Governo do Amapá prepara ações de assistência social para população do Rio Grande do Sul

Gestores alinham ação integrada de apoio ao Rio Grande do Sul

O Governo do Amapá reuniu gestores estaduais nesta terça-feira, 7, para planejar formas de assistência e pontos de arrecadação de produtos emergenciais para o Rio Grande do Sul. A ação segue o lançamento da campanha solidária em favor das vítimas das fortes chuvas e enchentes que atingem a população gaúcha.

Coordenada pelo Comitê de Respostas Rápidas do Governo do Estado, a atividade é resultado da união de esforços que vai levar doações e assistência especializada. A atuação conjunta envolve a Defesa Civil, a Secretaria de Assistência Social, Polícia Militar (PM-AP), Corpo de Bombeiros (CBM), Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), Ministério Público (MP-AP), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Assembleia Legislativa do Estado, Defensoria Pública do Amapá, Associação dos Municípios do Amapá (Ameap), Sebrae e Central Única das Favelas (Cufa-AP).

O presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Adão Carvalho, detalhou que na fase inicial, que segue até quinta-feira, 9, o foco é arrecadar produtos e organizar o envio para dar assistência à população gaúcha.

“Tivemos essa reunião com a participação de diversas instituições e técnicos dos poderes no nosso estado e foi instituído o Comitê de Inteligência Institucional para ajudar o Rio Grande do Sul. Nesse primeiro momento, será arrecadado material de higiene, cobertores, lençóis e toalhas, ou seja, produtos que as pessoas estão precisando com mais urgência”, explicou o desembargador.

A secretária de Estado da Assistência Social, Aline Gurgel, enfatizou que as medidas foram definidas de maneira rápida, mas com organização e planejamento, em uma estratégia integrada de ação humanitária.

“A gestão estadual juntou todos os poderes constituídos para levar assistência ao estado gaúcho, pois estamos empenhados e solidários em ajudar. Além da equipe especializada que foi enviada para salvar pessoas, nós estamos mobilizando toda a sociedade civil e as instituições para que possamos fazer arrecadações importantes, como fraldas geriátricas e pediátricas, além de produtos de higiene pessoal, lanternas e pilhas”, reforçou a secretária.O que pode ser doado?

  • Produtos de higiene pessoal, como escova de dente, creme dental, sabonete, desodorante, shampoo e absorvente
  • Cobertores, toalhas e roupas de cama
  • Pilhas de qualquer tamanho e lanternas

Confira os postos de arrecadação:

  • Ministério Público do Amapá, nos prédios da Avenida Fab, do complexo Araxá e da Zona Norte
  • Ginásio Avertino Ramos, na rua Cândido Mendes, nº 20, bairro Central
  • Vice-Governadoria, na Avenida Mendonça Furtado, nº 2278, bairro Santa Rita
  • Tribunal de Contas do Estado, na Avenida Fab
  • Assembleia Legislativa do Estado do Amapá, na Avenida Fab, s/n, bairro Central
  • Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, na Avenida Fab, nº 1295, bairro Central
  • Juizado da Zona Norte, no bairro Infraero, e da Zona Sul, no bairro Novo Buritizal
  • Defensoria Pública do Amapá, na rua Eliezer Levy, nº 1157, bairro Central
  • Prefeituras municipais
  • Sebrae, na Avenida Ernestino Borges, nº 740, bairro Central
  • Central Única das Favelas Amapá, na Rua São José, nº 1500, bairro Central
  • Polícia Militar do Estado do Amapá, no 1º Batalhão da Zona Sul e Batalhão da Zona Norte, em Macapá
  • Corpo de Bombeiros, na Avenida Santana, nº 1815, bairro Central, no município de Santana
  • Quartel do Corpo de Bombeiros da Zona Oeste, rua Nove, nº 276, bairro Marabaixo

Envio de militares

Como parte das ações de apoio ao Rio Grande do Sul, nesta segunda-feira, 6, o Governo do Amapá enviou uma equipe de 16 militares do Corpo de Bombeiroscedidos para atuarem nos trabalhos de salvamento e apoio às vítimas das enchentes na região. O grupo especializado em resgates já atuou em operações no Brasil e no exterior.

SOS Rio Grande do Sul

Diante da situação de calamidade pública enfrentada pelos gaúchos, o Governo do Rio Grande Sul reativou o canal de doações “SOS Rio Grande do Sul”. Foi restabelecida a chave PIX (CNPJ: 92.958.800/0001-38), vinculada à conta bancária criada pelo Banrisul.

Luau da Samaúma celebra 80 anos da histórica árvore com atrações culturais, valorização do artesanato e gastronomia diversificada

A beleza da samaumeira foi evidenciada pela ornamentação, repleta de luzes coloridas

A celebração da música amapaense, do artesanato local e da gastronomia marcaram mais uma edição de sucesso do Luau da Samaúma, na sexta-feira, 1º. Com apoio do Governo do Amapá e do Sebrae, o evento homenageou os 80 anos da samaumeira, histórica árvore localizada em frente à Procuradoria-Geral de Justiça, no bairro Araxá, na Zona Sul da capital.

O Luau da Samaúma é realizado pelo Ministério Público do Amapá e, desde outubro de 2023, está de volta, com uma programação artística, cultural e diversa, totalmente gratuita para o público.

A árvore, conhecida como Rainha da Amazônia e Árvore da Vida, foi homenageada com uma salva de palmas. Além disso, o público acompanhou e celebrou com parabéns sua nova iluminação especial, que também será alterada para as festividades de final de ano. Ao longo de sua existência, a samaumeira tornou-se objeto de estudos que ajudaram a definir a idade da árvore.A programação cultural iniciou voltada para o público infantil. No palco montado pela organização do evento, a escritora e contadora de histórias Ângela Carvalho, conhecida como Angelita, embalou os pequenos com histórias e contos infantis de “A Menina de Cabelos Brancos”, que traz imaginação e criatividade. Em seguida, um cortejo artístico fez as crianças presentes dançarem e pularem, celebrando a alegria da infância.

A secretária de Estado de Cultura em exercício, Marina Beckman, destacou a importância de uma programação cultural diversificada e que atraia todos os públicos.

“Através desses eventos culturais, podemos fortalecer a economia criativa e engrandecer o trabalho feito por nossos artistas”, afirmou Marina.Em seguida, o grupo de samba Entre Amigos não deixou ninguém ficar parado. Iniciando sua apresentação com ‘Final Feliz’, de Jorge Vercillo, o público acompanhou em coro enquanto improvisava passos de samba. ‘Me Apaixonei Pela Pessoa Errada’, do grupo Exaltasamba, ‘Caça e Caçador’, de Fábio Jr, e ‘É Tarde Demais’ , do grupo Raça Negra,  também fizeram parte da coletânea de sucessos cantados e estilizados, celebrando o poder do samba brasileiro.

Paulo Celso Ramos, procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá, também reforçou a importância da celebração.

“No Luau da Samaúma, encontramos programações direcionadas para todos os públicos. Desde a criança, até pessoas idosas, todos vão se identificar com alguma atração musical, e assim, podemos ver toda a população feliz”, reforçou o procurador.

Celebrando as raízes do estado e o poder de transformar música em poesia, Zé Miguel e Mauro Cotta subiram ao palco montado em frente a árvore para cantar sucessos da Música Popular Amapaense.

O artista amapaense Zé Miguel embalou o público com sucessos que são consagrados. Em coro e em frente a samaumeira iluminada, o público cantou emocionado o refrão “eu amo você, terra minha amada, minha oca, meu iglu, minha casa”, da canção ‘Pérola Azulada’. Além disso, ‘Meu Endereço’ e ‘Jeito Tucujú’, canção de Joãozinho Gomes e Val Milhomem, também marcaram o show cultural do cantor.

“Eu sou um homem muito romântico, e poder estar aqui, tocando e celebrando com vocês a história e o nosso Amapá, é lindo demais”, disse o cantor emocionado.

Logo depois, Mauro Cotta subiu ao palco para cantar as marcantes. Ao som de ‘Evidências’, canção da dupla Chitãozinho & Xororó, ele abriu seu show e fez mais uma vez todos os presentes cantarem e dançarem, celebrando sucessos brasileiros, a história amapaense e os apaixonados.

Músicas como ‘Foi Assim’ e ‘Não Vou Mudar’, de Mauro, e  ‘Por Não Ter o Seu Olhar’, do cantor Teddy Max, trouxeram a nostalgia do gênero brega e fizeram os casais presentes improvisarem duetos de dança.

Henrick Santos, de 30 anos, conta que trouxe a família para um momento de lazer e amou a programação.

“Meu filho se divertiu muito com as atrações para a criançada, e também pudemos relaxar e comer algumas comidas típicas. Nos sentimos durante todo o evento, e são momentos assim que marcam a gente”, afirmou Henrick animado.

Durante o evento, o Gabinete Militar do MP-AP, com 22 policiais militares e um bombeiro, e as equipes da Companhia de Trânsito de Macapá, do Batalhão de Trânsito e do Corpo de Bombeiros estiveram presentes e garantiram a segurança da população.

Economia criativa e gastronomia

Com 19 estandes de alimentação e 20 para economia criativa, o fortalecimento do empreendedorismo foi uma marca registrada do Luau da Samaúma. Diversas comidas foram expostas e colocadas à venda, como hambúrgueres, doces artesanais, salgados, comidas típicas e bebidas.

Além disso, ao redor da samaumeira, itens de artesanato fabricados por artistas amapaenses também podiam ser encontrados e adquiridos. A ‘Oficina Mini Chefe’, realizada pelo Sebrae, orientada pela instrutora Cibele Iglesias e equipe de colaboradores, fez crianças de 5 a 12 anos aprenderem a confeccionar bolo de pote, estimulando sua criatividade.

Luau da Samaúma terá samba, instrumental, MPA e brega para festejar os 80 anos da samaumeira


Os artistas Mauro Cotta e Zé Miguel, a banda da Polícia Militar, e o grupo de samba Entre Amigos são as atrações no palco do Luau da Samaúma, nesta sexta-feira, 1º de dezembro. É a segunda edição do evento neste ano, especial para celebrar a samaumeira que há 80 anos resiste em frente ao prédio da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ). Uma série de atrações culturais estão programadas para o público, de 17h até 23h.

