Covid-19: Governo reativa testagem em passageiros do Aeroporto Internacional de Macapá

Foco é testar pessoas com sintomas da doença que chegaram na cidade em voos com maior fluxo e viajantes.

O Governo do Estado iniciará uma nova ação de testagem no Aeroporto Internacional de Macapá com equipes da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), a partir desta terça-feira, 1º, para aplicar testes rápidos antígenos em passageiros sintomáticos que desembarcam na capital.

Os procedimentos serão realizados das 9 às 17h, abrangendo os voos com maior fluxo de pessoas.

Inicialmente, será realizada uma triagem de todos os passageiros para identificar algum com sintomas da covid-19, os sintomáticos serão testados em uma sala reservada. Também será possível testar pessoas que não tenham sintomas, mas têm interesse em se apresentar de forma voluntária para testagem. O teste rápido antígeno utilizado é considerado de alta eficiência e tem o resultado em até 15 minutos.

As pessoas que apresentarem resultados positivos para covid-19 serão orientadas a cumprir o isolamento e encaminhadas para atendimento médico em uma unidade de saúde. Esta barreira já tinha sido instalada anteriormente, no período de pico do ano passado. O serviço foi reativado mediante o aumento expressivo de casos da doença nas últimas semanas e o surgimento de variantes em outros estados do país .

“Não é a primeira vez que instalamos essa barreira no aeroporto e ela serve como proteção para que as pessoas infectadas não transitem transmitindo o vírus para outras”, afirmou o superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia.

Vacinação

O Aeroporto é um dos locais da grande movimento da capital onde o Governo do Estado instalou pontos de vacinação. A imunização acontece das 9h às 17h; passageiros e demais pessoas devem portar documento oficial com foto, cartão de vacina e cartão do SUS.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/3101/covid-19-governo-reativa-testagem-para-em-passageiros-do-aeroporto-internacional-de-macapa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.