Vice-prefeita de Macapá é a primeira amapaense a se candidatar à adoção de crianças haitianas

Desde o terremoto que atingiu o Haiti no último dia 12 de janeiro,
a embaixada haitiana no Brasil não parou de receber pedidos de
brasileiros interessados em adotar crianças do país. No Amapá, a
vice-prefeita da capital, Helena Guerra, já se candidatou à adoção de
um casal: duas crianças. Além dela, outras três mães, do Grupo das
Lágrimas, estão na fila para a adoção. São pessoas que perderam os
filhos e que sensibilizadas resolveram ocupar o vazio, dando também
exemplo de amor, de mãe para filho. Helena Guerra já acionou advogados para cuidar de todo o processo.

  • não estou insensivél com a situação do Haiti, porém,no ESTADO exitem crianças no estagio de pobreza no mesmo patamar q os haitianos e não vejo ninguém com espirito solidario com elas. como diria o poeta “haiti é aqui”

    • Acho muito nobre o gesto de Helena Guerra e das mães do Grupo das Lágrimas. A diferença em relação as crianças do Haiti é que que grande parte delas ficou sozinha no mundo, sem família. E toda criança precisa de uma família.

  • BOM DIA ALCIELEN E CAROS LEITORES
    ME CAUSA ESPANTO A PREFEITA, ÔPA, VICE-PREFEITA QUERER FAZER TAL ATO DE CARIDADE ADOTANDO UM CASAL DE POBRES E SOFRIDAS CRIANÇAS HAITIANAS, ELA DEVERIA CALÇAR AS SANDÁLIAS DA HUMILDADE E VOLTAR …………………………. …………………….PESSOAL DELA, POIS NAS ELEIÇÕES PASSADAS ELE NÃO APOIOU A MÃE, NEM MUITO MENOS A IRMÃ KIKA GUERRA. ELA, A VICE-PREFEITA DEVERIA REVER SEUS VALORES, DEIXAR DE FAZER MALDADE COMO FEZ NA ÉPOCA EM Q. FOI PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MACAPÁ AO DEMITIR SEM DIREITO A NENHUMA INDENIZAÇÃO OS 23 SERVIDORES DA CÂMARA Q. ATÉ HOJE NA SUA MAIORIA ENCONTRAM-SE DESEMPREGADOS POR TAMANHA PERSEGUIÇÃO POLÍTICA Q. ESSA MULHER Q. SE DIZ PROTETORA DOS DIEITOS HUMANOS CAUSOU ATOS DESUMANOS COM TAIS TRABALHADORES Q. TINHAM MAIS DE 15 ANOS DE SERVIÇO. E Q. AINDA FORAM CHAMADOS DE SERVIDSORES FANTASMAS POR ELA. TÁ NA HORA DO POVO ABRIR O “OLHO” E BOTAR ESSE TIPO DE GENTE PRA FORA DO PODER PÚBLICO.
    Comentário editado pela dona do blog

    • O ato não foi inregular, esses funcionarios estavam sim a muitos anos mas de forma inregular, e só faltava uma pessoa de coragem pra organizar as coisas por, se reparou que depois que o rilton amanajás assumiu a CMM a Câmara parou e esta apagada…. eu sou funcionario de lá e reparei isso, era tão bacana as quarta-feiras de abraço as confraternizações, e nada isso o rilton faz… só tenho a lamentar

  • ELA DEVIA SE OCUPAR EM DAR CARINHOS AOS NETOS FILHOS DO FILHO PRIMOGENITO DELA, E PARAR DE QUERER BANCAR A HUMANITÁRIA. PARA SER UMA PESSOA HUMANITÁRIA ELA TEM QUE:
    1º- AMAR OS PÓPRIOS FILHOS E NETOS EM IGUAL PROPORÇÃO;
    2º – SER UMA PESSOA DE BEM COM A VIDA E DEIXAR DE SER MAU AMADA E RANCOROSA;

    3º – ELA TEM QUE PARAR DE PERSEGUIR FUNCIONÁRIOS E EX-FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS, Q. NAO CURTEM A CARA DELA ………
    PRA QUERER AJUDAR OS OUTROS A MUN-HÁ TEM Q. PRIMEIRO FAZER O DEVER DE CASA, DO QUE ADIANTA QRER MOSTRAR SER SOLIDÁRIA E HUMANA COM OS OUTROS

    Comentário editado por conter ofensas e quentões familiares

  • “A diferença em relação as crianças do Haiti é que que grande parte delas ficou sozinha no mundo, sem família. E toda criança precisa de uma família.” Foi isso que vc escreveu… E as crianças que temos aki? Muitas delas tbm não tem família, não tem ninguém… Vivem pelas ruas e são criadas nas ruas… Sou coordenadora pedagógica de uma escola e acompanho relatos muito tristes de crianças que são criadas por avós, tios, irmãos mais velhos e, até mesmo, com vizinhos por não terem mais pai e mãe. Temos várias crianças que necessitam tbm de uma família aki. A diferença? É que estão mais perto de nós.

