MP-AP 30 anos: Ministério Público do Amapá homenageia autoridades e empresários pelo apoio nas três décadas de atuação em defesa da sociedade

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) homenageou, nesta sexta-feira (5), na Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, autoridades, empresários e representantes do setor econômico que contribuíram com a instituição nestas três décadas de atuação em prol da sociedade amapaense. O evento faz parte da comemoração dos 30 anos de implantação do MP-AP e foi transmitido pela plataforma Youtube.

Na abertura da solenidade, compuseram o dispositivo de honra a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei; o vice-governador do Amapá, Jaime Nunes; a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Clara Banha; o corregedor-geral do MP-AP, procurador de Justiça Jair Quintas; e as procuradoras de Justiça Socorro Milhomem Moro, Judith Teles e Estela Sá. Também presente o chefe de gabinete da Procuradoria-geral de Justiça e secretário-geral do Ministério Público do Amapá, promotor de Justiça Alexandre Medeiros.

Medalha de Honra

Foram entregues aos homenageados a Medalha de Honra – que tem como símbolo a árvore Sumaúma, que denota força, imponência, comunicação, longevidade e a região amazônica.  A honraria é um reconhecimento aos que contribuíram e que contribuem com as conquistas que o órgão vem obtendo nesses 30 anos de trabalho.

Receberam a medalha de 30 anos do MP-AP, das mãos da PGJ Ivana Cei, os seguintes homenageados:.

O vice-governador do Estado do Amapá, Jaime Nunes; o procurador Eleitoral do Amapá,  Pablo de Beltrand e a coordenadora da Procuradoria do Trabalho no Município de Macapá, Camilla Diniz,  representada pela vice-coordenadora da Procuradoria do Trabalho, Paula Ravena;

A subprocuradora-geral do MP-AP, Clara Banha, fez a entrega aos seguintes agraciados com a medalha:

Procurador-geral do Estado, Narson Galeno, representado pelo procurador-chefe, Diego Bonilla; defensor-geral do Estado, Diogo Grunho; comandante da Capitania dos Portos do Amapá, capitão de Fragata Kaysel Ribeiro; e comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva – Brigada Foz do Amazonas – general de Brigada João Gobert Damasceno.

Receberam a comenda das mãos do corregedor-geral do MP-AP, Jair Quintas:

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio/AP), Eliezir Viterbino;  o presidente da Associação Comercial e Industrial do Amapá (Acia),  Mateus da Silva,  representado pelo senhor Waldeir Ribeiro; o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Amapá, Iraçu Colares; o diretor regional  do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), José Iguarassu, representado pelo presidente da Fecomércio, e o presidente da Associação Amapaense de Supermercados  (Amaps), Itamar da Costa.

Receberam a medalha de 30 anos do MP-AP, das mãos das procuradoras de Justiça Judith Teles e Estela Sá:

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amapá (Sinduscon/AP), Glauco Cei; a diretora do Lar Betânia, irmã Daiane Leonel, e o diretor-presidente do Hospital São Camilo, Alcedir Rigelli.

Homenageados ausentes que receberão a honraria

Com suas ausências justificadas, receberão a honraria posteriormente:  procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF/AP), Alexandre Guimarães; juiz Federal da 5ª Vara Cível da Justiça Federal no Amapá, Leonardo Hernandez Soares; o juiz do Trabalho da 2ª Vara Federal do Trabalho, Jônatas Andrade;  o comandante do 34º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), tenente-coronel de Infantaria, Fábio Linhares; a superintendente do Serviço Social da Indústria (SESI – AP), Alyne Barbosa; o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Móveis e Eletrodomésticos do Estado do Amapá – Sindmóveis, Edevaldo de Oliveira e o diretor-presidente da Unimed Fama, Emanoel Dantas.

Pronunciamentos

O vice-governador do Amapá e empresário, Jaime Nunes, falou em nome dos homenageados: “Agradeço, em nome da PGJ do MP-AP,  Dra. Ivana Cei, esse reconhecimento. Nestes 30 anos do MP-AP, a sociedade se orgulha de seus membros. As ações em conjunto com o órgão ministerial trouxe incontáveis resultados positivos para a nossa sociedade. Estou honrado em receber esta medalha de uma instituição que vem, ao longo de sua trajetória, melhorando a qualidade de vida da nossa população”, frisou.

Na ocasião, a PGJ do MP-AP ressaltou a importância do reconhecimento: “Estamos honrados em receber todos os agraciados com a medalha aqui no MP-AP. Somos um dos menores MPs do país, mas com muita dedicação e trabalho, conseguimos vencer todos os desafios. Mas nada seria possível sem a ajuda dos homenageados presentes e representados aqui. Agradeço a todos pelo apoio ao longo dessas três décadas. Ainda hoje, temos percalços, mas com o auxílio de todos, venceremos. Muito obrigada”, pontuou Ivana Cei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *