Museu Sacaca: programação marca 20 anos da Exposição a Céu aberto

Evento acontece de 5 a 8 de abril, com contação de histórias, soltura de quelônios, plantação de mudas de castanheiras, entre outras ações.

Soltura de quelônios, exposição de plantas medicinais, contação de histórias e plantação de mudas de castanheiras são apenas algumas das atrações da celebração de 20 anos da Exposição a Céu Aberto do Museu Sacaca. A programação inicia na terça-feira, 5 e segue até dia 8 de abril, das 9h às 17h,  com foco na valorização do modo de vida das comunidades tradicionais do estado, aproximando a sociedade das pesquisas realizadas pelo Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa).

Construída com a participação da comunidade e inaugurada em 5 de abril de 2002, a Exposição a Céu Aberto é um espaço de histórias vivas que busca promover ações museológicas de pesquisa, de preservação e de comunicação do patrimônio cultural.

A programação é destinada ao público em geral e também inclui produção de alimentos como açaí e farinha, venda de artesanato, passeio no regatão, oficina de contenção de animais peçonhentos e atividades culturais.

“A celebração pretende ressaltar toda a riqueza e diversidade dos povos tradicionais indígenas, quilombolas, ribeirinhos, que são representados pelas nossas ambientações, além disso, ampliará os conhecimentos culturais e populares sobre essas comunidades”, conta a diretora do Museu Sacaca, Eliane Oliveira.

Confira a programação

Dia – 05/04/22 (Terça-feira)

  • Cerimônia de abertura da programação – 9:30h
  • Visitas mediadas – 09:00h – 17:00h
  • Exposição do Iepa – Zoologia – 09:00h – 17:00h
  • Exposição de Cocares Indígenas – 09:00h – 11:00h
  • Exposição de Fitoterápicos-Iepa – 09:00h – 11:00h
  • Banda de Música do Corpo de Bombeiro – 09h30
  • Grupo de Marabaixo – 10:00h
  • Batuque/Mazagão Velho – 10h30
  • Corte do Bolo– 11:00h
  • Passeio no Regatão – 9:00h – 17:00h
  • Exposição de Plantas Medicinais – 9:00h – 16:00h
  • Venda de Artesanato – 9:00h – 17:00h
  • Exposição: Arqueologia Sob Nossos Pés – 9:00h -16:00h
  • Sarau de Poesia – 15:00h
  • Contação de História – 15:00h
  • Fim de Tarde no Museu: Apresentação Musical Verônica dos Tambores – 17:00h
  • Exposição e Comercialização de Plantas Medicinais – 09h às 16:00h
  • Contação de História “BOTO” – 09:30h

06/04/22 (Quarta-feira)

  • Exposição de Cocares Indígenas – 09h às 11h
  • Exposição: Arqueologia Sob Nossos Pés – 09 às 16h
  • Passeio no Regatão – 9h às 17h
  • Exposição de Fitoterápicos- IEPA – 09h às 17:00h
  • Exposição e Venda e Artesanato – 9h às 17h
  • Dramatização do Curupira-Grupo Desclassificáveis – 15:30h
  • Toada- Cryscia – 16:30h
  • Visita Mediada – 9h às 17h
  • Exposição do IEPA – ZOOLOGIA – 9h às 17h
  • Passeio do Regatão – 9h às 11h

07/04/22 (Quinta-feira)

  • Exposição: Arqueologia Sob Nossos Pés – 09 às 16h
  • Exposição e Comercialização de Plantas Medicinais – 09hàs 16:00h
  • Apresentação de Capoeira – 09:30h
  • Exposição de Cocares Indígenas – 09h às 17:00h
  • Oficina de Contenção de Animais Peçonhentos – 10:00h e 15:30h
  • Dramatização Teatral Amadeu Lobato – 16:30H
  • Plantação de Muda de Castanheira – 15:00h
  • Cápsula do Tempo – 20 anos de Exposição a Céu Aberto – 15:30h
  • Visitas mediadas – 09h às 17:00h
  • Exposição do IEPA – ZOOLOGIA – 09h às 17:00h
  • Exposição de Cocares Indígenas – 09h às 17:00h
  • Exposição de Fitoterápicos- IEPA – 09h às 17:00h
  • Exposição e Comercialização de Plantas Medicinais – 09h às 16:00h
  • Exposição do IEPA – ZOOLOGIA – 09h às 17:00h

Dia 08/04/22 (Sexta-feira)

  • Ed. Ambiental- Soltura de Quelônios – 10:00h e 15:30h
  • Dança Indígena – 10:30h
  • Produção da Farinha – 10:00h e 15:30h
  • Produção do Açaí – 10:00h e 15:30h
  • Exposição e Comercialização – Castanha-Brasil – 10:00 às 16:00h
  • Dramatização do Parto Tradicional – 10:00h e 15:00h
  • Canto do Uirapauru – 11:00h e 14:30h
  • Marabaixo – 16:00h
  • Exposição de Orquídeas/SOAMOR – 10h às 16:00h
  • Cantata – 18:00h
  •  Show Cultural Verônica dos Tambores e Grupo Gente de Casa – 19:00h

https://amapa.gov.br/noticia/0104/museu-sacaca-programacao-marca-20-anos-da-exposicao-a-ceu-aberto-nbsp-

Governo realiza Semana do Artesão com programação diversificada para categoria

Programação inicia neste sábado, 19, no Museu Sacaca, com reinauguração da loja da Casa do Artesão do museu, homenagens e outras atrações.

Para celebrar o Dia Estadual do Artesão, comemorado neste sábado, 19, o Governo do Estado montou uma programação especial para a categoria, a Semana do Artesão. São 9 dias de atividades de cidadania, oficinas, palestras, fomento, shows musicais, apresentações culturais, desfile, inauguração de obras e feira de artesanato. O evento é coordenado pela Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete).

No Dia Estadual do Artesão e feriado de São José, padroeiro da categoria, a programação começa às 9h, no auditório do Museu Sacaca, com culto ecumênico, abertura oficial, sorteio de prêmios, apresentação cultural, entrega de carteiras de artesão e trabalhador manual, além do corte do bolo e reinauguração da loja da Casa do Artesão, que funciona dentro do museu.

A Semana do Artesão prossegue na segunda-feira, 21, às 15h, no Museu Sacaca, com oficina de Fotografias de Artesanato para redes sociais, cadastramento de artesãos e palestra com o tema: “Artesanato: uma ideia sustentável”, ministrada pela Sete.

A programação do dia 22, segue às 15h, no Museu Sacaca, com palestra “Iniciativa do Empreendedor e Artesão Indígena” e cadastramento dos artesãos indígenas para acesso à carteira nacional do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB).

Já dia 23, a equipe do Sistema Nacional de Emprego (Sine) fará cadastramento de trabalhadores. O Sebrae Amapá vai ministrar palestra com a temática “Whatsapp, Instagram e Facebook para negócios” e oficinas.

Na quinta-feira, 24, às 10h, terá a reinauguração da loja da Casa do Artesão, no Monumento Marco Zero do Equador. À tarde, às 15h, os artesãos vão receber ação social e saúde, com massagem, limpeza de pele, verificação de pressão arterial e teste de glicemia. Às 15h, também, no Espaço Sebrae, haverá palestra com o tema “Preço como Diferencial de Venda”, além da assinatura de contrato de uso dos boxes da praça Sabores do Amapá, às 16h.

Na sexta-feira, 25, a partir das 14h30, tem atração cultural, reinauguração do espaço de exposição de artesanato, no Aeroporto Internacional de Macapá Alberto Alcolumbre.

No sábado, 26, a partir das 16h, ocorrerá abertura da Feira de Artesanato, na área em frente a Casa do Artesão. A programação contará com apresentação cultural e do Selo Amapá.

No domingo, 27, das 14h às 20h, haverá ponto de vacinação da covid-19. Às 16h, tem continuidade da Feira de Artesanato, às 19h, apresentação musical, às 20h30, desfile de moda de empreendedores e artesãos e, às 22h, encerra a programação da Semana do Artesão.

“É uma programação diversificada e tem como objetivo permitir aos artesãos acesso a uma série de serviços oferecidos pelo Governo do Estado. É uma categoria que contribui todos os dias com o desenvolvimento do Amapá com sua arte”, comentou o secretário do Trabalho e Empreendedorismo, Luiz Carlos Araújo.

O governo também prepara a inauguração da Praça de Alimentação Sabores do Amapá, com a entrega das chaves dos boxes para os 30 empreendedores, assim como a entrega da obra de reforma da Casa do Artesão.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/1803/governo-realiza-semana-do-artesao-com-programacao-diversificada-para-categoria

Prefeitura de Macapá cancela programação cultural de aniversário da cidade

 

Acompanhando o cenário do aumento de casos gripais e de Covid-19, a Prefeitura de Macapá decidiu cancelar a programação de aniversário da cidade. A medida é necessária para preservar a saúde da população.

Dentre as atividades previstas estava a corrida, passeio ciclístico, show gospel e a Virada Cultural. Como tradição, a missa na Catedral de São José de Macapá foi mantida, mas o espaço seguirá as recomendações sanitárias, como distanciamento social e uso de máscaras.

A gestão municipal pretende realizar, em outro momento, as atividades esportivas e culturais. A proposta será discutida com base no cenário epidemiológico.

“Vamos acompanhar a situação e, então, vamos discutir uma nova data para realização, principalmente da Virada Cultural, que vai reunir artistas locais e seria um momento de lazer e diversão para a população. É importante que todos tenham segurança de participar do evento”, explica Olavo Almeida, diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura de Macapá (Fumcult).