Em menos de 100 dias de gestão, Governo do Estado entrega segunda UTI, desta vez do Hospital da Criança e do Adolescente

Governo entregou 8 novos leitos da UTI Pediátrica do HCA


Um esforço conjunto dos profissionais e da gestão, o governador, Clécio Luís, entregou nesta segunda-feira, 3, mais uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) à população. Depois do Hospital de Emergências (HE), foi a vez da UTI Pediátrica do Hospital da Criança e do Adolescente (HCA), que recebeu 8 novos leitos e agora conta com 20, quase o dobro da anterior.

“A gente vê a preocupação da gestão em prestar uma assistência melhor à saúde, e para nossas crianças. Antes tínhamos um retaguarda de leito de UTI inferior a nossa demanda, deixando pacientes esperando no pronto atendimento infantil”, comentou a enfermeira Ana Cláudia, servidora do HCA desde 1999.

O governador Clécio Luís, que instituiu a saúde como prioridade, disse que são os pequenos avanços que fazem com que a saúde melhore diariamente. E comemorou mais essa conquista em menos de 100 dias de governo.

“São entregas assim que nos permitem dar um passo adiante, é claro que só estrutura não resolve, precisamos da estrutura e, principalmente, dos profissionais que tem mostrado todo o comprometimento em melhorar nossos atendimentos. Essa entrega representa um salto importante de qualidade, de cuidado, e de resolutividade no atendimento das crianças que precisam de uma UTI. Estamos muito felizes e honrados por mais essa entrega em 93 dias de gestão”, enfatizou o governador.

A unidade é a única no estado a atender o público infantojuvenil com terapia intensiva, mesmo aqueles pacientes com plano de saúde. A ampliação da estrutura física além de aumentar a capacidade de admissão de pacientes, também proporciona mais qualidade para o acompanhamento e tratamento, como explicou Ramon Santos, responsável técnico da fisioterapia da UTI Pediátrica.

“Agora vamos reduzir a espera de pacientes que ficam aguardando por ventilação mecânica. A ampliação dá uma melhor captação e assistência para esses pacientes que passam a ser monitorados por uma equipe especializada em intensivismo e com estrutura adequada para eles”, ressaltou.

A UTI Pediátrica, além dos leitos, conta com posto de enfermagem, equipamento para hemodiálise, aparelho de raio x, sala de utilidades, sala de expurgo e espaço para repouso multiprofissional. A ampliação da unidade contou com recurso dos deputados Jack JK e Paulinho Ramos, que destinaram emenda parlamentar no exercício de 2022.

Melhorias
Apesar das dificuldades que a saúde enfrenta, em menos de 100 dias, esta é a segunda entrega de leitos para tratamento intensivo que o governo faz. O Hospital de Emergência (HE) aumentou em 150% a capacidade da nova UTI na última semana, e segue tendo a estrutura revitalizada.

A secretária de estado da Saúde, Silvana Vedovelli, disse que o esforço de melhorar a rede hospitalar é continuo e que contemplará todos os hospitais do estado.

“Estamos divididos em várias frentes de trabalho para promover melhorias em toda rede. Semana passada entregamos a UTI do HE, hoje do HCA e em breve novos leitos no HCAL, e assim vamos melhorando nossos atendimentos”, pontuou Vedovelli.

Saiba como funciona o HCA
O fluxo de atendimento à criança em situação de urgência e emergência na rede estadual se inicia no Pronto Atendimento Infantil (PAI), onde o paciente é avaliado e, dependendo da condição de saúde ou do procedimento indicado pelo médico, ficará em observação por até 24 horas.

Casos mais graves e que precisam de internação são encaminhados ao HCA, onde permanecem até a alta médica. No local são atendidas em média 2,5 mil crianças e adolescentes por mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *