Games: A capacidade inovadora dos mods em jogos

*Gabriel Cavalcante Leão Dias – Design de Games 

 

O que são mods? mods é um termo encurtado para modificações e normalmente se refere a mudanças feitas em produtos pelos entusiastas. Alguns mods podem melhorar muito algum produto ou podem ser feitos apenas para dar um toque pessoal à algo, como adicionar aerofólio no carro ou até mesmo fazer uma pintura customizada. Em jogos, este termo é comumente usado para modificações feitas para mudar as mecânicas do jogo ou adicionar conteúdo novo. Mods são criados pelos próprios jogadores e alguns jogos tem uma capacidade incrível para mods, em aloguns porque é fácil criar ou o próprio jogo já oferece ferramentas para modificar, criar e adicionar mods.

 

Um mod que faz um sucesso tremendo até hoje é o DOTA(Defense Of The Ancients) que começou como um mapa customizado de Warcraft III, usando uma opção dentro do game para criar mapas customizados, com três vias distintas, usando os heróis do jogo em um formato de 5 contra 5 e modificando certas mecânicas do jogo, DOTA foi criado, o sucesso foi tão grande que a Valve, empresa dona da steam, entrou em contato com a pessoa que criou o DOTA para que uma sequência fosse criada exclusivamente na Steam. Isso gerou uma briga judicial com a Blizzard, empresa dona do Warcraft III, pois o nome da sequência seria DOTA 2 e o nome era, até aquele ponto, associado com Warcraft. No fim, a Steam conseguiu ficar com um dos MOBAs mais jogados do mundo

 

Outro mod que fez sucesso mundial foi DayZ, que começou como um mod focado em sobrevivência para o jogo Arma II, onde os jogadores são jogados em um local aleatório no mapa do jogo base e devem sobreviver procurando alimentos, armas,  combater zumbis e competir com outros jogadores pelos itens que estão espalhados pelo mapa. O jogo juntou uma fanbase estrondosa para um mod. Boa parte da vendas de Arma II foram feitas com o intuito de jogar o mod e não o jogo original.

 

DayZ por sua vez teve outros mods que mudam a jogabilidade para agradar gostos diferentes e públicos diferentes(isso mesmo mods de um mod). Havia 3 públicos principais de DayZ: um grupo que era focado na questão de sobrevivência, que adicionavam mecânicas como sede e fome ao jogo, que forçava os jogadores a procurarem por recursos para poder sobreviver; outro grupo que era focado em um mod que adiciona criação de bases para o jogo, fazendo com que grupos de jogadores se formem para criar e manter uma base e itens valiosos encontrados seguros de outros grupos que tentavam invadir a base, fazendo com que cada grupo tivesse um “território”; e o último grupo de jogadores era focado puramente na batalha contra outros jogadores, adicionando mecânicas que facilitam o encontro entre ambos, que era fazer com que conforme o tempo passa a área de jogo é cercada por um gás venenoso que mata o jogador,  aumentando a quantidade de armas que apareciam no mapa, forçando o encontro entre jogadores e com quase uma garantia de que ambos teriam equipamentos para o combate.

 

Talvez algumas das coisas mencionadas acima sejam familiares de jogos mais recentes. Não vou tão longe em dizer que tais mecânicas foram inventadas pelos mods citados, mas com certeza só se espalharam e ficaram famosas por conta deles. DayZ basicamente fez nascer o gênero de jogos Battle Royale, jogando 100 jogadores em um mapa e fazendo o mapa diminuir mais até sobrar apenas 1. Também fez popularizar a mecânica de criação de bases que se encontram em muitos jogos de mundo aberto, nos dias de hoje. DOTA por sua vez solidificou o gênero dos MOBAs e como eles seriam por muitos anos.

 

Outro grande influência para os gêneros Battle Royale foi a novel de mesmo nome, lançado em 1999 onde todos os estudantes de uma escola são forçados a se matar após serem jogados em uma ilha, e nesta mesma novel podemos já perceber algumas das mesmas “mecânicas de jogo” de jogos como Fortnite e PUBG, como por exemplo, o fato que certas partes da ilha são definidas como zona proibida e se ainda tiver algum “jogador” naquela parte ele será eliminado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *