Coldplay tenta falar com governadores brasileiros sobre mudanças climáticas

Fonte: UOL


Uma postagem inusitada chamou a atenção dos fãs brasileiros do Coldplay hoje: o perfil oficial da banda citou no Twitter os governadores Waldez Góes (PDT, Amapá), Helder Barbalho (MDB, Pará), Mauro Mendes (Democratas, Mato Grosso), coronel Marcos Rocha (sem partido, Rondônia), João Azevêdo (Cidadania, Paraíba) e Wellington Dias (PT, Piauí).

Na publicação, a banda afirma: “Olá, os estados que vocês representam têm uma ótima oportunidade para fazer história no combate às mudanças climáticas. Vocês vão se juntar a nós no Global Citizen Live com compromissos de conservação e adaptação?”.

O Coldplay marcou também Jesús Galdino Cedeño, governador do Amazonas colombiano — o governador do Amazonas brasileiro, Wilson Miranda Lima (PSC), ficou de fora. Será que foi uma confusão da banda?

Depois, também marcaram Wilson Lima, que respondeu em inglês: “Olá, Coldplay. Estamos trabalhando para reduzir o desmatamento ilegal em 15% até o fim de 2022, em comparação com 2019. Fico feliz com o convite e estou aberto a discutir alternativas para proteger nossas florestas e as pessoas que vivem nelas”.

O Global Citizen Live é um festival que pretende combater a pobreza, defender o planeta e exigir igualdade social. No dia 25 de setembro, a organização vai transmitir shows de artistas como Coldplay, Lorde, Billie Eilish, Green Day, Demi Lovato e The Weeknd. Também acontecerão eventos presenciais em Lagos (Nigéria), Nova York (EUA) e Paris (França).

Helder Barbalho, do Pará, compartilhou a postagem e respondeu, também em inglês: “Oi, Coldplay! Eu e minha família estaremos assistindo no dia 25 de setembro. Obrigado pelo compromisso com nossas florestas, biodiversidade e povo. O Plano Amazônia Agora, do estado do Pará pela conservação ambiental e desenvolvimento local, é o nosso compromisso para mover o mundo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.