Os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Lindberg Farias (PT-RJ) comandam os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito do ECAD, que acontece hoje em Macapá, no plenário da Assembleia Legislativa. É a primeira audiência pública realizada fora de Brasília, desde a instalação da comissão. O espaço foi cedido pelo presidente do Legislativo, Moisés Souza (PSC), a pedido Senado Federal.

Antes de iniciar a sessão, os senadores falaram com a imprensa sobre as expectativas do trabalho. A coletiva foi realizada no Salão Nobre do Palácio Nelson Salomão.

Após a entrevista, foi feita a abertura dos trabalhos. A sessão foi presidida pelo senador Randolfe Rodrigues. Foram ouvidos o Gerente de Unidade ECAD/DF, Nereu José Teixeira Silveira; o diretor da Fecomércio/AP, Gilmar Marra dos Santos; o presidente da Associação dos Músicos e Compositores do Amapá, Miqueias Reis da Silva; o vice-presidente da Associação de Promotores de Eventos Artísticos e Culturais do Amapá, Ivo Canutti e o cantor e compositor, Nilson Chaves.

A CPI do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) foi criada para investigar denúncias de irregularidades. O cronograma prevê a entrega do relatório final para a semana de 24 a 28 de outubro, segundo Agência Senado. Além de Macapá, o plano de trabalho prevê a realização de reuniões, diligências e audiências nas cidades de Macapá, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

 

Texto: Emerson Renon/ASCOM/ALAP

Fotos: Gerson Barbosa/ASCOM/ALAP