Boca do Leitor

Cara Alcilene,

Encaminho para publicação em seu conceituado blog uma fotografia que tirei da residência de nossa vice prefeita Helena Guerra, sugiro (humildemente) que você a publique questionando aos seus estimados leitores sobre a calçada da referida residência. Será que a mesma segue as leis municipais? Como um pedestre faz para transitar pela mesma? Ou ainda um cadeirante? Será também que nosso secretário municipal de urbanismo teria coragem de questionar a vice prefeita de nossa capital quanto à irregularidade??
Bem, espero estar contribuindo com a pauta de seu blog e principalmente com o nosso querido município, infelizmente, tão acostumado a desmandos!!
Sem mais,
Diego Neris Isidoro.

  • Esse é o compromisso da prefeitura com a população.
    Outro importante fato: Qdo o trabalhador utiliza a calçada pra vender seu camarão tentanto sobreviver, chegam fiscais que se acham “PULIÇA”,e quebram os carrinhos dos pais de familia. Agora pq não quebram as mesas e as cadeiras que ficam na calçada(passeio) de uma cachaçaria na orla? Será “se” é de algum parente, primo, cunhado(a)? Se é pra um, tem que ser pra todos.

  • Infelizmente, vivemos em uma sociedade em que aquele velho jargão predomina: “manda quem pode, obedece quem tem juízo”. Provavelmente nosso secretário municipal prefere obedecer quem manda, e não às leis municipais. Cara Alcinea, é interessante mandar a matéria para sua excelência o secretário municipal, para que se pronuncie. Caso contrário, manda pra TV Amapá, pro fala comunidade. É uma boa pauta.

  • O Eraldo não é a solução de tudo…??? Quero ver ele resolver esse. Se resolver, eu ajudarei na retirada da calçada! Pago para ver!

  • Em plena semana em que se discute acessibilidade e mobilidade urbana, inclusive com audiência pública na Câmara de Vereadores de Macapá, deparar-se com uma conduta de quem tem a obrigação pelo zelo e pelo cumprimento das leis municipais é ter a certeza de que estamos à deriva.

  • Engraçado foi que, quando o Sr. Heraldo Trindade aparareceu ao vivo em uma emissora de TV, para dar satisfação sobre a invasão do passeio publico na área comercial da Rua Padre júlio, que foi invadido pelas lojas de ferragens, lojas de auto-peças e consercionarias de carros e motos, sobrou para um pobre que vendia cartela de bingo na Praça N. S. de Fátima. Digo pobre porque ganha, não sei ao certo, sê é R$ 1,00 ou R$ 1,50 por cada cartela vendida, o resto é tudo pro dono do bingo. Tiraram o homem de lá ao vivo, enquanto os empresarios da Padre Júlio nem se quer foram autoados. Bastou a reportagem terminar para o Sr. Eraldo Trindade e sua truculenta equipe “vazarem” do local.

  • Mais que vergonha ver uma cena como essa! Agora todos aqueles que tem algum tipo de processo por obstrução do passeio público em Macapá já tem um bom argumento perante a justiça, ou seja, se a VICE-PREFEITA pode obstruir porque não EU!? Com a palavra o Sr. secretário!

    Aguardo o desenrolar dessa história….

  • A loja dos meus pais fica em uma das esquinas de Santos Dumont, e possuia no canto 6 pilares de concreto, para proteção de possíveis acidentes. A prefeitura ordenou que retirassem em 15 dias, pois os mesmos “obstruiam e dificultavam a passagem do cidadão”

    Mas a vice-prefeita pode fazer uma calçada assim, não é?! Estranho…

  • Aposto que, o mais tardar até próx.terça-feira, um trator da Prefeitura estará “removendo os obstáculos”, restabelecendo a normalidade de locomoção, sobretudo dos cadeirantes. A não ser que a vice; o prefeito e a secretária sejam desprovidos de “sensibiliade política”.
    att Josenildo Mendes

  • Pois é! Esse é um costume feio por aqui, aonde as pessoas estendem sua propriedade até o passeio público, com a construção de fossas, jardins e até cercando. Seria muito importante agora ao secretário Eraldo Trindade mostrar que a lei vale pra todos, que pau que bate em Chico, também bate em Francisco. Tô esperando pra crer.

  • Não vai acontecder nada, pois ela vai peitar quem questionar o absurdo e vai dizer, igual ao Moisés Souza:”Eu sou vice-prefeita e portanto sou poderosa”.

  • como fica a casa do sr.DUCA na jovino dinoar,você que postou essa foto ai tire uma da casa doMANOEL do Tribunal de Contas eu moro aqui perto acho uma falta de respeito com os cadeirantes,passam la e na jovino com presidente vargas aquele casarao que a bonita foi la lembran.vou aguarda a foto quero ver se voce tem coragem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *