Peixe Tucuju: Vigilância em Saúde e secretariado fiscalizam comércio de pescado nas feiras da capital

Neste domingo (19), o prefeito de Macapá, Dr. Furlan, e comitiva do secretariado municipal visitaram feiras da capital em conjunto com a fiscalização da Vigilância em Saúde. As ações fazem parte da campanha Peixe Tucuju Gostoso e Saudável, que busca assegurar a qualidade do pescado comercializado na capital, em virtude da queda na procura devido ao temor pela Síndrome de Haff.

A primeira visita foi na Feira Maluca, localizada no bairro Novo Buritizal, zona sul de Macapá, onde as equipes da Vigilância em Saúde, desde o início da campanha, vêm fiscalizando e orientando os feirantes quanto à qualidade e ao acondicionamento correto do pescado para a comercialização.

Estamos com a Vigilância Sanitária fazendo uma blitz educativa para falar, principalmente, da higiene na forma do tratamento e acondicionamento do pescado, algo que está sendo muito produtivo e satisfatório por saber que da semana passada pra cá já houve um crescimento na venda dos peixes. Com isso, estamos nos certificando que esses peixes estão saudáveis para que a população possa consumir”, explicou Raquel Souza, coordenadora da Vigilância em Saúde.

Em seguida, a comitiva continuou as ações na Feira da 13, onde o chefe do executivo municipal acompanhou os agentes na inspeção da qualidade do pescado.

“Visitamos três importantes feiras hoje. Graças a Deus todos os peixeiros relataram uma retomada das vendas do nosso peixe. É importante dizer que a Vigilância Sanitária do município acompanhou a comitiva, dando transparência à venda do peixe e mostrando que o peixe é saudável e, sobretudo, muito gostoso”, afirma Dr. Furlan.

A terceira feira a receber a comitiva foi a do Novo Horizonte. No local os feirantes já aguardavam ansiosos por fiscalizações, pois acreditam que a ação certifica a qualidade do produto que vai para a mesa do consumidor.

“A fiscalização era uma coisa que já pedíamos antes. A campanha Peixe Tucuju veio para ajudar com uma questão que enfrentamos aqui, pois alguns feirantes comercializam peixe apenas no domingo, não sabemos a qualidade do pescado deles, isso acaba prejudicando quem trabalham durante a semana toda. Esperamos que a campanha ajude nas vendas”, conta o feirante Carlos Eduardo Câmara, de 32 anos.

Comitiva

A participaram das ações os secretários Cássio cruz (Semob), Rafael Martins (Semhou), Raimundo Amanajás (Semam), Jean Patrick (Zeladoria Urbana), Cleudo Trindade (Comel) e José Rigamonte (Iluminação Pública).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.