*Helenilson Fonseca. Professor de francês, viajante e colunista de viagem do blog 

A cidade que eu trago hoje é tão perto, todo mundo tem um conhecido que mora lá. Sabe aquele queijinho da vaca que ri? As colônias Bien- être ? O whisky Ballantines? Isso lembra Caiena né?
De vez em quando eu vou , seja pra comer , seja pra turistar. Quem não conhece Caiena não sabe o que tá perdendo! Um dos meus lugares preferidos são os hipermercados , isso mesmo!
Pra quem gosta , tem casas noturnas legais, bares, eventos culturais , eu já assisti Lara Fabian .
O carnaval começa no primeiro domingo de janeiro e termina na quarta-feira de cinzas, o mais longo do mundo!


Vários restaurantes tanto de cozinha francesa como Vietnamita , chinesa , indiana e creóle.
Eu tenho quatro que recomendo, sendo o último impecable ! Le Partagas, Le Patriarche (do Rui que é franco brasileiro) o Paris Cayene e Le bœuf au jardin . O cardápio é modificado de tempos em tempos, os pratos são os mesmos que a gente encontra na metrópole. Eu vou sempre de foie gras, ostras de Saint Jacques ( vieiras no Brasil). Não… é melhor eu parar.


Caiena não é só trabalho, é também cultura caribenha, música , compras de coisas que você não encontra aqui. Não é uma grande cidade, é menor que Macapá, porém bem diversa , é uma cidade cantante e dançante.
Tem que ter passaporte e visto. O consulado francês aqui, por enquanto tá fechado, mas vai reabrir.
Se você é funcionário público tudo fica mais fácil, dependendo da estadia paga um valor + ou – 250 reais.
Eu vou de ônibus para Oiapoque e acho tranquilo (115 reais). Travessia para Saint Georges 20 reais ( menos de dez minutos) eu nunca atravessei pela ponte, eu gosto da travessia de catraia .
De Saint Georges à Caiena 2 horas de carro por uma estrada de asfalto de primeiro mundo.
Ilhas de Salut : saindo do porto de Kourou , um barco leva de manhã e traz no final da tarde. Um passeio para uma ilha paradisíaca com mar azul e águas transparentes.


Caiena é tão perto! Se alguém que mora lá já te convidou e você não se empolga, você tá perdendo!
Eu já quero ir de novo.