Campanha contra assédio sexual e importunação em transporte público é realizada em Macapá

 

Começou nesta quarta-feira dia 15, a campanha contra o assédio sexual e importunação dentro do transporte coletivo. A campanha é realizada pela Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá CTMAC, em parceria com a delegacia de Mulheres e tem como tema “O transporte é coletivo, o corpo da mulher não”.

O presidente da CTMAC Paulo Barros reforça que a meta é garantir que os usuário sejam respeitados dentro e fora dos coletivos.

“Na realidade a gente está tentando atingir a sociedade de um modo geral, mas principalmente do transporte coletivo. É uma campanha que estamos em parceria com a delegacia de mulheres, prefeitura e CTMAC fazendo campanha a contra o assédio sexual e importunação dentro do transporte coletivo”, alertou.

A Titular da delegacia de crimes contra a mulher,  delegada Sandra Dantas, diz que é importante que todos conheçam a lei, e alerta que, quem pratica esses atos pode levar a cadeia.

“É importante que elas saibam que isso é um crime, que o homem que tá se esfregando nela dentro do ônibus, que o homem que fala palavras obscenas, gestos obscenos, é crime e que ela precisa denunciar na delegacia, e se chegarmos a autoria ele será punido e encaminhado ao judiciário e dependendo da situação o juiz deve decretar a prisão preventiva”, explicou.

O diretor confirmou que a campanha educativa acontecerá por um período de dez dias nos ônibus e será fortalecida periodicamente ao longo do ano e que, motoristas e cobradores serão orientados a chamarem a polícia ou conduzir o ônibus até à delegacia, caso sejam comunicados de qualquer tipo de abuso, para que a vítima faça o boletim de ocorrência e receba o amparo das autoridades policiais.

As denúncias também podem ser feitas pelos telefones: 180, 190 e 98100-0799 da CTMAC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *