Amapá já tem os três pratos finalistas do concurso gastronômico que irá reconhecer o melhor chef de cozinha tucuju

 

A edição 2021 do concurso “Enchefs” que dará ao vencedor local, além do título de melhor chef de cozinha do estado, a possibilidade de concorrer ao prêmio máximo da gastronomia brasileira – o Dólmã, em dezembro, em Bélem, saindo do luxo e glamour das últimas cinco edições, este ano, busca a valorização da comida de lugar, com o tema: “Gastronomia popular no Mercado Central de Macapá”.

Filé das ilhas ao molho nobre: filé e queijo de búfalo ao molho de cebola caramelizada com vinho tinto; servido como prato principal.

 

Realizado desde 2016 em Macapá, o “Enchefs” vem valorizando os profissionais e a gastronomia local. Nesta edição, o concurso que é totalmente gratuito, recebeu dezenas de inscritos, com novas receitas com pratos criativos a base de ingredientes regionais que passaram pela peneira da primeira fase da disputa – atendendo aos critérios do concurso, bem como, pela análise perita e criteriosa de cinco conceituados jurados que votaram nas três receitas a partir de conceitos técnicos e sem mesmo conhecerem seus respectivos criadores.

Latitude Zero: delicioso crepe com doce de cupuaçu e calda de açaí; servido como sobremesa.

 

Conheçam abaixo os pratos finalistas que ganharam a oportunidade de serem apresentados a sociedade e júri final no Mercado Central de Macapá.

Bolinho Capitão – lembranças e raízes: bolinho de feijão verde, charque e manteiga de garrafa sobre uma cama de creme de queijo coalho, acompanha molho pesto. Servido como entrada.

Dia 13 de setembro (segunda-feira)

15h Prato: Filé das ilhas ao molho nobre: filé e queijo de búfalo ao molho de cebola caramelizada com vinho tinto; servido como prato principal.

16h Prato: Latitude Zero: delicioso crepe com doce de cupuaçu e calda de açaí; servido como sobremesa;

17h Prato: Bolinho Capitão – lembranças e raízes: bolinho de feijão verde, charque e manteiga de garrafa sobre uma cama de creme de queijo coalho, acompanha molho pesto. Servido como entrada.

O concurso é uma das diversas atividades e atrações oferecidas pela Prefeitura de Macapá, através do Instituto Municipal de Turismo (MACAPATUR) e conta com o apoio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL). De acordo com a organização do Enchefs AP, o sigilo do nome dos chefs até o teste dos pratos é importante para garantir idoneidade do concurso. Ainda segundo a organização, o objetivo do concurso é valorizar a gastronomia local e seus profissionais e fazer de Macapá e o Amapá, referência em gastronomia. O concurso terá entrada franca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *