Atingida por incêndio, Vitória do Jari (AP) vai receber apoio do Governo Federal

Ministro Waldez Góes colocou estrutura do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional à disposição do município. Defesa Civil Nacional vai dar apoio nos pedidos de reconhecimento de situação de emergência e de recursos para atendimento à população afetada e reconstrução de moradias destruídas

Brasília (DF) – Horas após um incêndio de grandes proporções destruir completamente oito residências e um estabelecimento comercial no município de Vitória de Jari, no Amapá, o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, entrou em contato com o prefeito da cidade, Ary Duarte, e com o governador do Amapá, Clécio Luís, para mostrar solidariedade e colocar a Defesa Civil Nacional à disposição para todo o trabalho de recuperação e atendimento à população.

“Toda a minha solidariedade às famílias afetadas pelo incêndio que atingiu oito residências e um estabelecimento comercial na noite de ontem em Vitória do Jari, no Amapá. Determinei que a Defesa Civil Nacional preste todo o suporte necessário às equipes da Prefeitura e do Governo do Estado”, afirmou Waldez Góes.

“Desde 1º de janeiro, o presidente Lula nos recomendou que agíssemos rapidamente em todos os municípios que passassem por qualquer tipo de desastre. E, com Vitória do Jari, não seria diferente. Estamos ajudando, por meio da Defesa Civil Nacional, no mais rápido reconhecimento de situação de emergência e nos planos de trabalho para repassarmos recursos para ajuda na assistência humanitária e na reconstrução das residências”, enfatizou o ministro.

O ministro Waldez Góes integra no momento comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está nesta quinta-feira (31) no Piauí para assinar o decreto do Plano Brasil Sem Fome, e na sexta-feira (1º), estará no Rio Grande do Norte, onde serão anunciados investimentos do Novo PAC no estado e feita uma vistoria às obras do Ramal do Apodi, infraestrutura hídrica acessória à Transposição do Rio São Francisco.

O prefeito de Vitória do Jari, Ary Duarte, se mostrou satisfeito com a agilidade do retorno dado pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional.

“Nós estamos passando por essa situação complicada, foram oito famílias que perderam casa, móveis, tudo que tinham, mas fico feliz porque o ministro Waldez Góes entrou em contato e estamos correndo com reuniões com a Defesa Civil Nacional para que a gente decrete situação de emergência estadual o quanto antes. Pois, a partir daí, poderemos solicitar situação de emergência no âmbito nacional”, declarou o prefeito.

“Agradeço o Governo Federal, por meio do ministro Waldez, pois a Defesa Civil Nacional está em contato com a nossa equipe, tirando dúvidas para a gente apresentar esses planos de trabalho com o intuito de, em primeiro lugar, recebermos recursos para ações humanitárias e, em seguida, para a reconstrução das residências que foram completamente destruídas pelo incêndio”, completou Duarte.

https://www.gov.br/mdr/pt-br/noticias/atingida-por-incendio-vitoria-do-jari-ap-vai-receber-apoio-do-governo-federal

Laranjal do Jari tem Situação de emergência decretada

O nível do rio Jari vem aumentando gradativamente, devido às fortes chuvas que caem na região. Na manhã desta terça feira (29), chegou à marca de 2,50m, afetando 1872 famílias, ou aproximadamente 11.344 pessoas, direta e indiretamente.

São 10 bairros afetados, sendo eles: Samaúma, Malvinas, Centro, Três irmãos, Santarém, Sagrado Coração, Nova Esperança, Mirilândia, Agreste e Prosperidade, além de duas comunidades e cinco escolas.

 

Na noite de segunda (28), foi decretada a Situação de Emergência (SE) no Município, e tanto o Estado quanto o Município estão em uma grande força-tarefa para atender a população afetada.

 

Nos próximos dias, serão enviadas aproximadamente 1900 cestas básicas para as famílias atingidas. Essas cestas estão sendo enviadas pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Mobilização Social e serão entregues às famílias atingidas, com apoio da Defesa Civil Estadual.