Volta às Aulas: Governo oferta vacinação nas escolas estaduais de Macapá e Santana

A cada dois dias, a programação atenderá novas escolas, sempre das 9h às 17h. Confira o cronograma na matéria.

O Governo do Amapá iniciou a estratégia de oferta de vacinação em escolas estaduais de Macapá e Santana, na última segunda-feira, 21. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal contra covid-19 e outras doenças principalmente no público abaixo de 18 anos, devido ao retorno das aulas, mas a comunidade em geral também é atendida.

Estão disponíveis imunizantes contra covid-19, vacinas tríplice viral, para o público de 6 meses a 59 anos de idade; Meningo ACWY para crianças de 11 a 12 anos e vacina contra o HPV para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

A cada dois dias, a programação atenderá novas escolas, sempre das 9h às 17h. Confira o cronograma de unidades de ensino atendidas ao fim da matéria.

A ação conta com vacinadores da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS). Alunos, funcionários das escolas e a comunidade em geral podem receber os imunizantes, desde que apresentem documento com foto e cartão de vacina. A autônoma Valdenice Tavares é mãe do Gustavo, de seis anos, que já tomou a primeira dose.

“É muito bom termos a oportunidade de vacinar aqui. Meus filhos ainda não tinham tomado as vacinas contra a Covid-19 porque não tínhamos como levá-los até um ponto de vacinação. Agora, na escola, fica muito mais fácil”, conta.

As crianças que tomaram a vacina nas escolas precisaram apresentar um termo de autorização assinado pelos pais.

Até terça-feira, 22, as escolas que ofertam a imunização são: Maria Ivone de Menezes; São Benedito, São Lázaro; Maria Angélica Pereira Góes; e Jacinta Maria de Carvalho Gonçalves, em Macapá.

Já em Santana, a vacinação pode ser encontrada nas escolas Denise de Melo Vasconcelos; Padre Simão Corridori; Rodoval Borges; e São Bento.

Quem já aproveitou a ação, como a Kevelyn dos Santos Chagas, do sétimo ano da escola Maria de Ivone Menezes, no Perpétuo Socorro, conta que a vacinação é uma possibilidade de tudo voltar ao normal.

“Nem doeu! Se cada um fizer a sua parte, dá pra voltar às aulas com todo mundo protegido”, contou a adolescente de 13 anos.

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde do Amapá, Dorinaldo Malafaia, ampliar a proteção no retorno às aulas é uma das estratégias de combate à Covid-19 que precisa ser expandida e a ação nas escolas é um desafio que precisa ser encarado.

“Algumas escolas fizeram levantamento de crianças vacinadas contra a Covid-19 e os números mostram que muitos ainda sequer iniciaram o esquema. Isso nos mostra o desafio que temos pela frente nessa nova etapa da campanha nas escolas estaduais, por reforçamos aos pais que tragam seus filhos para vacinar, estimulem esse ato de proteção. Queremos superar essa pandemia e ter as crianças de volta com segurança no ambiente escolar”, reforçou o superintendente.

No Amapá, a estimativa de crianças de 5 a 11 anos a serem vacinadas é de 113.557 nos 16 municípios e 2.323 em terras indígenas (este público será responsabilidade do Distrito Sanitário Especial Indígena – Dsei – e envolve o Amapá e norte do Pará). Atualmente, o Estado já alcançou 15,6% do público alvo com a primeira dose de vacina.

Cronograma nas escolas:

Macapá

21 e 22 de março:

E.E. MARIA IVONE DE MENEZES

E.E. SÃO BENEDITO

E.E. SÃO LÁZARO

E.E. MARIA ANGÉLICA PEREIRA GÓES

E.E. JACINTA MARIA DE CARVALHO GONÇALVES

 

23 e 24 de março:

E.E. ALEXANDRE VAZ TAVARES

E.E. TIRANDENTES

E.E. CECÍLIA PINTO

E.E. MARLY MARIA DE SOUZA DA SILVA

E.E. GOVIVANHOÉ GONÇALVES MARTINS

 

25 e 28 de março:

E.E. SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS

E.E ANTÔNIO CASTRO MONTEIRO

E.E. DR. COARACY NUNES

E.E. PRINCESA IZABEL

E.E. MÁRIO DAVID ANDREAZZA

 

29 a 30 de março:

E.E. SERAFINI COSTAPERÁRIA

E.E. SÃO JOSÉ

E.E. ANTÔNIO JOÃO

E.E. LUCIMAR AMORAS DEL CASTILLO

E.E. ANTÔNIO MESSIAS

E.E. MARIA MERIAM DOS S. C. FERNANDES

 

31 de março a 1º de abril:

E.E. ARACARY CORREA ALVES

E.E. CEJA PROF. PAULO MELO

E.E. ANTÔNIO CORDEIRO PONTES

E.E. SANTUÁRIO DO PERPÉTUO SOCORRO

E.E. DOM JOSÉ MARITANO

E.E. JOSÉ BONIFÁCIO (Curiaú)

E.E. BRASIL NOVO

E.E. MARIA MÃE DE DEUS

E.E. SILVIO CAMILO

 

4 a 5 de abril:

E.E. PROFª MARIA DE NAZARÉ P. VASCONCELOS

E.E. RAIMUNDA DULCINÉIA MONTEIRO DA SILVA

E.E. NANCI NINA COSTA

E.E. EDU. POP. PAULO FREIRE

E.E. PROFª DARCY RIBEIRO

E.E. PROFª MARIA CAVALCANTE DE A. PICANÇO

E.E. NOSSA SENHORA DE NAZARÉ

E.E. ONEIDE PINTO LIMA

E.E. ROBERTO JOSÉ DE MORAES DE CASTRO

 

6 a 7 de abril:

E.E. DOM ARÍSTIDES PIRÓVANO

E.E. PROFª BENIGNA MOREIRA DE SOUZA

E.E. MARGARIDA ROCHA DA COSTA

E.E. ARACY MIRANDA DE MONT’ALVERNE

E.E. COELHO NETO

E.E. JOSEFA JUCILEIDE AMORAS COLARES

E.E. PROFª PREDICANDA AMORIM LOPES

E.E. SANTA MARIA

E.E. PROFª HELENISE WALMIRA D. SANTOS SANTOS

 

8 a 11 de abril:

E.E. LAGOA DOS ÍNDIOS

E.E. JOÃO PIAMATRA

E.E. MÃE ANGÉLICA

E.E. PROF. IRINEY DA GAMA PAES

E.E. PROFª NELITA ROCHA BRITO DIAS

E.E. DEUZUITE CAVALCANTE

 

Santana

21 a 22 de março:

E.E. DENISE DE MELO VASCONCELOS

PADRE SIMÃO CORRIDORI
RODOVAL BORGES
SÃO BENTO

23 e 24 de março:

E.E. MARIA CATARINA DANTAS

E.E. ANTÔNIO JANUÁRIO PEREIRA

E.E. WALDECY CÔRREA FERREIRA

 

25 e 28 de março:

E.E. FRANCISCO DE OLIVEIRA FILHO

E.E. ALMIRANTE BARROSO

E.E. FOZ DO MATAPI

E.E. OSVALDINA FERREIRA DA SILVA

 

29 a 30 de março:

E.E. EVERALDO DA SILVA VASCONCELOS JUNIOR

E.E. ESTIZANETE VICTOR

Vacinação: confira datas, locais e horários nos pontos do Governo do Estado

Pontos funcionam de quinta a sábado em atacadões e de segunda a sexta no Aeroporto Internacional de Macapá.

A Superintendência de Vigilância em Saúde do Amapá (SVS-AP) informa mudanças nos pontos de vacinação contra covid-19 ofertados, em Macapá, pelo Governo do Estado.

A nova programação segue até o dia 21 de março no Aeroporto Internacional de Macapá e em atacadões em diferentes pontos da capital.

