Fumcult abre inscrições para três editais de apoio à cultura de Macapá

A inscrição é gratuita e acontece de 8 a 18 de novembro. Certames são baseados na Lei Aldir Blanc de apoio à cultura.

A Fundação Municipal de Cultura (Fumcult) inicia nesta segunda-feira (8) as inscrições dos três editais baseados na Lei Aldir Blanc 14.017 de 2021, de apoio à cultura de Macapá. Os certames têm como finalidade fomentar a cadeia produtiva artística e cultural afetada pela pandemia de Covid-19. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 18 de novembro.

Editais
O edital no 003/2021 denominado “Novos talentos” é direcionado à seleção e premiação de 131 artistas iniciantes residentes e atuantes na cidade de Macapá. O valor da premiação por contemplado é de R$ 2 mil, com o investimento total de R$ 262 mil.

O edital no 004/2021 “Arte Presente” prevê a premiação a 187 artistas veteranos. Cada premiação terá o valor de R$ 4 mil em reconhecimento às atuações e contribuições do segmento. O total investido é de R$ 748 mil.

O edital no 005/2021 “Manutenção dos espaços culturais no município de Macapá” tem como objetivo a seleção e premiação de 40 pontos de cultura. Cada premiação será no valor de R$ 12 mil e o investimento total soma R$ 480 mil.

Inscrições e requisito
A inscrição é feita exclusivamente no sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais (SMIIC) de forma gratuita, a partir das 14h de segunda-feira e seguem até às 18h00do dia 18 de novembro.
O resultado final e as portarias de convocação estarão disponíveis SMIIC.   

Lei Aldir Blanc: Governo do Amapá lança edital para premiar produtores culturais

Recurso de R$ 2,1 milhões contemplará 385 artistas amapaenses. Certame é conduzido pela Secult.

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) publicou nesta quarta-feira, 20, o edital nº 02/2021 – Promotor Mauro Guilherme, com objetivo de premiar 385 propostas artísticas amapaenses, em formato virtual. O processo seletivo promoverá prêmios nos valores de 3.000 e 6.000, através da Lei Aldir Blanc.

As inscrições poderão ser feitas entre os dias 23 de outubro a 23 de novembro exclusivamente pelo e-mail [email protected]. A divulgação do resultado final está prevista para começo de dezembro deste ano.

Os profissionais poderão apresentar propostas de produções artísticas nas categorias: Multilinguagens, Cultura Popular/Folguedos juninos, Cultura Gospel, Música Autoral, e Multilinguagens/Novos talentos, a última sendo uma modalidade para artistas que estejam iniciando sua trajetória na área cultural e tenham entre 18 e 29 anos.

Segundo o Secretário de Estado da Cultura, Evandro Milhomen, o edital representa o levantamento dos recursos remanescentes do auxílio emergencial proposto pela Lei Aldir Blanc desde 2020.

“Estamos promovendo um edital que contempla a todos os segmentos artísticos, com o intuito de atender a necessidade dos fazedores de cultura e continuar movimentando economicamente o setor cultural, tendo em vista que a crise sanitária ainda afeta o público artista.”, ressaltou o gestor.

Para se inscrever, é preciso ter mais de 18 anos, ser residente no Estado do Amapá com comprovada atuação na atividade de sua inscrição, e estar cadastrado com perfil ativo e atualizado no Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais (SEIIC). Será aceita somente uma inscrição por CPF.

O edital é uma oportunidade para artistas individuais e coletivos que apresentem linguagens, expressões, práticas e manifestações através da música, teatro, dança, circo, audiovisual, artes visuais, cultura alimentar, artesanato, moda, cultura digital, culturas afrobrasileiras, culturas indígenas, patrimônio cultural material ou imaterial, entre outros.

CONFIRA O EDITAL NESTE LINK

MAIS INFORMAÇÕES CLIQUE AQUI 

Mauro Guilherme

Paralelamente à carreira profissional de promotor de justiça, Mauro contribuiu para o desenvolvimento da arte amapaense, atuando como músico e escritor. Foi membro ativo da Associação Amapaense de Escritores e da União Brasileira de Escritores. Publicou 27 obras, entre elas “Destino”, “Histórias de Desamor” e “As Histórias de João Pescador”, pelas quais foi premiado regional e nacionalmente.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/2010/lei-aldir-blanc-governo-do-amapa-lanca-edital-para-premiar-produtores-culturais

“Orgulho de Ser Amapá”: programação de aniversário de criação do Território Federal e do Mercado Central inicia nesta sexta-feira (10)

Nesta sexta-feira (10), a partir das 17h, o Mercado Central de Macapá recebe a abertura da programação da campanha “Orgulho de Ser Amapá”, que ocorre em alusão aos 78 anos de criação do Território Federal do Amapá e de 68 anos de inauguração do próprio mercado

 

 

 

 

De acordo com sua organização, a iniciativa busca resgatar o orgulho pelas coisas da terra, sua história, cultura, pessoas e monumentos e é realizada pelo mandato do senador Randolfe Rodrigues, Prefeitura de Macapá, Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) e Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap).

Foto: Lilian Monteiro

No primeiro dia de programação ocorre o lançamento do box de livros “Amapá: História, Imagens e Mitos”, impresso pelo Conselho Editorial do Senado Federal. O trabalho consiste numa caixa com 5 obras de autores amapaenses que abordam diferentes temas.

Os livros são os seguintes: Os Selos Postais da República do Cunani (Wolfgang Baldus); Amapá à francesa (Pauliany Barreiros Cardoso); Mitos e Lendas do Amapá (Joseli Dias); Um Cais que Abriga Histórias de Vida (Verônica Xavier); e Histórias de Oiapoque (Sonia Zaghetto).

Ocorre ainda na abertura do evento exposições de fotos históricas e atrações culturais locais, além da fala das autoridades presentes.

 

13 de Setembro

O segundo dia de atividades será na segunda-feira (13), data dos 78 anos de fundação do Território Federal. A programação inicia com Alvorada no Mercado Central, com a banda da Guarda Municipal, plantação do pé de Amapazeiro e de uma cápsula do tempo com os sonhos de crianças amapaenses. Haverá ainda o anúncio, pelas autoridades da segunda fase de revitalização do Mercado Central.

 

Em seguida, na Assembleia Legislativa do Amapá, acontecerá sessão solene, com a participação da Orquestra Florescer, Batuque Raízes do Cunani e a entrega das Medalhas Notável Edificador do Amapá a 14 personalidades amapaenses, além da presença de 24 amapaenses ilustres que serão homenageados ocupando as cadeiras do parlamento estadual.

 

Serviço

Programação Orgulho de Ser Amapá

Data de início: 10/09 (sexta-feira)

Horário: 17h

Local: Mercado Central de Macapá

Prefeitura Municipal de Macapá