O Luau da Samaúma é um projeto em parceria entre o Ministério Público do Amapá (MP-AP), Serviço de Apoio à Pequena e Microempresa (Sebrae/AP) e Governo do Estado (GEA). Iniciado em 2017, com a proposta de promover entretenimento e cultura para todos, e a aproximação entre instituições públicas com a população, foi realizado até o ano de 2019 e paralisado no ano seguinte, devido as limitações da pandemia da Covid-19. Em 2023 o projeto retornou com duas edições, a primeira foi em outubro, em homenagem aos 80 anos de criação do Território Federal do Amapá.

Instrumental, regional e samba

Nesta segunda edição, as atrações vão da música instrumental ao brega. A banda da Polícia Militar abre a programação musical no palco, com um repertório variado de músicas regionais e internacionais. O cantor e compositor Zé Miguel apresenta um show de música amazônica, enaltecimento a natureza e o povo amazônico.

O grupo Entre Amigos vai mexer com o público com muito samba raiz e pagode.

Mauro Cotta e as canções que não envelhecem, para todas as gerações

Quem fecha a programação é o cantor Mauro Cotta, que canta o autêntico brega nortista. Mauro prepara um show com repertório que emociona e traz recordações, para dançar acompanhado ou não. Canções antológicas que marcaram gerações e acendem a memória afetiva da juventude, como as lendária Minha Amiga (de autoria dele) e de outros compositores como Roberto Carlos e Teddy Max, serão cantadas pelo artista.

Programação

A partir de 17h o público poderá prestigiar a programação literária, com declamação de poesia, comercialização de livros e contação de histórias. A Praça de alimentação e a exposição de produtos da economia criativa também estarão funcionando. A Oficina Mini Chefe oferece vagas para 60 crianças despertarem para a gastronomia.

18h – Contação de histórias com Angelita

19h – Cortejo Artístico

19h30 – Apresentação de música instrumental

20h – Zé Miguel

21h – Grupo Entre Amigos

22h – Mauro Cotta

 

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Sustentabilidade e responsabilidade social: TJAP instala pontos para coleta de garrafas PET nos Fóruns de Macapá e Santana


O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amapá (Sebrae/AP), instalou, na quarta-feira (11), mais dois EcoPontos de coleta de garrafas PET, nos Fóruns de Macapá e Santana. A iniciativa expandiu o Programa TJAP Responsável, iniciado em 2019. A sede do Poder Judiciário já possui um coletor. A parceria com o Sebrae/AP consiste em política pública de sustentabilidade. Todo o resíduo PET produzido pelas unidades judiciárias será encaminhado para a coleta seletiva deste material para associações que trabalham com reciclagem. Com isso, o Poder Judiciário promove inclusão, cidadania e auxilia a na geração de emprego e renda para a sociedade. A inauguração dos coletores contou com a presença do Presidente do TJAP, Desembargador Adão Carvalho.

A ação do TJAP conta com o trabalho da Comissão Gestora de Responsabilidade Socioambiental, coordenada pelo desembargador Gilberto Pinheiro. A iniciativa fortalece a atuação socioambiental, alinhado com o Planejamento Estratégico 2021-2026 da Justiça Estadual e atende a Resolução Nº 400/2021 do Conselho Nacional de Justiça, que orienta a execução de práticas de gestão sustentável, racionalização e consumo consciente.

O presidente da Associação de Assistência a Dependentes Químicos “Mulher Virtuosa”, Marinaldo dos Santos, agradeceu a expansão do Programa TJAP Responsável. Ele dirige uma das entidades que recebe o material coletado e produz vassouras com as garrafas PET, o que resulta em emprego, renda e reinserção social das pessoas atendidas pela instituição.

“Trabalhamos com mulheres dependentes químicas e essa parceria entre TJAP e Sebrae ajuda na aquisição de material para que elas trabalhem e fabricarem vassouras. Isso ajuda na recuperação e reintegração social, além de captação de renda, para este público. Agradecemos a ação do Poder Judiciário em expandir a coleta seletiva”, pontuou o Marinaldo dos Santos.

O presidente do Conselho Deliberativo, Josiel Alcolumbre, afirmou que a expansão do Programa ajuda a diminuir o impacto ambiental e reforça o compromisso social do órgão que ele dirige, juntamente com o Poder Judiciário.

“Parabéns ao presidente do TJAP, não somente por dar continuidade a essa política pública de sustentabilidade e responsabilidade social, mas também parabenizo o desembargador Adão Carvalho por expandir esse importante programa. Os Ecopontos diminuem o impacto do lixo do meio ambiente e ajudam os empreendedores a ter uma renda, o que melhora a qualidade de vida dessas pessoas. Estamos muito satisfeitos em fortalecer a relação com o Judiciário de poder fazer parte desse momento”, destacou Josiel Alcolumbre.

Nas duas instalações, o presidente do TJAP falou da importância da iniciativa, agradeceu ao Sebrae/AP pelo trabalho conjunto e pediu a contribuição de magistrados e serventuários do Poder Judiciário para o sucesso da coleta seletiva.

“Ficamos felizes em expandir essa coleta seletiva aos Fóruns de Macapá e Santana.Agradecemos a parceria do Sebrae/AP, pois essa cooperação promove sustentabilidade, descarte responsável de resíduos, gera renda para as associações e pessoas que trabalham na fabricação dos objetos com os resíduos. Ganha a sociedade e o meio ambiente. Faremos um ampla divulgação para que magistrados e servidores tragam suas garrafas pets de casa, além das que foram usadas no ambiente profissional, para contribuir com a arrecadação. Também peço a todos que compõem o Judiciário, que comprem os produtos feitos com os pets (vassouras, por exemplo), para ajudar os cidadãos que fazem dos objetos fabricados seu ofício para sustento”, frisou o desembargador Adão Carvalho.

Participaram das instalações o diretor do Fórum de Macapá, juiz Ernesto Collares, os magistrados que atuam no Fórum de Santana, Carline Nunes (que representou a Diretoria da unidade), Eliana Pingarilho e Diogo Sobral, além de serventuários.

Pelo Sebrae/Ap, estiverem presentes também nas instalações, a diretora-superintendente, Alcilene Cavalcante e o diretor de administração e finanças, Marcell Harb Houat, além de técnicos da instituição.

Secretaria de Comunicação do TJAP

Apresentação do “Festival Brasil Sabor” reúne o setor de gastronomia

Lançamento do Festival destacou 25 empresas que apresentarão inovação e criação gastronômica no segmento dos negócios de alimentação fora do lar. As degustações serão servidas ao preço único de R$ 25 reais


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Amapá (Abrasel/AP), com o apoio do Governo do Estado do Amapá (GEA), Crítica Gastronômica Tucuju e Associação Brasileira de Chefs de Cozinha (Abrachefs), lançaram a 17ª Edição do Festival Brasil Sabor com o tema ‘Cores Brasileiras, Sabores do Meio do Mundo’, na tarde desta terça (16). O evento será aberto ao público e acontece no estacionamento da Sede do Sebrae em Macapá, no período de 18 a 21 de maio, das 17 às 23h.

Segundo a diretora-superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, O Festival Brasil Sabor é o maior festival de gastronomia do Brasil. “No Amapá especialmente é um evento para toda a sociedade. É um momento em que os chefs, cozinheiros e os donos de restaurantes inovam, criam pratos com a nossa identidade cultural, gastronômica, geográfica e apresentam novidades à sociedade. A gente convida a população, as pessoas que apreciam a gastronomia a vir prestigiar o Festival Brasil Sabor,  a comida,  sobremesa, Feira de Artesanato Gastronômico, Concurso de Chefs, Oficinas de Mini chef”, pontua a diretora-superintendente, Alcilene Cavalcante.

Abrasel

De acordo com a o presidente da Abrasel/AP, Yukio Nagano, nos próximos três dias estreia o maior festival gastronômico do planeta, o Brasil Sabor em mais uma edição no estado do Amapá.

“É um festival que eu acho muito legal para toda a sociedade amapaense. Queria agradecer a todos os parceiros, realizadores, as empresas que estão conosco por acreditarem nesse evento especial. Agradecer a diretora-superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, por todo apoio, uma das pioneiras em elevar nossa gastronomia amapaense ao patamar em que hoje se encontra e tem o prêmio com o nome Alcilene Cavalcante”, declarou o presidente Yukio Nagano.

Festival

O diretor-executivo da Abrasel/AP e um dos coordenadores do Brasil Sabor, Sandro Bello, apresentou o festival gastronômico e as atrações. O Concurso Abrachefs terá a assinatura do Prêmio Dólmã oficial e medalha, está com 117 inscritos, 12 finalistas, e 5 categorias, entre elas, Chef Pizzaiolo(a); Chef Pâtisserie; Chef Burger; Chef Coqueteleiro(a); e Chef de Cozinha/Cozinheiro(a) Profissional. Outro sucesso consolidado são as oficinas de culinárias com didáticas para crianças com os ‘Mini Chefs’.

O Palco Tucupi terá uma programação cultural com os cantores amapaenses Deize Pinheiro; Tani Leal; João Amorim; e Anthony Barbosa, que apresentam o melhor da música MPB e MPA.

A Feirinha de Artesanato Gastronômico apresenta as Louças do Maruanum; Artesanato em madeira; Gastronomia artesanal; e de Cerâmica.

Prêmio

A Oitava Edição do Prêmio Melhores da Gastronomia Alcilene Cavalcante, elege a Melhor Categoria – Melhor restaurante; Melhor cafeteria; Melhor doceria/confeitaria; Melhor lanchonete; Melhor hamburgueria; Melhor sorveteira; Melhor culinária amapaense; Melhor Franquia; Melhor comida a quilo; Melhor gastronomia internacional; Melhor pizzaria; Melhor gastronomia saudável; Melhor gastronomia oriental; Melhor delivery; Melhor bar; Melhor panificadora/padaria; Melhor buffet de eventos; Melhor Carta de Vinhos; Melhor Carta de Drinks e Coquetéis e Melhor atendimento.

Segundo a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Suelem Amoras, em nome dos dirigentes da instituição destacou a satisfação de realizar o Festival Brasil Sabor em parceria com a Abrasel e declarou ser um evento grandioso e o melhor, por se tratar da culinária do Amapá.