    • Eliane tu é uma Coordenadora Muito Burrinha, se são criadas por avós então avó não faz parte da familia é isso, tem crianças no Haiti que não tem ninguém ficaram sem nehum parente….alô se liga menina!!!!!!!!

  • Não quero tirar o mérito, da referida senhora de querer adotar crianças do haiti,nem entrar na seara familiar, mas aqui no nosso rincão, existem crianças tão ou mais necessitadas, quanto as haitianas. Só que graças a Deus, nosso país não sofreu um terremoto desses. Logo ajudemos todos nós, a todos que necessitam sejam aqui, sejam em qualquer lugar.

  • Tubo bem que queira adotar, louvável, mas mandar notas para jornais e blogs? é querer aparecer além da conta. Caridade não se faz com o microfone na mão e sim com o coração.

  • CAROS AMIGOS LEITORES,
    É RIDÍCULO, TÁ NA CARA QUE ELA A VICE-PREFEITA QUER SE PROMOVER, M CIMA DA DESGRAÇA ALHEIA, PRA QUE PROPAGAR ENTRE TODOS OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO QUE QUER ADOTAR UM CASAL DE CRIANÇAS HAITIANAS. ELA ESTÁ DE OLHO NAS ELEIÇÕES QUE SE APROXIMAS, POIS SE ELA NÃO, VAI A FILHA KIKA SER A CANDIDATA DA FAMÍLIA, QUE NEM GUERRA É. POIS GUERRA SERIA SE FOSSE O SEU EX-ESPOSO O POLÍTICO. SERIA ATÉ VIÁVEL UMA PESSOA SIMPÁTICA E JUSTA COMO ELE SER O CANDIDATO DO CLÃ DOS GUERRA, QUE TEM O PROFº PAULO GUERRA COMO UM DOS PRINCIPAIS POLÍTICOS DO ANTIGO TERRITÓRIO.
    ABRAM O OLHO E NÃO DEIXEM ESSA MULHER ILUDIR VCS.!!!

  • Acho bacana a atitude, e acredito q a situação das crianças haitianas é pior d q as crianças brasileiras,ten em vista a miséria em q vive hoje o pais.Aqui temos programas sociais. N importa a nacionalidade somos todos irmãos, n é o pais q nascemos q nos une.

  • Muito BELO o gesto da vice-prefeita, más cá prá nós. Não dá para uma SEPTUAGENÁRIA estabelecer uma meta de criar uma criança abalada pelo terremoto. Afinal quem vai acompanhar os próximos estágios da vida dessa criança? Afinal somos de pouca duração e para quem têm mais de 70 anos não pode esperar viver muito. E quando o olho fechar quem vai cuidar da criança? Hum, Hum!

  • Sem dúvida é uma atitude corajosa e humana, mas tem crianças bem proximas de nós que também estão sem pais e sem lar, esperando adoção. Basta fazer uma visita aos pequeninos que aguardam por uma família lá na Casa da Hospitalidade em Santana.

  • Gesto nobre. Porem, sugiro as pessoas que pretendem adotar, uma visita aos abrigos (orfanatos) de criancas que temos no Estado. Estao mais proximos de nos e, sao igualmente carentes. Aqui tambem tem Haiti, minha gente!

  • Perante tantos Comentários: Ainda acho que a prioridade é das crinças haitianas, são crianças sub-nutridas e que vivem no país de total calaminade sem ajunda dos Gorvenantes, pq nem os Governantes de lá tem condições de presta asistencias a tanttas crianças orfãos vivendo num verdadeiro infreno…

  • acho muito nobre o gesto da senhora vice prefeita, pois o que ela está tentandop deixar transparecer é que aqui no amapá tambem podemos ser solidarios com os irmãoszinhos que perderam os pais e estão muito longe de uma vida melhor. Entendo que não importa o tamanho de um gesto o importante é cumpri-lo e cumpri-lo com amor, o mesmo amor que Deus nos dedica todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *