Prefeitura de Macapá cria núcleo voltado ao combate da discriminação racial

 

Como forma de combater os casos de discriminação racial na capital, a Prefeitura de Macapá criou um núcleo voltado ao combate e suporte às vítimas desta prática. A iniciativa será executada pelo Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir).


O núcleo terá duas unidades, uma no Improir, para acolher vítimas de discriminação, injúria racial e racismo. No local também será feita a coleta de depoimentos das vítimas, que serão encaminhadas para os órgãos competentes e para acompanhamento psicológico. O outro polo será instalado na Clínica de Direitos Humanos da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

“O núcleo vem para cumprir um dos objetivos da Prefeitura de Macapá, que é o combater o racismo estrutural. Com isso vamos diminuir as desigualdades sociorraciais que ainda colocam a população negra macapaense em lugar de desvantagem em diversas instâncias”, ressalta a diretora-presidente do Improir, Maria Carolina Monteiro.

21 de Março

21 de março é o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. Instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1966, a data é uma referência ao Massacre de Sharpeville, ocorrido seis anos antes na África do Sul. Passadas exatas seis décadas do episódio, apesar dos avanços conquistados ao longo de todo este tempo, o marco segue sendo motivo muito mais para reflexão e luta do que qualquer comemoração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.