Pacientes que passaram por mastectomia recebem próteses externas no Creap

 

Autoestima também é questão de saúde, e por esse motivo o Centro de Reabilitação do Amapá (Creap), fornece próteses mamárias externas para mulheres que passaram pela cirurgia de mastectomia, que é a retirada parcial ou total da mama de pacientes oncológicas.

Prótese é de silicone e de fácil adaptação com uma estrutura macia que imita a mama.

A paciente que fez a mastectomia e que ainda não passou pela reconstrução da mama pode requerer ao médico o documento de solicitação da prótese para ser apresentado ao Creap. Para marcar a avaliação em que será escolhido o tamanho ideal da prótese, até que ela veja que está esteticamente agradável ou simétrico para ela.

Ela pode entrar em contato através do número (96) 99147-1939 por ligação ou WhatsApp. Também é possível marcar a avaliação indo diretamente ao Creap que fica localizado na Rua Tiradentes, nº 1597, de segunda a sexta das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Além do encaminhamento médico requisitando a prótese, é preciso ter em mãos o documento de identificação, carteira do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência. Em média são entregues 5 próteses por mês para pacientes que passaram pela mastectomia.

A fisioterapeuta Bárbara Orellana, explicou que a prótese é de silicone e de fácil adaptação com uma estrutura macia que imita perfeitamente a mama.

“A prótese devolve a estética e trará uma melhora psicológica, já que para algumas mulheres a mama está ligada a feminilidade, a partir do momento em que ela é removida, as pacientes podem sentir que perderam também a feminilidade, psicologicamente isso pode ser muito forte”, disse.

O Creap também realiza o atendimento de Fisioterapia Geral Feminina, que trabalha entre as especialidades, realiza a fisioterapia pós mastectomia em casos de perdas de gânglios, ou comprometimento motor, de músculos e articulações na região da mama e axila ocasionados pela cirurgia de mastectomia.

A prótese

A prótese mamária externa não tem contraindicações é durável, não muda sua consistência, nem endurece. Anatômica e confortável, pode ser adaptada em qualquer sutiã normal.

Possui peso, mobilidade e consistência semelhantes às de uma mama, tornando-a uma réplica de um seio natural. Deve ser trocada a cada seis meses devido ao desgaste natural causados pelo calor e suor.

As pacientes são orientadas sobre os cuidados com a limpeza e armazenamento. Ela só pode ser lavada com água e sabão neutro, não deve ser exposta ao sol e deve secar na sombra e ser mantida em temperatura ambiente. Outro cuidado importante é não usar a prótese durante banhos de piscina, já que o cloro pode danificar o material.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.