Vencendo preconceitos e lutas: Dourado, lutador de MMA gay, do Laranjal do Jari, no Fantástico deste domingo

Na reportagem do Fantástico deste domingo (24), Washington Dourado, de 28 anos, primeiro  atleta de MMA assumidamente gay do Brasil, foi apresentado ao mundo. Ele é do Amapá, precisamente da região sul do estado, do município de Laranjal do Jari.

“Primeiro, parte de preconceitos que eu tive dentro do MMA foi de um rapaz de uma cidade vizinha, que falou que se perdesse pra mim, ele ia embora da cidade. Eu ganhei a luta no primeiro round e ele saiu da cidade”, revelou na entrevista ao repórter André Gallindo. Seu primeiro técnico o apelidou de “Dourado, a Princesinha”, que ele carrega até hoje. Nas lutas, Washington entra vestindo uma capa preta, com detalhes dourados.

Com sete lutas oficiais , ele coleciona cinco vitórias e duas derrotas. Durante a reportagem, Dourado aproveitou para contar para sua mãe que gostava de homens, se assumindo gay.

Dona Maria de Fátima com sorriso nos lábios, riu e disse que já sabia. Com um abraço acolhedor atracou seu filho lutador nos braços e demonstrou a ele que amor é amor. Que sua luta contra o preconceito seja combatida   diariamente dentro e fora dos  tatames. Voa, Dourado! 🏳️‍🌈

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.