No barracão da Tia Gertrudes Saturnino os familiares e devotos da Santíssima Trindade finalizam os preparativos para o Ciclo do Marabaixo, que inicia no sábado de Aleluia, 31, e encerra no dia 3 de junho. A programação na Favela neste ano homenageia a pioneira Natalina Costa, falecida em 2017. Além da programação do Ciclo do Marabaixo, os descendentes de Gertrudes e Natalina, festeiros e organizadores da Associação Berço do Marabaixo, fortalecem a cultura com a inclusão da educação, com a reinauguração da biblioteca e abrem as portas do museu e do bazar, com roupas, acessórios e demais elementos da tradição do marabaixo.

Foto: Márcia do Carmo

Durante os dois meses de festejo, o bairro da Favela, atual Santa Rita, se veste de azul e branco para continuar a tradição do Ciclo do Marabaixo, que foi instituído na década de 90, oficializando uma tradição secular dos negros que vem do início do povoamento de Macapá, época em que a concentração de moradores era nas proximidades da igreja São José.

Confira a programação:

31/03  – De17h às 24h – Marabaixo de Aceitação

01/05 – De 17h às 22h – Marabaixo do Trabalhador

05/05- De 9h às 12h –            Retirada do Mastro nas Matas do Curiaú

05/05  – De 17h às 24h – Marabaixo do Mastro

18 a 26/05- Às 19h – Ladainhas em Louvor a Santíssima Trindade

19/05 – Às 16h – Corte da Murta

20/05 –  De 17h às 07h do dia seguinte – Marabaixo da Murta

27/05 – Domingo da Santíssima

09h – Missa da Trindade na Igreja da Ss. Trindade

10h – Café da Manhã no Barracão

12h – Almoço dos Inocentes

14 às 18h – Tarde de brincadeiras para as crianças

31/05- De 17h às 22h – Marabaixo de Corpos Christi

03/06 – De 17h às 22h – Derruba do Mastro.

Endereço do Barracão da Gertrudes Saturnino

Av: Duque de Caxias – 1203

Entre: Manoel Eudóxio e Professor Tostes

Mariléia Maciel