Nos locais também há oferta da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. No Aeroporto Internacional, é ofertado também o imunizante contra a febre amarela. Confira datas e horários de funcionamento dos postos:

De segunda a sexta-feira:

– Aeroporto Internacional de Macapá, 9h às 17h;

De quinta-feira a sábado:

– Atacadão Carrefour da Zona Norte, 9h às 17h

– Atacadão Carrefour da Zona Sul, 9h às 17h

– Maracá, no Pacoval, de 9h às 17h

– Assaí, no Jardim Marco Zero, de 9h às 17h

Vacinação

O Governo do Amapá já distribuiu 1.329.717 doses de vacinas contra a covid-19 para os 16 municípios. Destas, foram aplicadas 1.005.985 doses.

No Amapá, a população vacinável é de 781.594 pessoas. Deste total, até a última atualização, 67,85% receberam a primeira dose da vacina e 61,48% foram imunizadas com a 2ª dose, dose única, dose de reforço e adicional.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/0403/vacinacao-confira-datas-locais-e-horarios-nos-pontos-do-governo-do-estado

Covid-19: Amapá receberá 6.900 doses de vacina Pfizer para crianças

A previsão do Ministério da Saúde é que o imunizante chegue na tarde desta sexta-feira, 14, em Macapá.

O Ministério da Saúde (MS) informou ao Governo do Amapá que destinará 6.900 doses de vacina Pfizer para crianças de 5 a 11 anos. A previsão é que os imunizantes desembarquem no aeroporto de Macapá na tarde de sexta-feira, 14.

Com a chegada das vacinas, o Governo do Estado prevê a distribuição, para todos os municípios, no próximo sábado, 15. A Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) fará o armazenamento, separação e distribuição para as prefeituras. Todos os critérios de vacinação seguirão o que foi estabelecido em Nota Técnica do Ministério.

“Estamos aguardando a chegada da vacina das crianças para realizar a distribuição de forma imediata para todos os municípios. Já estamos orientando todas as prefeituras dos critérios estabelecidos pelo Ministério de Saúde e a ordem de vacinação seguirá um cronograma de prioridade por faixa etária decrescente e comorbidades”, afirmou o superintendente de SVS, Dorinaldo Malafaia.

Recomendações

A vacinação deste público segue os critérios estipulados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como o treinamento das equipes que trabalharam com a imunização de crianças, esta etapa já concluída pelo MS e Governo do Estado. A vacinação deverá ser feita em ambiente específico.

Há, ainda, a recomendação de que o imunizante contra a Covid-19 nas crianças não seja administrada de forma concomitante a outras vacinas do calendário infantil, por precaução, sendo recomendado um intervalo de 15 dias entre outras vacinas. A Anvisa também não recomenda a modalidade drive-thru.

De acordo com o órgão, devem ser informados aos responsáveis os possíveis eventos adversos, como dor, inchaço, vermelhidão no local da injeção, febre, fadiga, dor de cabeça, calafrios, mialgia, artralgia, ou outras reações após a vacinação.

Os pais ou responsáveis devem ser orientados a procurar o médico se a criança apresentar dores repentinas no peito, falta de ar ou palpitações após a aplicação da vacina.

Dose pediátrica

O frasco da vacina será diferenciado, de cor laranja, dose de 0,2ml, contendo 10 mcg da vacina contra a COVID-19, Comirnaty (Pfizer/Wyeth). Será utilizada uma seringa de 1ml. A Anvisa ainda recomenda que as crianças que completarem 12 anos entre a primeira e segunda dose devem continuar com a dose pediátrica da Pfizer.

A ordem de vacinação estabelecida pelo Ministério de Saúde será:

1 – Crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou com comorbidades;

2 – Crianças indígenas e quilombolas.

3 – Crianças que vivem em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de covid-19,

4 – Crianças sem comorbidades, na seguinte ordem sugerida:

4.1 – crianças entre 10 e 11anos;

4.2 – crianças entre 8 e 9 anos;

4.3 – crianças entre 6 e 7 anos,

4.4 – crianças com 5 anos.

Casos de covid-19 aumentam 52% no Amapá e programações de Réveillon são canceladas

Novo decreto do Governo do Estado também traz medidas como redução da taxa de ocupação de público para 50% em eventos corporativos, sociais, técnicos e científicos.

