Pedal anual de ciclistas de Oiapoque será neste final de semana para a Guiana Francesa


Atravessar a fronteira entre o Brasil e França, pedalando em grupo, é a primeira aventura internacional do grupo de ciclistas Veloyk da Fronteira, que desta vez chegará até Régina, um município que pertence à Guiana Francesa. Neste sábado, 6, antes do amanhecer do dia, os ciclistas saíram de Saint George, que fica em frente à Oiapoque, para mais este pedal, o terceiro, desde que o grupo decidiu explorar outras regiões montados em bicicletas.

Serão percorridos 90 km, com direito à diversidade cultural entre as nações, cenários naturais, percurso asfaltado, passando por vilas, montanhas, rios e matas. Um carro de apoio acompanha o grupo, formado por 8 mulheres e 9 homens, com suporte para descanso e primeiros socorros, e desta vez, entre os aventureiros, seguem dois enfermeiros franceses. Todos os ciclistas usam uniforme e equipamentos de segurança, como luva e capacete, e as bicicletas têm lanternas sinalizadores traseiros.

O percurso é curto perto das outros anteriores, considerados pedal longo. A primeira aventura foi em julho de 2021, quando o Veloyk da Fronteira, ainda com sete integrantes, percorreu os 600 km entre Oiapoque e Macapá, durante três dias. Em 2022 eles foram mais longe, e de Oiapoque chegaram no município de Laranjal do Jari, em uma viagem de 900 km que uniu os dois extremos do estado, e durou cinco dias.

Nos primeiros pedais, as dificuldades geográficas e climáticas foram vencidas com o preparo físico e mental, e recompensados com as belezas naturais. Durante dias e noites o grupo atravessou os municípios, entre montanhas, chuva e sol, rios, aldeias, enfrentando estradas de barro, ladeiras e atoleiros, cumprindo a meta de praticar atividade física, arejar a mante e contemplar a natureza.

O empenho e organização do grupo de praticantes de ciclismo chamou atenção da população de Oiapoque, e o grupo aumentou. Eles moram no município e durante o ano todo praticam o ciclismo na própria região. A preparação para os pedais leva meses de treinamento físico e mental, dietas e planejamento de logística para as poucas horas de descanso e para enfrentar as dificuldades geográficas e climáticas. No carro de apoio, alimentação, roupas, primeiros socorros e peças de reposição para as bicicletas.

O nome Veloyk da Fronteira significa Vélo: bicicleta em francês e Oyk: Oiapoque, na linguagem crioula. A equipe foi criada em 2019 por Maïtê Sallé, Cacau Vieira e as irmãs Gerriane e Gizelda Evangelista. Os homens começaram a participar em 2020. Robson Maciel, professor, foi um dos primeiros a aderir à prática, para acompanhar a esposa Cacau. Para participar, o casal se organiza com os familiares para que as filhas, Catarina e Rafaela, e os animais de estimação fiquem protegidos.

Em Régina eles foram recebidos no final da manhã de sábado pelo prefeito Pierre Désert. Eles pernoitam no povoado e no domingo eles retornam para Oiapoque.

Mariléia Maciel

Governo do Amapá oferta mais de 2 mil vagas para atividades esportivas em Macapá e Santana

As inscrições começam na segunda-feira, 26, para 13 modalidades nos centros didáticos.

O Governo do Amapá oferta 2 mil vagas em 13 modalidades esportivas nos centros didáticos de Macapá e Santana. As inscrições são gratuitas, começam na segunda-feira, 26, e seguem até 1º de março. Podem se candidatar pessoas de 6 a 59 anos, a depender do esporte escolhido.

As matrículas podem ser feitas diretamente nas secretarias dos centros didáticos, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Entre as modalidades ofertadas, estão vôlei de quadra, futsal, basquete, treino funcional, futebol, musculação, natação, atletismo, ballet, tênis de quadra, hidroginástica e yoga. Uma das novidades será a implantação de aulas de beach tennis, que serão ofertadas no Centro Estádio do Zerão.

O coordenador de Formação Esportiva da Sedel, Anderson Gomes, explica que, com a oferta de vagas, o Governo do Estado incentiva a prática esportiva.

“A iniciação esportiva é a etapa onde o aluno experimenta diferentes modalidades de desenvolver habilidades motoras, cognitiva, social e afetiva, além de buscar a melhoria do alto rendimento para que os atletas possam participar das competições nacionais”, detalha Gomes.

Documentos necessários

Para realizar a matrícula, é necessário apresentar as seguintes documentações: xerox do RG, xerox do comprovante de residência, foto 3×4 (duas unidades), declaração escolar (para menos de 18 anos), comprovante de vacinação contra Covid-19 e a cópia ou o original do laudo médico ou encaminhamento de apto para prática esportiva.

Confira as modalidades e quantidade de vagas ofertadas em cada centro didático:

Centro Didático Adamor Picanço (Macapá)

Endereço: Rua Jovino Dinoá, bairro Beirol

Modalidades:

  • Futsal-120 vagas
  • Futebol de campo -120 vagas

Centro Didático Avertino Ramos (Macapá)

Endereço: Rua Cândido Mendes, no Centro

Modalidades:

  • Vôlei de quadra -158 vagas
  • Futsal -196 vagas
  • Basquete -132 vagas
  • Yoga- 50 vagas
  • Treino Funcional – 46 vagas

Centro Didático Estádio Zerão (Macapá)

Endereço: Rua do Estádio zerão, no bairro Jardim Equatorial

Modalidades:

  • Futebol -120 vagas
  • Atletismo – 30 vagas
  • Beach tennis – 30 vagas

Centro Didático Capitão Euclides Rodrigues – Piscina Olímpica (Macapá)

Endereço: Procópio Rola, no bairro Santa Rita

Modalidades:

  • Natação nível I (iniciação) -300 vagas
  • Natação para adultos (iniciação) -120 vagas

Centro Didático Rosa Ataíde (Macapá)

Endereço: Rua São José, no Centro

Modalidades:

  • Ballet – 38 vagas
  • Tênis de quadra -110 vagas
  • Natação (para quem já sabe nadar) – 175 vagas

Estádio Augusto Antunes (Santana)

Endereço: Rua Lucena de Azevedo, 3, no bairro Daniel

Modalidades

  • Futebol -130 vagas
  • Natação – 46 vagas
  • Hidroginástica – 37 vagas

Estádio Olímpico Zerão recebe final do Campeonato Amapaense Feminino no Dia Internacional da Mulher

Ypiranga e Macapá se enfrentam pelo título do torneio. A entrada para o público é gratuita.

Nesta quarta-feira, 8 de março, no Dia Internacional da Mulher, acontece a grande final do Campeonato Amapaense Feminino de Futebol entre Macapá e Ypiranga. A decisão está marcada para às 20h, no Estádio Olímpico Zerão, em Macapá.

Os portões serão abertos a partir das 17h30 com entrada gratuita para o público prestigiar a final. A equipe do Ypiranga está em grande vantagem após golear o Macapá por 4 a 1 no jogo de ida. Agora, o Clube da Torre pode perder até por dois gols de diferença, que conquistará o título e vaga para disputar a terceira divisão do Brasileirão Feminino.

Futebol feminino
As jogadores amapaenses ainda lutam por espaço na modalidade no estado. Poucos clubes profissionais contam com categorias femininas. Em 2023, o campeonato foi realizado com cinco times, sendo três profissionais e dois amadores.

O futebol feminino no país ainda briga por reconhecimento e, sobretudo, igualdade de investimentos. Em 2013, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) criou o Campeonato Brasileiro com 20 times. Cinco anos depois, a entidade esportiva criou a Série A2 e só em 2021 foi criado a Série A3, equivalente a terceira divisão do Campeonato Brasileiro e que conta com um representante do
Amapá.

Aos poucos as jogadoras amapaenses vão conquistando pequenas vitórias no esporte, seja na melhoria da estrutura dos times, salários para as atletas ou disputa de competições nacionais, mostrando que lugar da mulher também é dentro do campo de futebol.

Projeto da Unifap oferta vagas em diversas modalidades esportivas

 

O projeto Proespol da Universidade Federal do Amapá está com vagas disponíveis em sete modalidades esportivas para os funcionários terceirizados e efetivos, da instituição. A comunidade externa e discentes do órgão podem participar.

As inscrições terminam dia três de março, as vagas são para hidroginástica, dança de salão, treinamento funcional e artes marciais para jovens a partir de 16 anos de idade, no futsal e vôlei podem se inscrever pessoas de nove a doze anos e doze a dezesseis.

Acadêmicos de educação física da Unifap serão os responsáveis pelas aulas que terão a supervisão de professores do colegiado e coordenação do projeto. As turmas serão preenchidas de acordo com a ordem de inscrição e os candidatos só poderão se inscrever em apenas uma atividade. Servidores efetivos da Unifap terão direito a sete vagas por modalidade, terceirizados dez, comunidade externa e discentes, oito vagas.

Para mais informações, o candidato pode entrar em contato através do número (96) 98134-6657, durante horário comercial.

Amapaense será comentarista do Sportv

Alline Calandrini, ex-jogadora da seleção brasileira, está confirmada no canal esportivo

https://sdbnews.com.br/amapaense-sera-comentarista-do-sportv/

A jornalista amapaense Alline Calandrini foi confirmada no time de comentaristas esportivos do canal Sportv, do grupo Globo para a temporada 2023. Alline finalizou seu vinculo com a Band no final de 2022. Na agenda de compromissos para este ano estão a Copa Feminina de Futebol na Oceania e a Taça Libertadores Masculina.

A ex-zagueira da seleção brasileira começou a carreira no Santos e teve passagem também pelo Corinthians. Na seleção fez sua estréia em 2008 e foi campeã sul-americana.

Alline é macapaense, tem 34 anos e é filha de Suely e do Coronel Gastão Calandrini, ex-comandante da PM do Amapá.

 

Governo do Amapá entrega Ginásio Avertino Ramos revitalizado

A estrutura recebeu melhorias na rede elétrica, cabines de imprensa, camarotes, alojamentos e salas administrativas.

O tradicional Ginásio Avertino Ramos está de volta! O Governo do Amapá entregou neste sábado, 3, o centro esportivo totalmente revitalizado para a população.

Com capacidade para 3 mil pessoas, o ginásio recebe há mais de 40 anos competições de diversas modalidades, tendo sido celeiro de craques no futsal, basquete, vôlei e handebol, entre outras.

Veja mais fotos aqui

A estrutura recebeu melhorias na rede elétrica, cabines de imprensa, camarotes, alojamentos e salas administrativas. A acessibilidade ganhou um olhar especial no projeto de revitalização. Os vestiários, banheiros masculino e feminino, foram adaptados. Um elevador para cadeirantes vai facilitar o acesso à arquibancada. O investimento é de R$ 2,5 milhões.

Na entrega, o governador, Waldez Góes, ressaltou que o Avertino Ramos reformado representa um incentivo para o desporto e paradesporto amapaense. Ele lembrou que, ainda em abril, o espaço recebeu a seletiva nacional do do Gymnasiade, com disputas nas modalidades de Wrestling e Taekwondo.

“O Governo do Estado continua firme investindo em todas as modalidades e acreditando na juventude do Amapá, no profissionalismo, no desporto e paradesporto amapaense e este palco sempre foi e continuará sendo uma grande referência”, reiterou Góes.

Na reinauguração já teve estreia da quadra poliesportiva, com estrutura em madeira, ideal para competições. A turma do basquete em cadeira de rodas e futsal abriram o novo placar. Ao longo da manhã, ainda houve apresentação de breakdance e duas partidas oficiais do Campeonato Estadual Adulto Masculino de Basquete.

“Fico feliz de ver o cuidado e carinho com o deficiente na questão da acessibilidade. Nossos paratletas estão fazendo sucesso em competições nacionais e tenho certeza que teremos o nosso espaço aqui no ginásio para desenvolver cada vez mais o paradesporto amapaense”, comemorou Rogério Santos, presidente da Associação de Basquete em Cadeira de Rodas.

“O Ginásio Avertino Ramos não é só para uma modalidade. É do futsal, do basquete, do vôlei, do handebol, das artes marciais, do paradesporto. Com a tecnologia de ponta instalada aqui, nosso esporte tem tudo pra crescer mais”, reforçou o secretário do Desporto e Lazer, Rudney Cunha.

A entrega contou com homenagem a atletas e paratletas amapaenses que participaram dos Jogos Escolares Brasileiros (2022) e medalhistas da Gymnasíade.

https://portal.ap.gov.br/noticia/0312/valorizacao-do-desporto-governo-do-amapa-entrega-ginasio-avertino-ramos-revitalizado

Com 800 vagas, 1ª Minimaratona Cidade de Santana, abre inscrições nesta quinta-feira, 17


Para quem gosta de corridas de rua, a Prefeitura de Santana abre nesta quinta-feira, 17, as inscrições para a 1ª edição da Minimaratona Cidade de Santana. A prova oferece 800 vagas e faz parte da programação de aniversário da cidade, que será no dia 17 de dezembro. A data marca o desmembramento do município de Macapá, a qual fazia parte desde a sua fundação.

A Minimaratona Cidade de Santana será realizada no dia 18 de dezembro, com um total de 13 quilômetros. Serão destinadas 500 vagas para quem irá percorrer 5 quilômetros e 300 para aqueles corredores que têm a intenção de fazer os 13 quilômetros. As inscrições gratuitas poderão ser feitas através do site www.centraldacorrida.com.br.

“Será uma corrida de rua ou minimaratona que celebra o aniversário de Santana e as inscrições serão totalmente de graça. É uma oportunidade também para aqueles que gostam de correr e tenho certeza que as equipes estarão presentes. As inscrições serão on-line e por isso esperamos contar com a presença de muita gente”, disse Isabel Nogueira, prefeita em exercício.

A prova destina ainda vagas para portadores de necessidades especiais (cadeirantes) e deficientes visuais. A largada e chegada será na praça do Fórum, no bairro Vila Amazonas. Biraga Rocha, secretário municipal de Esporte e Lazer, explica que a minimaratona faz parte das políticas da gestão para valorizar todas as modalidades esportivas.

“Ao longo do ano, temos valorizado competições e clubes locais em várias modalidades. Essa gestão tem o compromisso de apoiar e despertar o espírito esportista da nossa população. Estamos preparando toda a estrutura, com o aval da Federação Amapaense de Atletismo, para termos uma prova bem organizada”, destacou.

Antônio Carlos representa a Federação Amapaense de Atletismo e faz parte da empresa que irá realizar a cronometragem da prova e o processo de inscrição on-line dos participantes. Ele destaca que a Minimaratona passa a integrar o calendário oficial de corridas de rua do estado:

“Essa prova, além de ter toda a importância, pois celebra o aniversário do município, ela já entra no calendário de provas oficiais do Amapá. É importante porque irá ser realizado todos os anos”, finalizou.

Assessor de Comunicação/Prefeitura de Santana

Governo do Estado realiza Jogos dos Servidores Públicos

Competições acontecem no Estádio Olímpico Zerão, com times de várias secretarias e órgãos do estado.

Com o objetivo de promover a integração entre órgãos públicos e também comemorar o Dia do Servidor Público, que acontece na sexta-feira, 28, o Governo do Amapá realiza os Jogos dos Servidores, com a participação de diferentes secretarias de Estado e órgãos como a Assembleia Legislativa (Alap) e Tribunal de Contas (TCE).

A competição de futebol vai contar com 16 equipes, que foram divididas em duas chaves. O sistema será de mata-mata, ou seja, quem perder dará adeus ao torneio.

Os Jogos dos Servidores começam já na sexta-feira, a partir das 18h, no Estádio Olímpico Zerão. Na primeira partida, jogam Sead e Sejusp. Já às 19h, se enfrentam Sedel e Setec.

Os outros jogos serão realizados através de sorteio e divulgados no site da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (sedel.portal.ap.gov.br).

Além do troféu de campeão, a equipe vencedora também receberá a premiação de R$ 1 mil e o vice ficará com R$ 500.

Confira os times participantes dos Jogos dos Servidores 2022:

Chave A 

Sedel

Setec

Sema

SDR

Sejusp

Amprev

TCE

Sejuv

 

Chave B

Rurap

Sead

CGE

Setrap

Iepa

Comel

Alap

Semdel

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/2710/governo-do-estado-realiza-jogos-dos-servidores-nbsp-publicos

Amapá conquista 78 medalhas em competição paralímpica nacional

Guilherme já conquistou 10 medalhas de ouro em apenas um ano de participação no projeto.

O Amapá foi destaque nacional na 1ª edição da Conexão Paralímpica, com a conquista de 78 medalhas, sendo 44 de ouro, na modalidade de atletismo.

A Conexão Paralímpica aconteceu de 13 a 15 de outubro, na cidade de João Pessoa (PB), reunindo três importantes competições: as Paralímpiadas Universitárias, as Paralímpiadas Militares e o Intercentros.

Entre os medalhistas amapaenses, 28 são atendidos pelo projeto “Inclusão social, esporte e práticas corporais para pessoas com deficiência física e visual”. A iniciativa é da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), Universidade Federal do Amapá (Unifap) e da Federação de Atletismo do Amapá.

O paratleta, Guilherme Ribeiro, de 23 anos, é acadêmico da Ueap e conquistou sua décima medalha de ouro em menos de um ano, desde que entrou para o projeto.

Guilherme é deficiente visual e tem apenas 20% de sua visão, atualmente é o quarto melhor do Brasil em lançamento de disco, peso e dardo. Foi no projeto que ele encontrou incentivo para seguir na carreira esportiva.

“Aqui, eu pude acreditar em mim e desenvolver meu potencial, pois tive a oportunidade de conhecer pessoas que estão sonhando junto comigo, eu me sinto feliz poder representar meu estado. Espero me tornar o melhor do país em breve!”, disse o jovem.

A iniciativa surgiu em 2018 com o intuito de atender pessoas com deficiências que desejam desenvolver habilidades no atletismo. Podem participar acadêmicos e comunidade em geral.

Incentivo e Orgulho

Para a coordenadora do projeto e analista em educação física da Ueap, Marceli Pureza, o objetivo é transformar vidas a partir da prática de esporte, além de criar mais oportunidades para pessoas com deficiência através do paratletismo.

“Queremos criar cada vez mais oportunidades para esses jovens que sonham com uma chance no esporte. Esperamos expandir cada vez mais o projeto e que mais paratletas amapaenses sejam em todas as competições”, frisou Marceli.

Para o técnico do projeto, Marlon Pureza, ver sua equipe ter destaque nacional em competições é motivo de orgulho.

“No Amapá, temos os melhores paratletas, o Guilherme é apenas um dos exemplos. Todos têm um potencial gigantesco para engrandecer o nome do nosso estado”, revelou o técnico.

O projeto conta com uma equipe especialistas em educação física que trabalham, além de acadêmicos e estagiários voluntários. Os treinos são realizados três vezes por semana no campus da Unifap,em Macapá.

Como participar?

Qualquer pessoa com deficiência física ou visual e interessada em participar do projeto pode se dirigir até o campus da Ueap, na Avenida Presidente Vargas, 650 , bairro Central, em Macapá, de 8h às 18h. No local, o interessado receberá todas as orientações necessárias para ser um dos novos integrantes da equipe.

https://www.amapa.gov.br/noticia/2410/orgulho-amapa-conquista-78-medalhas-em-competicao-paralimpica-nacional

Governo do Amapá lança concurso da rua mais enfeitada para a Copa do Mundo


Faltam 32 dias para a abertura da Copa do Mundo do Catar e para o Amapá entrar de vez no clima, o Governo do Estado lança o concurso “A Copa da Minha Rua”, que vai premiar a via mais enfeitada com as cores da seleção brasileira.

Organizado pela Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), as inscrições iniciam na próxima segunda-feira, 24, e seguem até o dia 31, podendo serem feitas de forma presencial no prédio da Sedel, no bairro Santa Rita, ou pelo endereço eletrônico sedel.portal.ap.gov.br.

A premiação será de R$ 7 mil para o primeiro colocado, R$ 2 mil para o segundo, e o terceiro leva R$ 1 mil. Mas, para ter a oportunidade de ganhar, a comunidade vai ter que caprichar na criatividade e no espírito esportivo entre os vizinhos.

Os interessados devem ficar atentos a algumas regras, como ter no mínimo 50 metros de rua enfeitada, não danificar o meio-ambiente e não prejudicar a visualização de sinalização de trânsito.

Serão desclassificadas as ruas com pinturas ou pichações de fachadas de residências sem autorização do proprietário, entre outras regras que constam no regulamento da competição.

As ruas deverão estar prontas até o dia 11 de novembro, para o registro fotográfico. A votação será feita por enquete, com divulgação do resultado previsto para o dia 24 de novembro, data que marca a estreia do Brasil na Copa do Mundo, jogando contra a Sérvia.

ASCOM/Secretaria de Estado do Desporto e Lazer

Amapá conquista 27 medalhas no primeiro dia de competição nas Paralimpíadas Escolares, em Brasília

Conquistas foram nas modalidades de atletismo, corrida, lançamento de dardo, arremesso de peso e de pelota.

O primeiro dia de competições na fase regional das Paralimpíadas Escolares, realizada em Brasília, começou com vitória para a delegação amapaense: a equipe já conquistou 27 medalhas, sendo 15 medalhas de ouro, 7 de prata e 5 de bronze.

O evento esportivo começou nesta quarta-feira, 10, e segue até sexta, 12, reunindo atletas dos estados de Roraima, Acre, Amazonas, Rondônia, Tocantins, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, e o Distrito Federal.

As conquistas amapaenses foram no atletismo, corrida, lançamento de dardo, arremesso de peso e de pelota. O Amapá ainda contou com duas trincas no pódio, com atletas ganhando medalhas de ouro, prata e bronze.

“Estou muito feliz por ter conquistado essa medalha e mais ainda por ter subido ao pódio com meus amigos”, comemorou Ryan Campos, ouro no arremesso de peso.

Dividindo o pódio com os amigos, o paratleta Flávio Yuri conquistou o ouro no lançamento de dardo.

“Eu brinco muito com eles [Pedro Iago, medalha de prata, e Pedro César, bronze] e fico feliz que subimos junto no pódio, mas, dessa vez, a medalha de ouro ficou comigo”, disse o campeão.

As provas de atletismo prosseguem na quinta-feira, 11, junto com a natação, com chances do Amapá aumentar o quadro de medalhas.

https://docs.google.com/document/u/0/d/1vi8-bQalVDkpWUUADCL89IqlKZfQ8pdG_OwbZI5rDCw/mobilebasic

Ciclistas amapaenses iniciam neste sábado, 2, o desafio de percorrer 900 km de Oiapoque até Laranjal do Jari

Cruzar a BR 156 do município de Oiapoque até Laranjal do Jari é a aventura que os ciclistas do grupo Veloyk da Fronteira encaram a partir deste sábado, 2 de julho. Formado por seis mulheres e três homens, a equipe está se preparando para mais este desafio há um ano, desde que atravessaram de Oiapoque até Macapá, em uma viagem de três dias e noites sob chuva e sol, rompendo montanhas, estrada de barro, atoleiros e trechos perigosos da mais antiga obra do Governo Federal inacabada.

A previsão é que desta vez a viagem tenha a duração de cinco dias no percurso de 900 km de Oiapoque até Laranjal do Jari, dois extremos e fronteiras ao Norte e Sul do Estado do Amapá. Os ciclistas são todos moradores de Oiapoque e praticantes de ciclismo de aventura na região. Das seis mulheres, quatro participaram da primeira aventura em 2021.

O planejamento para esse “pedal longão” consistiu em meses de treinamento físico, dietas e preparação mental para enfrentar as dificuldades geográficas e climáticas, principalmente nos 110 quilômetros não asfaltados do trecho Norte da BR 156, e 230 km do trecho Sul. O grupo terá suporte de dois carros de apoio e a previsão de quatro paradas para dormir. A aventura implica em atravessar trechos montanhosos e irregulares, aldeias indígenas, pontes e rios.

A equipe Veloyk da Fronteira foi criada em 2019 por Maïtê Sallé, Cacau Vieira e as irmãs Gerriane e Gizelda Evangelista, com o objetivo de terem uma atividade física através do ciclismo, melhorar a saúde mental, contemplar a natureza e interagir socialmente com outros grupos de ciclistas. O nome Veloyk da Fronteira significa Vélo: bicicleta em francês e Oyk: Oiapoque, na linguagem crioula.

Os dois carros de apoio transportam alimentos, primeiros socorros, roupas, peças para reposição, objetos pessoais. Os ciclistas são, Maïté Sallé, Cacau Vieira, Gerriane Evangelista, Gizelda Evangelista, Emeli Rodrigues, Rosimere Nascimento, Robson Maciel, Raimundo Nonato e Elielson Almeida. Nos carros de apoio viajam Jaiderson Gadelha, Leandro Neto e Maurício.

Os ciclistas saem de Oiapoque meia-noite de hoje, e a primeira parada é no município de Calçoene, após 12 hora de pedaladas, descanso físico e pausa para repor as energias.

Mais informações:
(96) 9966-1048 – Robson
(96) 98811-7448 – Cacau

Tetracampeão Mundial de boxe Popó Freitas ministra palestra para crianças e adolescentes do projeto Juventude em Movimento do TJAP

 

O tetracampeão Mundial de boxe, Acelino Freitas, conhecido como “Popó” desembarca em Macapá, na terça-feira (21), para ministrar a palestra “Esporte Muda e Edifica sua Vida”. O evento faz parte do projeto Juventude em Movimento do Tribunal de Justiça do Amapá, desenvolvido por meio do Juizado da Infância – Área de Políticas Públicas e Medidas Socioeducativas. O encontro acontecerá às 9 horas, no auditório do Tribunal Regional Eleitoral, situado na Avenida Maria Cavalcante de Azevedo Picanço, no Infraero.

O projeto Juventude em Movimento é uma parceria do TJAP com várias instituições públicas e privadas para onde são encaminhados crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Durante a palestra, 300 crianças e adolescentes participantes do projeto estarão presentes.
Segundo o titular da Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude da Justiça do Amapá (CEIJ), desembargador Gilberto Pinheiro, essa palestra é um grande incentivo para as crianças e jovens. “O Popó é uma lenda viva do boxe, do esporte, então isso servirá como incentivo para essa garotada, para esses jovens que precisam de um norte, e é com exemplos que a gente mostra o caminho. Essa ação também servirá para incentivar esses jovens a praticarem e ocupar seu tempo com esportes, o que também ajuda na prevenção de atos infracionais. Temos na Amazônia bons boxeadores, no Amapá, temos academias de boxe que precisam de incentivos e estamos fazendo isso”, explicou o magistrado.

Sobre o Popó
Nascido em 21 de setembro de 1975, na cidade de Salvador, Bahia, Popó, ao longo de seus 46 anos, teve uma carreira vitoriosa, conquistou quatro títulos mundiais de boxe, em duas categorias: super pena e leve . Ele foi Campeão Baiano aos 14 anos, Campeão Norte-Nordeste aos 15 e Campeão Brasileiro aos 17 anos.

Em 1995, foi convocado para a Seleção Brasileira para participar dos Jogos Pan-Americanos, em Mar Del Plata, onde conquistou a medalha de prata. Ele já foi deputado federal e participa de várias ações sociais, entre elas, em parceria com a Defensoria Pública da Bahia, denominada “Crack? Só de Esporte!”, uma campanha de prevenção às drogas.

Vencendo preconceitos e lutas: Dourado, lutador de MMA gay, do Laranjal do Jari, no Fantástico deste domingo

Na reportagem do Fantástico deste domingo (24), Washington Dourado, de 28 anos, primeiro  atleta de MMA assumidamente gay do Brasil, foi apresentado ao mundo. Ele é do Amapá, precisamente da região sul do estado, do município de Laranjal do Jari.

“Primeiro, parte de preconceitos que eu tive dentro do MMA foi de um rapaz de uma cidade vizinha, que falou que se perdesse pra mim, ele ia embora da cidade. Eu ganhei a luta no primeiro round e ele saiu da cidade”, revelou na entrevista ao repórter André Gallindo. Seu primeiro técnico o apelidou de “Dourado, a Princesinha”, que ele carrega até hoje. Nas lutas, Washington entra vestindo uma capa preta, com detalhes dourados.

Com sete lutas oficiais , ele coleciona cinco vitórias e duas derrotas. Durante a reportagem, Dourado aproveitou para contar para sua mãe que gostava de homens, se assumindo gay.

Dona Maria de Fátima com sorriso nos lábios, riu e disse que já sabia. Com um abraço acolhedor atracou seu filho lutador nos braços e demonstrou a ele que amor é amor. Que sua luta contra o preconceito seja combatida   diariamente dentro e fora dos  tatames. Voa, Dourado! 🏳️‍🌈

Amapá terá 23 atletas disputando a seletiva nacional do Gymnasíade em casa

A competição inicia 6 de abril, no Ginásio Avertino Ramos, nas modalidades de taekwondo e Wrestling, com realização do Governo do Estado.

O Governo do Estado e a Confederação Brasileiras de Desporto Escolar (CBDE) realizam a seletiva nacional do Gymnasíade pela primeira vez no Amapá, de 6 a 12 de abril, no Ginásio Avertino Ramos. A delegação amapaense terá 23 atletas disputando em casa, as modalidades de taekwondo e wrestling (conhecido como luta olímpica).

O histórico campeão nas últimas competições, deixa os atletas amapaenses das duas modalidades com maior expectativa de medalhas no Gymnasiade e, consequentemente, na fase internacional da competição, que acontece em maio, na França.

A delegação é experiente em competições nacionais. A equipe do taekwondo, que levará 8 atletas, brilhou no fim de 2021 no Super Campeonato Brasileiro, conquistando várias medalhas. Já o wrestling, que terá 15 lutadores, foi destaque no Campeonato Brasileiro, realizado no mês de dezembro, em Natal.

“Nos últimos anos, o Amapá se especializou nas artes marciais, se tornando referência, tanto é que conseguimos trazer este grandioso evento para a nossa capital. As expectativas são as melhores possíveis. Tenho certeza que teremos bons resultados com os nossos atletas”, ressaltou o secretário de Desporto e Lazer, Rudney Cunha.

A capital amapaense receberá mais de 500 lutadores dos 26 estados mais o Distrito Federal para a seletiva das modalidades. O Gymnasiade é considerado os Jogos Olímpicos para esportistas em idade escolar, que acontece a cada dois anos, reunindo atletas de mais de 100 países.

O Governo do Estado montou toda a estrutura para a competição, planejou um esquema para segurança dos atletas e uma programação de receptivo turístico para as delegações que chegarão à capital. Já a CBDE é responsável pelo translado e hospedagem das delegações.

 

Confira a delegação amapaense de taekwondo:

Masculino
Alejandro Maia
Gabriel Canivello
Matheus Pinheiro
William Leão

Feminino
Ana Faria
Sevelyn do Vale
Viviane Maciel
Wyctória da Silva

Confira a delegação amapaense de wrestling:

Masculino
Akyris Ramos
Gabriel Medeiros
Gustavo dos Santos
José Lopes
José Pureza
Marcus Martins
Nelian Costa
Ruan da Rocha
Wyllyann da Silva

técnico: Lielson Junior

Feminino
Ana Lima
Graziella Gibson
Ingridy do Nascimento
Leandra Assunção
Nathaly de Jesus
Rebecca Pinheiro

Técnico: Márcia da Costa

https://amapa.gov.br/noticia/0104/amapa-tera-23-atletas-disputando-a-seletiva-nacional-do-gymnasiade-em-casa

Amapá recebe mais de 500 atletas de todo o Brasil e realiza a seletiva Gymnasiade de taekwondo e wrestling

Competição acontecerá no período de 6 a 12 de abril, no Ginásio Avertino Ramos, em Macapá, com apoio do Governo do Amapá.

O Amapá vai receber, pela primeira vez, a seletiva nacional dos Jogos Escolares Mundiais – Gymnasiade 2022, nas modalidades de taekwondo e wrestling (conhecido como luta olímpica), que acontecerá no período de 6 a 12 de abril, no Ginásio Avertino Ramos, em Macapá.

O Governo do Estado montou toda a estrutura para a competição e conta com o apoio da Confederação Brasileiras de Desporto Escolar (CBDE) no translado e hospedagem para as delegações.

Além disso, o Governo do Amapá também planejou um esquema especial para segurança dos atletas. Equipes de saúde também estão sendo destacadas para ficarem de prontidão nos dias de competição caso seja necessário atendimento a algum atleta. Em outra frente, o Estado também preparou uma programação de receptivo turístico para as delegações que chegarão à capital.

A competição irá abrir o calendário de jogos do Ginásio Avertino Ramos, que será reinaugurado após passar por período de reforma.

Ao todo, 539 atletas dos 26 estados e do Distrito Federal estarão na capital amapaense. As primeiras delegações chegam em Macapá a partir do dia 6 de abril.

O Gymnasiade será realizado em duas etapas. As disputas começam com o taekwondo, no período de 6 a 9 de abril. Depois, será a vez dos lutadores de wrestling brigarem por um lugar ao pódio até o dia 12.

A seletiva vai definir os atletas que representarão o país no mês de maio, na França, na fase internacional, que é considerada os Jogos Olímpicos para esportistas em idade escolar.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/2903/amapa-recebe-mais-de-500-atletas-de-todo-o-brasil-e-realiza-a-seletiva-gymnasiade-de-taekwondo-e-wrestling

Inscrições abertas para a Maratona Aquática de São José de Macapá

 

Para aqueles que adoram desafios na água, é bom ir se preparando porque a Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) abriu nesta segunda-feira, 14, as inscrições para a Maratona Aquática São José de Macapá. O desafio acontecerá no dia 27 de março, com um percurso de 2,5 quilômetros pelo rio Amazonas.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Centro Didático Capitão Euclides Rodrigues nas categorias juvenil, junior, sênior e master.

A ficha de participação e o termo de responsabilidade devem ser entregue na Piscina Olímpica, no horário de 8h às 14h, até o dia 18 de março.
“Os nadadores amapaenses gostam de desafios e nada melhor do que usar o maior rio do mundo que banha o nosso Amapá. Tenho certeza que será uma grande competição que poderá abrir portas para outros eventos nesta modalidade”, disse o secretário da Sedel, Rudney Cunha.

A largada acontecerá às 10h, no Trapiche Eliezer Levy, na orla do Rio Amazonas, com chegada na Rampa do Açai, no bairro Santa Inês. Esta é a primeira vez que a Sedel fará a maratona de natação. Os nadadores mais rápidos receberão troféus e medalhas.

Centro Didático Professora Rosa Ataíde está com inscrições abertas para modalidades de esportes e danças

 

E que tal aproveitar o mês de março para fazer exercícios físicos? Basta se inscrever para aulas de Ballet, hidroginástica, natação, Pilatos, tênis de quadra e yoga no Centro Didático Professora Rosa Ataíde. As aulas são gratuitas e iniciarão na próxima segunda-feira, 7.


Para se inscrever é necessário levar documentos pessoais, além de cópias do comprovante de residência, do laudo médico e da declaração escolar (para os menores de 18 anos). As matrículas podem ser feitas no próprio centro didático, situado na Rua São José, centro de Macapá. As vagas são limitadas.

O encontro do rio Cassiporé com o oceano Atlântico, no cabo Orange, é o ponto de partida da expedição “Parque das Pororocas”

*Expedição Parque das Pororocas chega ao Rio Cassiporé em busca de novas ondas*

O encontro do Rio Cassiporé com o Oceano Atlântico, no Cabo Orange, extremo norte do Estado é o ponto de partida da Expedição Parque das Pororocas, organizada pela Associação de Velejadores do Amapá – Avap e Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais de Turismo, seccional Amapá – ABBTUR-AP. A equipe de exploradores chegou a região nesta segunda-feira, 17, para iniciar o mapeamento de uma área de 600 quilômetros de extensão da costa do Amapá, em missão de reconhecimento das potenciais pororocas que irão compor o projeto.

Nesta etapa será realizada análise técnica da onda localizada no município de Oiapoque, entre a Vila Velha e a foz, num trajeto de 50 km de rio. O estudo vai avaliar as condições para a prática de surf na pororoca, canoagem, stand up paddle e kitsurf, visando como produto final ações de fomento ao turismo de aventura que integre o circuito do Parque. Esse, de acordo com os idealizadores é o principal objetivo da expedição que reúne mais dez pontos onde ocorrem o fenômeno na costa amapaense. O radar inclui uma pororoca nas terras indígenas de Uaça, também no Cabo norte, mais duas no Rio Flexal, no município de Amapá e mais uma no arquipélago do Bailique.

“A expedição no Caissiporé é o marco inicial do projeto. Hoje temos conhecimento de pelo menos dez pontos na costa do Estado do Amapá, onde a pororoca acontece, e nossa intenção é organizar essas informações para criarmos, em parceria com a iniciativa privada e poder público, o Parque das Pororocas. Assim, poderemos usufruir da pororoca o ano inteiro.”, Jim Daves, presidente da Avap.

Os profissionais de turismo que integram o grupo farão aproveitamento dos dados do mapeamento para elaborar proposta de roteirização de viagens para turistas nacionais e internacionais, com vivências na comunidade da Vila Velha e visitações em locais estratégicos ao longo do leito rio.

O explorador e guia de turismo da secretaria de Estado do Turismo – Setur, Sandro Borges, aponta que entre as possibilidades de desenvolvimento do ecoturismo estão previstas a aplicação do turismo de base comunitária, com treinamento de receptivo para moradores locais, turismo de experiência e turismo de aventura.

“No mínimo já idenficamos quatro atividades promissoras para trabalhar a geração de emprego e renda através do ecoturismo na região, que são ações de políticas públicas previstas no plano estratégico da Setur. Ganha a comunidade, os turistas e profissionais envolvidos”, afirma o técnico.

*Aventura*

A experiência da imersão na floresta em busca de trilhas de aventura já faz parte da vida do explorador, Helder Lima. Viajante mochileiro, Helder só conhecia a pororoca pelas mídias e acreditava que o fenômeno tivesse terminado no Amapá.

“Não dá para viver na Amazônia e não aproveitar o melhor que há nela, que é essa diversidade de vida pulsante. Conhecer novas comunidades e está imerso na floresta já vale muito, imagina praticando esportes e nos conectando com esse universo de corpo e alma. A pororoca não acabou, e essa caçada em busca da onda é uma experiência única”, declarou.

Para a presidente da AABBTU-Ap, Alessandra Nunes, a expedição acontece num momento propício para alavancar o ecoturismo e desmitificar a ideia de que a pororoca no Amapá terminou.

“A AVAP trouxe essa informação sobre uma possível nova rota da pororoca, por isso estamos dando continuidade as visitas técnicas na região, buscando oportunidades e experiências para estimular as atividades turísticas identificadas na expedição. Assim podemos mapear, classificar e aplicar as atividades ecoturistica de forma sustentável e segura “, relatou.

A proposta da expedição também chamou atenção de empresários aventureiros que investem no setor do ecoturismo. Franco Montoril e Francisco Pytter fizeram questão de participar da construção do projeto desde a etapa embrionária.

“Já estamos no circuito de ecoturismo e aventura há alguns anos no estado, dentre as experiências radicais que tivemos, o surf na pororoca é algo impressionante e com um grande potencial econômico e social, pois envolve muita gente no processo de visitação”, afirmaram.


3eb11558-2d2d-4878-a8f1-3d7663f17e7a

Texto: Cintia Souza

Final da Libertadores da América será transmitido em telão no complexo do Araxá neste sábado (27)

 

A Prefeitura de Macapá transmitirá neste sábado (27) a final da Libertadores da América que será disputada entre Flamengo e Palmeiras. O evento acontece no Complexo do Araxá, onde será montado um telão. A programação inicia às 16h e conta também com atração musical.

Data: 27 de novembro de 2021

Horário: 16h

Local: Complexo do Araxá
Endereço: Rua do Araxá, 1387 – bairro do Araxá