“A nossa culinária é a melhor. Eu queria que vocês pensassem na retrospectiva, no início desse negócio, que hoje é um negócio de sucesso, quanta evolução a gente tem. A Abrasel e o Sebrae e o grupo de pessoas têm uma contribuição significativa no desenvolvimento da gastronomia no Amapá. Queremos promover ainda mais a gastronomia do estado do Amapá. Essa parceria de gastronomia, no artesanato, tem o poder de alavancar negócios dos setores, queremos potencializar ainda mais essa parceria entre o artesanato, o turismo e a gastronomia”, finaliza a diretora Suelem Amoras.

Parceiros

O Festival Brasil Sabor – Cores Brasileiras, Sabores do Meio do Mundo, é uma realização do Sebrae e da Abrasel/AP e conta com o apoio da Abrachefs, Crítica Gastronômica Tucuju e Governo do Estado do Amapá; são parceiros e patrocinadores as empresas Primix, Agência 3 Ângulos, Concessionária THAI Toyota, Ética Turismo e Receptivo, Setor Norte Seguros, Supermercados Santa Lúcia, e Space-X Telecom.

Participantes

Culinária Regional

  1. Flora Restaurante

Chef Flora Dias

Flor de Matapi: costela de tambaqui e uma mistura de cores, que remetem o amarelo do sol, o verde das florestas e o colorido das flores num risoto de camarão, manga e pesto de chicória e queijo do Amapá.

  1. Delícias da Capytu

Chef Manoel

Litoral Amapaense: filé de Gurijuba mergulhado ao molho de tucupi reduzido, servido com musseline de macaxeira e castanha do Brasil.

  1. Divina Arte

Chefs Socorro Azevedo e Lidiane Azevedo

Mergulho: peixe crocante (filé de rosado); arroz caldoso de camarão rosa e tucupi; ervas amazônicas como jambu e pimenta de cheiro, dando um aroma especial e um toque picante .

  1. Cantinho Baiano

Chef Márcio Gleice

Peixe Lagoa dos Índios: bolas de peixe recheadas com massa de caranguejo refogada no jambu com tucupi, acompanhada de arroz com jambu e batata noissete.

  1. Delícias da Oci

Chef Ocinea Bastos

Delícia de Peixe: filé de rosado frito empanado com batata palha, servido com um delicioso arroz cremoso envolvido com molho branco, queijo mussarela, queijo parmesão, presunto, chicória, envilhas e pimentão vermelho; decorado com pimenta biquinho e alface. Acompanhado farofa especial de banana da terra.

  1. Encanto Amapaense

Chef José Souza

Encanto Marabaixo: peixe filhote grelhado ao azeite; camarão salteado no azeite, cachaça e gengibre. Acompanhado com arroz ao tucupi, jambue e banana da terra cozida; e farofa de banana da terra com chicória e chips de gengibre.

  1. Titos Restaurante e Buffet

Chef Nathália Tito

Peixe Porto de Santana: filé de pescada amarela grelhado com crostinha de manteiga; molho amanteigado com pimentões coloridos, alcaparras, cheiro verde e camarão regional; acompanhado de arroz de alho com chicória.

Culinária Contemporânea

  1. 313 Restaurante

Chef Geanne Gomes

Quilombo 313: filé mignon de carne de búfalo, baião de dois de feijão azuki, arroz negro e queijo coalho regional, demi glace de beterraba e taperebá.

  1. Pastrami Gastronomia

Chef Clara Campos Gato

Aracáceas: Gnocchi artesanal de Pupunha dourado na manteiga de garrafa, fonduta de dois queijos (búfala e queijo azul), finalizado com crocante de chicória e jambú, redução de açaí e caramelo de rapadura.

Culinária Portuguesa

  1. Casa Lisboa

Chef Eliel Cardoso

Bacalhau tucuju: bacalhau, penne ao molho branco com natas, farofa de bacon e pesto de chicória.

Culinária Italiana

 

  1. Confraria Semblano

Chef Josiane Pinheiro

Ladrão de Marabaixo: filé de pescada grelhada na manteiga ao molho de gengibirra, acompanhado de arroz de coco e farofa de pipoca e bacon.

Culinária Japonesa

  1. Restaurante Japan by Nagano

Chef Yukio Nagano

“Arigatou Amazônia”: combinado de sushi que celebra os 70 anos da imigração japonesa do Amapá, com Hossomaki de Pirarucu maçaricado, hot roll de Camarão Rosa com Jambú e Bolinhos de Salmão com Ervas Amazônicas.

Coquetelaria

  1. Bar do Urso

Chef João Ícaro

Éguaaa!: Cachaça Branca, Caramelo de Cupuaçu, Limão Tahiti, Soda de Gengibre e Espuma de Cupuaçu e Gengibre. Frutado, refrescante e levemente apimentado.

Potoqueiro: Gin, Xarope de Maracujá e Cumarú, Limão Siciliano, Água com Gás e Chicória. Frutado, Toque de Baunilha e Potência da Chicória.

Três Cabuçus: Cachaça Branca, Cachaça de Jambú, Tangerina, Limão Galego, Limão Tahiti e Melado de Cana. Caipirinha de 3 Cítricos com um toque de Jambú pra tremer um pouquinho.

Culinária Funcional

  1. Nutryday

Chef Paula Geovana

Espaguete com Acém: um delicioso acém grelhado ao molho de ervas com espaguete sem glúten. É pra comer sem culpa!

Hamburgueria

  1. Homemade

Chefs Sirlane e Marcelo

Baconzola Sweet: ) pão com gergelim, blend de carnes bovina, geleia de pimenta artesanal, creme de queijo gorgonzola e lâminas de bacon.

  1. Sinner

Lucas Uchôa e Thomas Átila

Terramar: smashburger bovino, camarão rosa com creme de queijo e bacon crocante.

  1. Brods Burguer Bar

Chef João Santos

Suprimo: hambúrguer de blend de carnes suínas entremeado com maniçoba cozida, blend de queijos regionais e pão de macaxeira.

Petisco

 

  1. Buffet Essência do Norte

Chef Kátia Oliveira

Bolinhos Essência do Norte: deliciosos bolinhos em três sabores: costela com mandioca cremosa, moqueca de camarão com leite de coco, e caldo verde. Acompanha molho ouro (tucupi) e molho verde (jambu).

Pizzaria

  1. Forneria Bella Ciao

Chef Monique Valente

Pororoca: pizza fina e crocante recheada com pipocas empanadas de camarão rosa com tapioca granulada, cama de muçarela, creme de queijos e geleia agridoce levemente picante.

  1. Fábrica de Bolo Vó Alzira

Chef Pâtisserie: Eliene Belique

Combo Meio do Mundo:

01 Mini Bolo de Castanha do Pará (15 cm) e 01 Bolo de  Pote de Nutella com mousse e geleia de cupuaçu.

Doceria

  1. Tatay Doces

Chef Pâtisserie Estephane Tayane

Cheesecake crocante Tucuju: base de biscoito e  castanha de caju com creme de ganache de chocolate, cheesecake de cupuaçu, finalizado com pralinê de castanha de caju e fios de chocolate branco.

Sorveteria

  1. Chopp da Vovó

Chef Sorveteiro Gabriel Barbosa

Caramelado de Cumaru com Bacuri: Uma casquinha elaborada com a formulação do chocolate branco e inclusão da amêndoa de cumaru, com creme de bacuri. Lácteos, açúcar refinado, polpa de bacuri, manteiga de cacau, açúcar demerara, leite em pó desnatado, leite em pó integral e cumarú compõem essa delícia. Utilizamos o Chocolate Cunani Cacau.

  1. Marvim

Chef Rebeca Sulamita

Crocante de Marabaixo: sorvete de creme com camadas de bolo marabaixo e farofa de castanhas.

Chocolateria

  1. Chocolates Cassiporé

Barras de chocolates intenso

Consumindo as barras de Chocolates Cassiporé você desfruta de um chocolate

vegano, orgânico, livre de conservantes, aromatizantes, e que possui somente dois

ingredientes: massa de cacau e açúcar orgânico.

Suco Oficial do Festival

I Love Joice

Suco de laranja natural, sem açúcar ou conservante.

 

Sebrae Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Missão Internacional OTC encerra no Porto Marítimo de Houston, no Texas

Presidente do Conselho do Sebrae, Josiel Alcolumbre, conhece o Porto em Houston, no Texas-EUA e reconhece experiências bem-sucedidas possíveis de serem implementadas no Amapá

Comitiva do Brasil encerra Missão Internacional à OTC (Offshore Techonology Conference) em Houston/ Texas – USA, com visita ao Porto Marítimo, um complexo que possui cerca de 64km de extensão, com instalações públicas e privadas localizadas a algumas horas de navegação do Golfo do México. As autoridades brasileiras participam da OTC, principal feira mundial de petróleo, gás e serviços derivados do setor, no período de 1 a 5 de maio de 2023.

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá (CDE), Josiel Alcolumbre, destaca o Porto de Houston/ Texas, como um importante referencial de negócios para o desenvolvimento do estado, pois o complexo emprega 1 milhão e 350 mil pessoas.

“É uma oportunidade única, pois temos o nosso Porto de Santana, uma área portuária gigantesca para desenvolver o estado, não só com o Porto, mas também com o petróleo e o gás que não podemos abrir mão e lutar pela exploração sustentável na Margem Equatorial, e garantir desenvolvimento, geração de emprego e renda”, finaliza o presidente Josiel Alcolumbre.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Entidades do Sistema S se reúnem para tratar sobre o desenvolvimento sustentável do Amapá


SESI, SENAI e o SEBRAE se reuniram em encontro para alinhar estratégias e desenvolver projetos conjuntos para o crescimento sustentável do Amapá. Durante a reunião de trabalho foram traçados os caminhos que serão seguidos para apoiar o setor produtivo no estado, com ações efetivas realizadas pela denominada Rede 3S, formada pelas entidades.

As instituições apresentaram seus portfólios de produtos e serviços, e selecionaram áreas táticas que serviram para definir a metodologia dos grupos de trabalho. No fim do dia, foram expostas as propostas para o desenvolvimento de projetos que vão ser entregues para o setor público, empresarial e bancos de fomento.

De acordo com o diretor regional do SESI SENAI Amapá, Sergio Moreira, as instituições vão aumentar muito os impactos e os resultados, trabalhando em conjunto.