O Governo do Amapá e as prefeituras do Estado definiram, nesta segunda-feira, 6, o cancelamento dos festejos de Réveillon 2022 promovidos pelo Estado e municípios. A decisão foi tomada com base no Relatório Epidemiológico do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp), que aponta um aumento de 52% nos casos de covid-19 nas duas últimas semanas.

Além das medidas pactuadas, o governo, em conjunto com as prefeituras, realizará uma grande ofensiva de vacinação contra a covid-19. O planejamento prevê campanhas de imunização volante em áreas de grande circulação, como shoppings; vacinação de casa em casa; vacinação noturna e aos finais de semana; exigência de esquema vacinal para grandes eventos; além de imunização em áreas quilombolas, ribeirinhas e indígenas.

No Amapá, a população vacinável é de 569.316 pessoas. Deste total, até o momento, 88,70% receberam a primeira dose da vacina; e 60,18% foram imunizadas com a 2ª dose, 3ª dose e dose única.

Novo Decreto
O Decreto Nº 4559 também estabelece a redução de 80% para 50% da taxa de ocupação de público nos eventos corporativos, sociais, técnicos e científicos no período de 7 a 20 de dezembro. Também ficou definido que o acesso de pessoas a boates e shows está condicionado à apresentação da Carteira Nacional de Vacinação, disponível no aplicativo Conecta SUS, que ateste a imunização com as duas doses da vacina.

LEIA O NOVO DECRETO AQUI

VEJA OS ANEXOS AQUI

CONHEÇA O PARECER EPIDEMIOLÓGICO AQUI

O grupo também avaliou que os próximos índices epidemiológicos vão definir a realização dos festejos do Carnaval, previstos para fevereiro de 2022 – em caso de agravamento da pandemia, eles podem ser adiados.

Aumento de casos

De acordo com o relatório do Coesp, foram diagnosticados 380 novos casos de covid-19 no Amapá nas duas últimas semanas – um aumento de 52%.

Nos últimos 21 dias, de 504 amostras analisadas, 136 foram positivas para covid-19 – o que representa 26,98% de taxa de positividade.

No mesmo período, houve crescimento de 50,56% nos atendimentos em Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). A ocupação de leitos com pacientes acometidos pela covid-19 é de 11,48%, nos leitos intensivos, e de 15,79% nos leitos clínicos da rede pública estadual. A taxa de letalidade mantém-se em 1,6 – enquanto a nacional é de 2,78.

Diante deste cenário, por uma questão de prudência, é importante evitar as grandes aglomerações que ocorrem em situações como festividades do fim do ano.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/0612/casos-de-covid-19-aumentam-52-no-amapa-e-programacoes-de-reveillon-sao-canceladas

Aplicação da terceira dose da vacina contra Covid-19 atende idosos de 85+ nesta quinta-feira (16); confira os demais grupos

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) inicia nesta quinta-feira (16) a aplicação da terceira dose da vacina, chamada dose de reforço, contra a Covid-19 em Macapá. Os primeiros grupos atendidos serão os idosos acima de 85 anos, transplantados e imunodeprimidos. As ações também são destinadas aos aptos para a segunda dose.

Dose de reforço
Nesta quinta-feira serão atendidos com a chamada dose de reforço os idosos com idade a partir de 85 anos, transplantados e imunodeprimidos. A vacina está disponível das 8h às 13h nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Álvaro Corrêa, Novo Horizonte, Pacoval, São Pedro, Marabaixo, Raimundo Hozanan, Rosa Moita, Fazendinha, Pedrinhas, Brasil Novo e Leozildo Fontoura. O Centro de Especialidades Dr. Papaléo Paes também realizará atendimento deste grupo.

Orientação do MS
De acordo com nota técnica do Ministério de Saúde, a medida se dá em função da redução progressiva da proteção nos idosos, especialmente aqueles que se encontram na faixa etária acima dos 80 anos que, segundo o documento, ficam mais propensos ao desenvolvimento de formas graves da Covid, o que pode estar ligado ao longo tempo da resposta imune depois da aplicação da segunda dose.

A aplicação desta dose nos demais grupos previstos na nota técnica será feita mediante orientação posterior do MS.

2ª dose de Astrazeneca
Pessoas com data para recebimento da segunda dose marcada até o dia 27 de setembro podem procurar os locais de vacinação de 9h às 15h. O imunizante está disponível nos pontos de drive-thru da Floriano Peixoto, Zerão, Curiaú e Marabaixo. Este grupo também será atendido na quadra da Igreja Jesus de Nazaré.

2ª dose de CoronaVac
Podem receber a segunda dose da CoronaVac as pessoas que estão com o prazo de recebimento marcado para esta quinta-feira. O imunizante está disponível de 9h às 15h nos pontos de drive-thru da Floriano Peixoto, Zerão, Curiaú e Marabaixo. Este grupo também será atendido na quadra da Igreja Jesus de Nazaré.

2ª dose de Pfizer
Pessoas que estão com data de recebimento da segunda dose de Pfizer marcada até o dia 27 de setembro podem receber o imunizante. A ação acontece das 9h às 15h, no Instituto Federal do Amapá, Universidade Estadual do Amapá, Universidade Federal do Amapá, Unidade Covid Santa Inês e Amapá Garden Shopping.

Documentação
Todos os públicos, seja de 1ª ou 2ª dose, deverão apresentar os originais e cópias de um documento oficial com foto, comprovante de residência e carteira de vacinação.

Para aqueles que receberão a dose de reforço, será necessário mostrar a carteira de vacinação com a indicação das primeiras doses tomadas.

Governo realiza campanha de vacinação contra covid-19 em 15 cidades do Amapá

 

O Governo do Amapá e as prefeituras realizam uma campanha de vacinação contra a covid-19 em 15 municípios no sábado, 21, para imunizar cada vez mais amapaenses. Cada ponto de vacinação terá cronograma de atendimento e público-alvo definidos pela organização do mutirão.

Dois dos cinco de pontos de vacinação coordenados pelo Estado serão exclusivos para atender adolescentes de 17 anos.

A Unidade de Imunobiológicos da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) estima que mais de 10 mil doses das vacinas estarão disponíveis para as 15 cidades neste dia.

Equipes de profissionais do Governo do Amapá vão aplicar as vacinas das 9h às 21h em cinco pontos de imunização. Na Universidade Federal do Amapá (Unifap) e na Universidade do Estado do Amapá (Ueap), na capital, serão atendidas, exclusivamente, pessoas de 17 anos sem comorbidades – iniciando a imunização deste público.

No Instituto Federal de Educação do Amapá (Ifap) e no Amapá Garden Shopping, na capital;e no Sindicato dos Servidores Municipais, em Santana, a vacinação é voltada para o público a partir de 18 anos.

Na capital, haverá outros 15 pontos de vacinação organizados pela prefeitura para atender pessoas a partir de 18 anos. Outros pontos de imunização serão espalhados pelos municípios. Os horários e locais serão divulgados em breve pelas prefeituras. Apenas Calçoene não terá ação.

Os imunizantes ofertados serão: AstraZeneca, Pfizer, Coronavac e Janssen. Adolescentes receberão somente Pfizer, por ser a única vacina autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para este público.

“O Governo do Estado procura oferecer o máximo de apoio aos municípios. Neste mutirão, o objetivo é auxiliar e dar celeridade na imunização das pessoas. É uma ação coordenada em praticamente todo estado”, disse o superintendente da SVS no Amapá, Dorinaldo Malafaia.
Para a ação, a SVS disponibiliza 22 equipes com técnicos, enfermeiros e digitadores.

Vacinação
O Governo do Amapá já distribuiu 644.559 doses de vacinas contra a covid-19 para os 16 municípios. Destas, foram aplicadas 477.238 doses.

No Amapá, a população vacinável é de 569.316 pessoas. Deste total, até o momento, 63,83% receberam a primeira dose da vacina; e 20% foram imunizadas com a segunda dose ou dose única.