Nilson Chaves retorna aos palcos de Macapá em grande estilo

Nilson Chaves retorna aos palcos de Macapá para um grande show, no dia 3 de junho, apresentando ao público seus novos trabalhos e resgatando sucessos que fazem parte da história da música amazônica. Com uma carreira consolidada e o reconhecimento do público e da crítica regional, nacional e internacional, o artista mantém uma relação de respeito e parceria com os amapaenses, que já se renderam às suas canções e shows. Nesta volta ao Amapá, Nilson Chaves se apresenta na sede da OAB/AP, com a produção de Farofa Tropical GastroBar e Suleima Claudia Consultoria de Imagem, que garantem uma noite de muita música e reencontros.

Paraense raiz, mas com os pés e violão firmados em toda a Amazônia, Nilson Chaves iniciou sua carreira nos anos 80. Primando por um estilo bem regionalista, tornou-se uma legítima voz dos nortistas, dos ribeirinhos e de todos que vivem a realidade das cidades de nossa região, ou que se identificam com as letras, rimas e sons de suas belas canções.

O artista gravou 27 álbuns, que levaram sua arte aos quatro cantos do Brasil e, por onde passou, conquistou produtivas parcerias. Em países como França, Alemanha e Martinica, sua música também ganhou espaço, fazendo com que o cantor ainda hoje mantenha uma turnê pela Europa.
O reconhecimento veio também com as premiações que recebeu ao longo de sua carreira, como o Prêmio Sharp, em 1994. No mesmo ano, o jornal O Globo classificou seu trabalho entre os dez melhores CDs brasileiros. O CD Amazônia Brasileira, em parceria com Sebastião Tapajós, ficou entre os cinco melhores discos lançados no mercado europeu. E em 2000, Nilson foi indicado para o Grammy Latino.

Artista de inovações e grandes ideias, Nilson também aposta em projetos para oxigenar os palcos e valorizar outros músicos, e conseguiu a projeção esperada, como no “Cantorias Amazônicas e A Força que vem das Ruas” . As parcerias de Nilson também renderam bons produtos musicais, e são hoje um legado para toda a música regional. Sem fronteiras, ele já dividiu seu talento com artistas de todo o país, e fez com que a música nortista fosse cantada e aplaudida de norte a sul do Brasil. Um grande momento de sua carreira foi a comemoração de seus 50 anos, quando reuniu 57 artistas em mais de quatro horas de show para um público de 15 mil pessoas, comprovando seu prestígio e importância no cenário musical nacional.

Esse show em Macapá é bastante aguardado por seu público e parceiros, como uma volta carinhosa após a pandemia, que isolou os palcos e espaços culturais. É uma celebração à vida após um período em intensa recuperação da saúde.

No Amapá, Nilson mantém fortes relações de afetos com os amapaenses, assim como um rico trabalho com outros artistas locais como Enrico Di Miceli, Patrícia Bastos, Joãozinho Gomes, Val Milhomem, Amadeu Cavalcante, Verônica dos Tambores, Osmar Júnior, Zé Miguel e outros.

Serviço

Data: 03 de junho.
Local: Clube da OAB (ao lado do Gardem Shopping).
Horário: 21:00h
Postos de venda: Farofa Tropical e pelos fones: 98137 3130 e 98126 4722. (Whatsapp)