“Organizar as cadeias produtivas, os setores econômicos, transformá-los de forma mais produtiva e competitiva, e com isso, contribuir para o desenvolvimento sustentável do Amapá. Esse é o objetivo final do alinhamento estratégico que visa gerar empregos, renda e dignidade, para que o estado possa se desenvolver com o seu povo e sua cultura. O Amapá tem um encontro marcado com o desenvolvimento”, frisou o diretor regional.

“Faz parte do planejamento estratégico do Sebrae oferecer soluções aos pequenos negócios para que se tornem mais produtivos e competitivos. Integrados ao SESI e ao SENAI vamos oferecer aos empreendedores projetos de baixo custo e alto impacto, focados na gestão”, disse o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE no Amapá, Josiel Alcolumbre.

A diretora-superintendente do SEBRAE, Alcilene Cavalcante, falou da importância do momento entre as instituições. “Estamos fazendo um alinhamento articulado para acelerar os nossos trabalhos. O SEBRAE trabalha com o empresário, e o SESI e o SENAI preparam a mão de obra da empresa e para as indústrias que estão atuando no Amapá”, ressaltou.

O encontro contou com a participação dos consultores, Edmilson Fialho, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e Paulo Faveret, do BNDES, além do pesquisador da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Silvestre Labiak.

Comunicação Corporativa SESI/SENAI – AP

Governo do Amapá, Abrasel e Sebrae oferecem 300 vagas gratuitas para oficinas gastronômicas

O treinamento ocorre de 23 de janeiro a 1º de fevereiro, na Casa do Artesão. São 15 oficinas demandadas pelo mercado, com 20 vagas por turma. As inscrições são online.

O Governo do Estado e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Amapá (Abrasel/AP) iniciam nesta sexta-feira, 13, as incrições para um ciclo de oficinas gastronômicas. São 300 vagas gratuitas, distribuídas em 15 oficinas, com 20 candidatos por curso.

Para se inscrever, preencha o formulário disponível AQUI, até 19 de janeiro, com informações pessoais e seleção do curso que deseja participar.

As oficinas acontecem de 23 de janeiro a 1º de fevereiro, nos altos da Casa do Artesão. O evento busca despertar o interesse da população para trabalhar no setor e criar mão de obra qualificada para o mercado local.

O evento vai atender estudantes maiores de 16 anos, profissionais da gastronomia e pessoas interessadas no setor.

As capacitações são resultado de um Termo de Fomento assinado em 2022 entre o Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo (Sete), e a Abrasel.

“Estamos muito ansiosos por esse evento que é o primeiro do ano e permite, em curto prazo, gerar mão de obra qualificada para o setor de alimentação fora do lar. A ideia é que após estas oficinas, os participantes possam atuar no preparo de pratos, sobremesas, drinks e outros alimentos com excelência”, frisou Sandro Belo, vice-presidente da Abrasel.

Conheça as ofinas

Serão cursos de drinks e coquetéis com ingredientes regionais; os segredos dos salgados assados e fritos; cortes de carnes, aves e peixes; redes sociais para negócios gastronômicos; sobremesas com ingredientes regionais; molhos, fundos e bases e suas aplicações; hambúrguer: do blend aos molhos; saladas criativas com insumos regionais; harmonização de vinhos com pratos regionais; fotografias de alimentos; pizza: da massa ao sabor; boas práticas em manipulação de alimentos; oficina show: preparo e degustação de cafés; antepastos e culinária típica: cozinha de difusão na Amazônia.

As oficinas foram escolhidas por demanda de mercado por meio de pesquisas e serão realizadas pela manhã, das 9h às 12h e à tarde, das 14h às 17h, nos altos da Casa do Artesão, na praça Beira-Rio. Todos os participantes vão receber certificados.

O evento conta com a parceria do Serviço Brasileiro das Micros e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae/AP), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e da Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

Membros do MP-AP prestigiam posse dos novos dirigentes do Sebrae/AP


A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei e o chefe de Gabinete da PGJ, promotor de Justiça Paulo Celso Ramos, acompanharam, na noite de sexta-feira (6), a cerimônia de posse da Diretoria Executiva do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Sebrae, no Amapá, para o período 2023/2026, além do Conselho Fiscal (CF) da instituição para o período 2023/2027.


Tomaram posse os novos dirigentes: Josiel Alcolumbre, eleito para o cargo de presidente do Conselho Deliberativo Estadual; Alcilene Cavalcante, que atuará como diretora-superintendente; Marcell Houat Harb, reeleito para a Diretoria de Administração e Finanças; e Suelen Amoras como diretora técnica. Para o Conselho Fiscal (CF), os três novos titulares são: Joel Souza, Ailton Nóbrega e Jetro Ramos. E, ainda, os novos suplentes: José Alberto Filho, Elenildo Barbosa e Deivison Henrique Fortunato.

A eleição dos novos dirigentes do Sebrae no Amapá foi conduzida pelo então presidente do Conselho, Iraçu Colares, que deu posse ao presidente da CDE, Josiel Alcolumbre. A votação foi realizada por 13 das 15 instituições que integram o Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae.

A PGJ do MP-AP parabenizou os empossados e desejou sucesso na condução da instituição e agradeceu aos integrantes da administração que encerrou pela parceria com o órgão ministerial.

