Embrapa participa do projeto de polos produtivos industriais no Amapá

 

A Embrapa participa de uma iniciativa da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural do Amapá (SDR) para implantar polos de produção de cacau, café, pimenta do reino e fruticultura no centro-oeste do Amapá, região que abrange os municípios de Ferreira Gomes, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande e Serra do Navio.

As bases do programa estadual de produção serão definidas durante um Fórum nos dias 12 e 13 de agosto.

As bases para o modelo de funcionamento serão definidas durante o 1º Fórum de Inovação para o desenvolvimento rural do Estado do Amapá, nos dias 12 e 13 de agosto, reunindo autoridades, gestores e técnicos de várias instituições do setor agropecuário, e produtores de base familiar dos municípios envolvidos. Na quinta-feira, 12, a programação acontecerá pela manhã, no auditório Silas Mochiutti, da Embrapa Amapá; e na sexta-feira, 13, em localidades rurais de Porto Grande.

O chefe-geral da Embrapa Amapá, Antonio Claudio Almeida de Carvalho explica que a intenção é implantar polos produtivos estruturados em um modelo de produção inclusiva, no formato em que os agricultores de base familiar consigam participar, e ao mesmo tempo possibilita consolidar a produção em escala comercial. “O cacau, o café e a pimenta do reino são consideradas culturas agrícolas industriais. Ou seja, são produtos commodities, e para estruturar polos produtivos de culturas agrícolas industriais é preciso uma especialidade técnica, por isso a Embrapa Amapá está trazendo para este Fórum pesquisadores que são referências e têm experiência nesta abordagem”, ressaltou Antonio Claudio.

 

De acordo com os organizadores, o objetivo do Fórum é promover o debate ampliado entre pesquisa, extensão e produtor, para subsidiar a formulação de políticas públicas de desenvolvimento do agronegócio de base familiar no estado do Amapá.

 

Programação

A programação será composta de painéis de apresentações. Na quinta-feira, 12/8, o primeiro painel, a partir das 9h15 será apresentado pelo pesquisador da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Fernando Antônio Teixeira Mendes, sobre “Cacauicultura no estado do Amapá: Potencialidades e limites”. Em seguida será a vez do pesquisador da Embrapa Rondônia, João Maria Diocleciano, que vai apresentar o painel sobre “Cafeicultura no estado do Amapá: Potencialidades e limites”. O último painel será apresentado pelo analista de transferência de tecnologias da Embrapa Amapá, Jackson Araújo dos Santos, sobre o tema “Fruticultura na região Centro-Oeste do estado do Amapá”. 

 

Na manhã da sexta-feira, 13/8, será realizada uma visita técnica a duas propriedades rurais localizadas na linha C da Colônia Agrícola do Matapi, município de Porto Grande (AP), tendo como anfitriões Sérgio Irineu Claudino (Retiro Matagal); e Francinete (Sítio Meu Xodó). Esta programação será iniciada com o encontro entre os realizadores e participantes do evento, na sede da Cooperativa dos Agricultores Rurais do Matapi (COAMP2).

O 1º Fórum de Inovação para o desenvolvimento rural do Estado do Amapá é realizado pela SDR e Embrapa Amapá, com apoio do Instituto Estadual de Desenvolvimento Rural (Rurap), Senar Amapá, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap) e Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa). 

Dulcivânia Freitas, Jornalista DRT/PB 1063-96
Núcleo de Comunicação Organizacional

Embrapa Amapá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.