Exposição Fotográfica de Letícia Lisboa marca Dia Internacional da Síndrome de Down no TJAP

A fotografia nos permite enxergar a realidade pelo olhar do outro. Esta concepção, que já é tão fascinante, fica ainda mais mágica quando se mistura com o sentimento de inclusão.
Tomado por este sentimento, o Tribunal de Justiça do Amapá celebra o dia 21 de março, data que marca a conscientização global e celebração da vida de pessoas com Síndrome de Down ou Trissomia do Cromossomo 21, com a exposição fotográfica de Letícia Lisboa: a primeira fotógrafa com síndrome de down contratada pelo Poder Judiciário do Amapá.  Para acompanhar a exposição basta acessar o link https://oficialtjap.wixsite.com/leticialisboa.

Desde outubro de 2022, a jovem Letícia Lisboa, de 25 anos, passou a integrar a equipe da Secretaria de Comunicação do TJAP. A partir de então, ela começou a receber treinamentos na área de fotografias. Foi com sua câmera em mãos, que Letícia passou a registrar importantes momentos do Judiciário com seu olhar único.

Conheça a fotógrafa

Nascida em 04 de setembro de 1997 na cidade do Rio de Janeiro, Letícia Cristina de Souza Lisboa é filha do casal Celso Lisboa Rodrigues, que é carioca, e Adélia Oliveira de Souza Lisboa, macapaense.

Letícia integra a Secretaria de Comunicação do Tribunal de Justiça do Amapá, onde exerce a função de fotógrafa, sendo assim a primeira fotógrafa com síndrome de down do TJAP e de Macapá.

Sua contratação foi realizada durante a gestão do desembargador Rommel Araújo, enquanto presidente do TJAP, que na época realizou uma grande ação de inclusão, resultando na contratação de 13 profissionais com necessidades especiais, por meio da Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial (CETEFE).