Clécio afirma que Santana tem potencial para se tornar o grande motor da economia do Amapá

O ex-prefeito de Macapá, que passou os últimos três meses morando em Santana, iniciou uma caminhada pelos municípios para desenhar seu plano de governo. Ele é nome certo para disputar o Palácio do Setentrião em 2022.

Clécio Luis, realizou uma live no final da tarde desta quarta-feira (01) para se despedir do município de Santana, onde ele passou os últimos três meses fazendo um diagnóstico dos problemas, peculiaridades e potenciais reais do segundo maior município do Amapá.

A decisão de morar em Santana faz parte de um projeto pensado por Clécio Luis para construção de um programa de governo. Após comandar a capital do estado por dois mandatos (8 anos), Clécio disse que para lançar uma candidatura ao Palácio do Setentrião, sede do governo estadual, em 2022, precisa conhecer a fundo os 16 municípios.

“Passei os últimos oito anos me dedicando a um único município, Macapá. Não é segredo para ninguém que hoje pensamos uma candidatura ao governo do Amapá. Mas, isso não pode ser feito sem um conhecimento profundo do que cada município precisa. Então, o primeiro passo foi, literalmente, decidir morar nos municípios por um período. Somente dessa forma é que podemos conhecer o dia a dia das pessoas para traçar um plano de governo universal, mas que ao mesmo tempo contemple e respeite de forma individual as diferenças de cada município”, afirmou o ex-gestor da capital.

 

Ele lembrou ainda que a decisão de iniciar essa jornada pelo município de Santana não foi aleatória. “Santana é estratégica para o Amapá, começando pela área portuária. Temos o minério descarregado, aqui; temos o setor pesqueiro e tantas outras potencialidades que podem fazer de Santana o grande motor da economia do estado. Mas, é preciso um projeto pensado e construído a muitas mãos. E é exatamente isso que estamos fazendo. Conhecendo os problemas da comunidade, discutindo e buscando as soluções. E assim será em cada pedaço de chão desse estado em que formos”, afirmou.

 

Depois de três meses em Santana Clécio Luis agora segue para o Vale do Jari. “Estamos indo nos próximos dias para aquela região tão bela e rica do nosso Amapá. Assim como em Santana, vamos conhecer o que as comunidades fazem no seu dia a dia, seus problemas, e discutir juntos os caminhos que podemos percorrer para apontar soluções e resolver as mazelas, prosperando e construindo um futuro melhor”, concluiu.

 

Fonte: Diário do Amapá 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.