WG na AL

Governador Waldez Góes prestou contas dos 7 anos de administração, na sessão inaugural da Assembléia LegislativaL em 2010, nesta 3a feira. Com poucos dados estatísticos, em quase 2 horas discorreu sobre os diversos setores sócio econômicos da gestão, concluindo que as coisas melhoraram muito em cada deles, em relação as gestões anteriores. Transparência, preservação, relação com as Guianas, diminuição das diferenças entre ricos e pobres, melhoria no atendimento social e desenvolvimento econômico do Amapá. Nenhuma palavra sobre orçamento 2010 ou sucessão estadual.

WG

  • “Melhorou e muito a diferença entre Ricos e Pobres.A turma da Harmonia ficaram mais Ricos e o Povo ficou mais Pobre(hoje o povo não tem água para beber,nem educação,nem segurança,nem dinheiro e nem esperança).

  • Pobre Estado, enquanto o Brasil deu um salto em qualidade de vida aqui no Amapá tem propaganda de Gari e Ajudante de asfalto, emprego nas industrias que é bom nada Parabéns pela incompetência.

  • Dito hoje pelo Deputado Moisés Souza no programa de rádio do Olivio Fernandes.”A maioria doque o governador Waldez Góes falou,é propaganda enganosa”.

  • Deputado Moiséis não estava certo.As localidades que fazem parte do Município de Laranjal do Jari,estão a 30 dias sem energia por falta de combustível que a CEA não envia ao Município.

  • É lendo isso ai, me lembrei daquela imagem que fizeram do Desgoesvernador com o nariz de pinóquio…bem que poderiam substituir a foto do post por aquela imagem, ficaria mais evidente o quanto este “goesverno” avançou!!!!

  • Puta merda. Vai ser mentiroso assim na casa do catzo. A unica coisa certa que ele falou foi que ele teve problemas na saúde. Também não? Colaca lá a turma dos Zolhudos lá.Depois a turma do PP… Sem contar os seus próprios… Tres secretários presos, R$ 40 milhões numa só tacada subtraídos. Milhões de litros de soro fantasmas. Povo morrendo por falta de TFD, Nefrologia parada.Hospital do cancer idem. Comida e restaurante do Hospital geral ruim. Visão para todos devaga.Pronto socorro da Zona Norte nem foi projetado, plantões graciosos, etc….
    Nem uma palavra sobre o maior engodo, no caso o Amapá Produtivo e o engarrafamento de navio no Porto de Santana para levar a imensa produção de soja, trigo, arroz,milho, melancia e etc… Podia ter ao menos dito que aumentou em muito a produçaõ de caramujo, que por aqui virou praga…..
    Não vai deixar saudade.

  • engracado, essa galera critica mas na epoca de eleicao faz pouco caso e acaba votando nessa tal harmonia… hipocritas! p q nao fazem campanha contra??? p q nao vao nas pontes alertar o povo sem educacao que vender seu voto é pior???? quero so ver qual vai ser o proximo corrupto que vcs vao eleger esse ano.. ai ano q vem todo mundo aqui denovo no repiquete falando mal…

  • Assessoria especial do governo gastou uma caixa de oleo de peroba para irem assembleia só no rosto do governador foi meio frasco.Obs:em 2009 ele nos deu garantia de que ele proprio iria tomar conta da saude,ontem afirmou em outras palavras sua incompetência parece que foi ontem, mas tem coisa que o povo não esquece Waldez e vc pode ter certeza das pessoas que perderam e estão perdendo, amigos,parentes e familiares em nosso sistema de saúde publica jamais te esquecerão.

  • A única pergunta ao governo da harmonia. Qual a maior obra do Waldez? Só vale aquelas que ele iniciou e inaugurou. Alguém sabe?

  • Minha resposta é NENHUMA.Os reparos e reformas que ele fazia e que está tudo parado por falta de grana,qualquer cidadão com um salário razoável faz.

  • O Amapá está tão bom,a começar pelo aeroporto(roubaram o dinheiro),indo para o hotel(ruas cheias de buraco),tomar banho(não tem água),acessar a internet(não tem banda larga),queda de energia(a CEA está falida),passeando pela beira rio(uma grande cerca para esconder o roubo),passeando pelo centro(desfile de carros da policia,comprados pelo governo federal,ao estilo de Sucupira),tirar pressão no Pronto socorro(não tem o aparelho),assistir um jogo de futebol(não tem estádio),chamar a policia(não tem combustível),incíco das aulas(não tem merenda escolar e nem materia didático),perguntado sobre o IDH(é o último do Brasil),e os órgãos fiscalizadores(fazem parte da harmonia) e o que é a Harmonia(eu roubo,tu roubas,ele rouba,não me deduras e eu também não vou te dedurar)e os telefones(só orelhão dos órgãos públicos estão todos cortados)e o pagamento dos funcionários(só um parte recebe)e os fornecedores(só os laranjas da quadrilha recebem)e a previdencia social(governo não paga) e a policia(só a policia federal, 12 operações)e o que é que eles querem fazer agora(ENCONTRAR UM CANDIDATO QUE POSSA ESCONDER AS BANDALHEIRA).QUE MARAVILHA É O AMAPÁ.

  • Os Rackers,invadiram o sistema do governo,segundo informações da secretaria de comunicação.Os iluminados da Justiça Eleitoral do Brasil,dizem que as Urnas Eletrônicas são seguras.Os Rackers,tiram dinheiro da conta corrente dos correntistas, “alvará” de Urnas Eletrônica.Aqui no Amapá em 2006, o Waldez Góes, ganhou em todos os Municípios em todas as Urnas com o mesmo percentual 53%,dito com uma semana de antecedência pelo Jornal 12(Jornal do Dia),coisas nunca visto em nenhum local do mundo,só a rejeição do Waldez era 42%,ele era Vaiado até pelo telão.Um dia a história vai contar essas trajetórias.E eles continuam, o Roberto Góes(cassado 5 vezes),não tirou em uma semana 17% pontos percentuais em uma semana(matemáticamente impossível).
    Eleições aqui virou caso de policia.

  • SOBRE AS OBRAS.Sua pergunta lá embaixo está causando um reboliço no desgoverno Waldez.Hoje pela manhã estava o Sec.de Obras Alcir Matos no rádio,falando dos reparos e pinturas e meio dia na Tv, estava o professor de Deus(Alberto Góes),falando a mesma coisa de reparos e pinturas.Eu já escuteio o ex-sec.de obras Gervásio Oliveira,fazer um Corredor Turístico na Lagoa dos Indios e a um mês atrás o Alberto Góes fez uma maquete sobre um tal Corredor Turístico do Marco Zero,Cidade do Samba,etc..(tudo mentira),além de não ter tempo para realizar coisa nenhuma,agora não tem dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *