Ciclistas amapaenses iniciam neste sábado, 2, o desafio de percorrer 900 km de Oiapoque até Laranjal do Jari

Cruzar a BR 156 do município de Oiapoque até Laranjal do Jari é a aventura que os ciclistas do grupo Veloyk da Fronteira encaram a partir deste sábado, 2 de julho. Formado por seis mulheres e três homens, a equipe está se preparando para mais este desafio há um ano, desde que atravessaram de Oiapoque até Macapá, em uma viagem de três dias e noites sob chuva e sol, rompendo montanhas, estrada de barro, atoleiros e trechos perigosos da mais antiga obra do Governo Federal inacabada.

A previsão é que desta vez a viagem tenha a duração de cinco dias no percurso de 900 km de Oiapoque até Laranjal do Jari, dois extremos e fronteiras ao Norte e Sul do Estado do Amapá. Os ciclistas são todos moradores de Oiapoque e praticantes de ciclismo de aventura na região. Das seis mulheres, quatro participaram da primeira aventura em 2021.

O planejamento para esse “pedal longão” consistiu em meses de treinamento físico, dietas e preparação mental para enfrentar as dificuldades geográficas e climáticas, principalmente nos 110 quilômetros não asfaltados do trecho Norte da BR 156, e 230 km do trecho Sul. O grupo terá suporte de dois carros de apoio e a previsão de quatro paradas para dormir. A aventura implica em atravessar trechos montanhosos e irregulares, aldeias indígenas, pontes e rios.

A equipe Veloyk da Fronteira foi criada em 2019 por Maïtê Sallé, Cacau Vieira e as irmãs Gerriane e Gizelda Evangelista, com o objetivo de terem uma atividade física através do ciclismo, melhorar a saúde mental, contemplar a natureza e interagir socialmente com outros grupos de ciclistas. O nome Veloyk da Fronteira significa Vélo: bicicleta em francês e Oyk: Oiapoque, na linguagem crioula.

Os dois carros de apoio transportam alimentos, primeiros socorros, roupas, peças para reposição, objetos pessoais. Os ciclistas são, Maïté Sallé, Cacau Vieira, Gerriane Evangelista, Gizelda Evangelista, Emeli Rodrigues, Rosimere Nascimento, Robson Maciel, Raimundo Nonato e Elielson Almeida. Nos carros de apoio viajam Jaiderson Gadelha, Leandro Neto e Maurício.

Os ciclistas saem de Oiapoque meia-noite de hoje, e a primeira parada é no município de Calçoene, após 12 hora de pedaladas, descanso físico e pausa para repor as energias.

Mais informações:
(96) 9966-1048 – Robson
(96) 98811-7448 – Cacau

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.