Governo do Amapá lança edital de contratação de profissionais de nível médio, técnico e superior para a Maternidade Bem Nascer

 

O Governo do Amapá e o Instituto Ovídio Machado (IOM), organização social de saúde que será responsável por gerenciar a Maternidade Bem Nascer, que fica na zona norte de Macapá, lançaram edital para contratação dos profissionais que irão compor o quadro de colaboradores da unidade.

Inscrições poderão ser feitas entre os dias 28 de fevereiro e 7 de março. Os salários variam entre R$ 1.250,00 a R$ 3.845,25.

O edital está disponível no site da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e no site oficial do IOM.A seleção será através de avaliação de currículos cadastrados no endereço eletrônico institutoovidiomachado.org/processoseletivoiom a partir de 00h de 28 de fevereiro até às 23h59min do dia 7 de março.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 30 para os cargos de nível médio, R$ 45 para os cargos de nível técnico e de R$ 68 para os cargos de nível superior, a data final para o pagamento da taxa de inscrição é o dia 8 de maio.

Os documentos comprobatórios dos Títulos e Experiência Profissional dos candidatos e que serão pontuados na etapa de análise curricular deverão ser anexados no momento da inscrição.

O processo seletivo prevê a contratação de nível médio para os cargos de agente administrativo, auxiliar de almoxarifado, agente de portaria, atendente de consultório, auxiliar de farmácia, bombeiro hidráulico, carregador, eletricista, maqueiro, motorista, recepcionista.

Para nível técnico as vagas são para técnico de enfermagem, laboratório, nutrição, processamento de dados e segurança do trabalho e para nível superior de enfermagem, assistente social, enfermeiro neonatologista, enfermeiro obstetra, farmacêutico, bioquímico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista e psicólogo. Os salários variam entre R$ 1.250,00 a R$ 3.845,25.

Segundo o edital, o resultado da avaliação curricular será divulgado no dia 28 de março no site do IOM e os candidatos classificados serão convocados para a fase de treinamento que deverá definir os profissionais contratados.

As contratações serão feitas em regime de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com vínculo trabalhista firmado entre o contratado e o Instituto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.