Assembléia Legislativa aponta erros jurídicos no projeto dos contratos administrativos enviado pelo Governo do estado, e informa que vai primeiro corrigir antes de colocar em votação.

Beleza. Se for isso.

Mas fonte qualificada informa que alguuuuuuuns deputados estão mesmo é querendo colocar seus afilhados na lista de contratos. E mais. A digníssima Assembléia Legislativa quer que o Governo do Estado faça um repasse “a maior”, este mês.

Oremos. Na farra de milhares de contratos administrativos do governo da harmonia de Waldez Góes, a maioria dos deputados participava do banquete. Tinha deputado com 400 contratos sob sua tutela política. E por isso o assunto era passado “na flauta” pela fiscalização do poder legislativo.

Tomara que seja tudo pela legalidade.