“É um momento muito importante para o Estado do Amapá. O Sebrae é uma instituição forte e indutora, que realizou importantes parcerias com o Ministério Público. Além de diversas qualificações para o mercado de trabalho e fomento da economia, o Sebrae promove iniciativas que geram alegria, entretenimento e interação entre os municípios, como o “Amapá Sabor”, que fortalece a gastronomia e foi parceiro nosso na realização do Luau na Samaúma, entre outros. Parabéns e sucesso à nova diretoria para que esse trabalho aumente, continue e que possamos, juntos, fazer um Amapá melhor”, frisou Ivana Cei.

Autoridades presentes

Participaram da cerimônia de posse os membros do MP-AP: corregedor-geral, procurador de Justiça Jair Quintas; a coordenadora do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf/MP-AP), procuradora de Justiça Socorro Milhomem Moro; o procurador de Justiça Márcio Alves; os promotores de Justiça Iaci Pelaes, Silvia Canela e Roberto Alvares (aposentado).

Também estiveram presentes o ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes; governador e vice-governador do Amapá, Clécio Vieira e Teles Júnior; os senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues; o presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, deputado Kaká Barbosa; o presidente, em exercício, do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador Carlos Tork; o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AP), conselheiro Michel Houat; conselheiros do TCE/AP, Marília Góes e Reginaldo Ennes; o desembargador Adão Carvalho; deputados estaduais e federais;  juízes de Direito; secretários de Estado; vereadores; empresários; imprensa e sociedade civil organizada.

Durante a solenidade, também foram empossados conselheiros e suplentes das entidades Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA); Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam); Banco da Amazônia; Banco do Brasil (BB); Caixa Econômica Federal (CEF); Câmara de Dirigentes Lojistas de Macapá e Santana (CDL); Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap); Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio); Federação das Indústrias do Estado do Amapá (Fieap); Federação das Entidades de Micro e Pequenas Empresas do Amapá (Femicro); Federação dos Pescadores do Amapá (Fepap); Governo do Estado do Amapá (GEA); Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa) Universidade Federal do Amapá (Unifap); e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Nacional).

Sobre o Sebrae

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá – Sebrae, é um serviço social autônomo, sem fins lucrativos. Em 2022, completou 50 anos de existência no Brasil. No Amapá, o Sebrae está em atividade há 42 anos.

Sobre o CDE

O Conselho Deliberativo Estadual é composto por 15 conselheiros titulares e os respectivos suplentes, que possuem como responsabilidade a formulação de diretrizes de apoio ao empreendedorismo e às micro e pequenas empresas amapaenses. O CDE é o órgão máximo do Sebrae, no Amapá, responsável por traçar políticas e estratégias gerais de atuação, bem como estabelecer normas e orientações aos trabalhos na instituição.

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Acelera Startup inicia ciclo de pré-aceleração, na próxima sexta (24)


Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), desenvolve o Acelera Startups, programa de pré-aceleração que capacita empreendedores, para colocarem no mercado ideias inovadores de negócios. O Acelera Startup, realizado em formato híbrido (on-line e presencial), é direcionada à pessoa física e jurídica (MEI, ME e EPP), e acontece no período de 24 de setembro a 4 de dezembro. A programação inicia com o Bootcamp, na sede do Sebrae em Macapá, nos dias 24 e 25 de setembro, das 15h às 18h e das 9h às 18h.

Programa seleciona até 30 startups com ideias de negócios inovadores para participarem

A diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, destaca a necessidade da construção de projetos inovadores para a evolução da nova econômica amapaense. “A nova economia necessita de novos modelos econômicos, sendo cada vez mais sustentáveis, escaláveis, digitais e inclusivos”, disse a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

Conteúdo

Durante o evento, os participantes acompanham workshops, oficinas, mentorias, conteúdos e treinamentos, que acontecem para as empresas selecionadas, até o dia 4 de dezembro. Nesta data, as pré-aceleradas participam do evento, intitulado Demo Day.

No período de boas-vindas, iniciada no Bootcamp, onde os participantes aprendem sobre a validação de startups, MPV (Produto Mínimo Variável), modelagem de negócio e monetização.

Programa

O principal ganho do programa, é fazer com que os empreendedores avancem etapas e evitem cometer erros que podem ser cruciais para as empresas. Até hoje, mais de 200 ideias participaram do programa, que recebe empreendedores de todo o Estado amapaense.

A analista de projetos do Sebrae no Amapá, Josseli Pantoja, destaca a importância do Acelera Startups para a região. “O programa é uma oportunidade para desenvolver startups amapaenses e, assim, amadurecer todo o Ecossistema de Inovação do Estado”, finaliza a analista de projetos do Sebrae no Amapá, Josseli Pantoja.

A aceleradora Inovenow pretende converter o empreendimento em um negócio lucrativo e consolidado no mercado. Uma aceleradora otimiza em um curto período de tempo, as operações do startup em todos os níveis.

Inscrições

O Acelera Startups, realizou no período de 9 a 19 de setembro as inscrições para a sua 5º edição, contabilizadas em 40 ideias e negócios inscritos.

Programação

Acelera Startup

Período: 24 de setembro até o dia 4 de dezembro

Bootcamp

Data: 24 de setembro

Horário: 15h às 18h

Data: 25 de setembro

Horário: 9h às 18h

Local: Salão de eventos de Macapá.

 

Sebrae no Amapá

http://www.ap.sebrae.com.br/