Volta para o mar, oferenda!

O Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou a denúncia movida pelo ex-deputado Fran Júnior, contra os senadores Randolfe Rodrigues (Psol-AP) e João Capiberibe (PSB-AP), na última sexta-feira, 4.

Fran Jr alegava na denúncia, mais de 10 depois, que o senador Randolfe Rodrigues, quando foi deputado estadual, teria recebido vantagens ilícitas para votar a favor do governo do estado, na Assembleia Legislativa. João Capiberibe era governador do Amapá nesse período. Randofe era do PT e fazia parte da base de apoio do governo.

O relator do processo, ministro Luíz Fux, considerou a alegação sem consistência, ressaltando que a Procuradoria Geral da República teve parecer semelhante e também determinou o arquivamento.

O Senador Randolfe Rodrigues já se posicionou sobre o assunto no plenário do senado, e tomou procedimentos jurídicos sobre denúncia caluniosa.

  • Prego batido e ponta virada! Quem quiser mexer no assunto ou propalar versões infundadas, que questione o ministro Fux com a ferramenta jurídica apropriada. Randolfe está absolvido pelos Tribunais Superiores.

  • Mais uma vez reafirmo a minha convicção de que jamais o mal vai prevalecer sobre o bem e que a mentira nunca irá sobrepor-se à verdade. Parabens ao Randolfe e ao Capi.
    Alcione

  • Tomara que não inventem embargos infringentes para absolvição.
    Agora, é processar por calúnia e difamação esses “jornalistas” e “juristas” harmônicos.

  • No Amapá não existe situação ou oposição, o que existe é assessores parlamentares vestidos de jornalista que vendem seus peixes da maré ou estragados.
    Quem compra este peixe deve saber escolher.
    Peixe estragado faz mal para a familia inteira …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *