bandidos até o fechamento desta edição não haviam sido presos.
De acordo com as informações de funcionários do próprio banco, tudo aconteceu por volta das 13 horas quando a única funcionária que atende naquele posto bancário saiu para almoçar. A pequena agência atende somente aos servidores da Polícia Militar e não tem sistema de monitoramento de câmeras.
A gerente que já vinha sendo monitorada há alguns dias pelos bandidos, dirigiu-se até um restaurante, localizado na Avenida Presidente Vargas, no bairro Central, e na saída foi abordada por um dos assaltantes. Sem levantar suspeitas, eles entraram no carro da vítima e seguiram, novamente, para o posto de atendimento dentro do quartel.
Como a funcionária tem acesso livre no QG da PM, a companhia do bandido não levantou qualquer suspeita.
Depois de sacarem o valor, os bandidos fugiram usando a mesma estratégia. A vítima foi deixada na rodovia Macapá/Santana, próximo ao trilho do trem. Há suspeita de que mais de um assaltante esteja envolvido no caso. Um deles teria usado uma motocicleta para dar apoio à ação.
Ontem, após o ocorrido, o comando da PM resolveu reunir para debater o roubo e tomar providências quanto a falta de segurança. A suspeita principal recai sobre um foragido da penitenciária, conhecido como “Arlei”.
Esse não foi o primeiro roubo registrado em um ponto de atendimento bancário localizado dentro do quartel da Polícia Militar. Há uma semana, outro posto do banco Santander, localizado na Unifap (Universidade Federal do Amapá) também foi alvo de bandidos.
A onda de assaltos registrada ontem não parou com o roubo dentro do quartel da PM.
Uma loja de balas localizada no centro da cidade também foi assaltada. Uma pessoa acabou sendo baleada e foi internada no Hospital de Emergências.