Bancada amapaense unida por uma solução no caso CEA

A bancada amapaense se uniu mais uma vez na tarde desta quarta-feira (08) em defesa da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). O Senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), o Senador João Capiberibe (PSB-AP), o coordenador da bancada amapaense, o deputado Evandro Milhomen (PCdoB), e os demais deputados da bancada federal, reuniram-se com o presidente do Senado, Senador José Sarney (PMDB).
Na ocasião, a bancada pediu ao Presidente da Casa, que interceda, junto com a bancada, para uma agenda com a presidenta Dilma Rousseff, buscando uma solução viável ao estado do Amapá e que evite que seja decretada a caducidade da CEA.
Os parlamentares irão organizar um documento resumindo os problemas da Companhia, que se arrastam por mais de dez anos, e encaminhá-lo à Presidenta da República. A dívida da CEA é de mais de R$ 1, 5 bilhão.
Para Randolfe as duas propostas apresentadas pelo governo federal são “dramáticas”, por isso ele ressalta a importância de dialogar diretamente com a presidenta para não prejudicar o estado do Amapá e solucionar de vez o problema. Sarney dará um retorno à bancada sobre a data da reunião com Dilma.
Na última semana, em reunião entre o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e deputados da bancada federal, o ministro de Minas e EnergiaEdison Lobão, informou aos parlamentares que a decisão do governo federal sobre a CEA deverá sair em breve.
As alternativas apontadas pelo MME seriam ou dar à CEA tratamento semelhante ao que foi dado para a Companhia de Eletricidade do estado de Goiás (CELG). No final de 2010, a Eletrobras adquiriu 51% da companhia goiana, que passava por dificuldades financeiras graves. A outra alternativa seria a caducidade, o que prejudicaria diretamente os trabalhadores da CEA.
Gisele Barbieri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *