Um mercadão na paisagem da Beira-rio

Governo do estado e Prefeitura inauguram hoje a primeira (ufa) etapa do complexo beira-rio.

Mas fala sério! Aquela obra que o ex-prefeito João Henrique deixou enrolada é muito feia. O complexo de bares, mais parece um mercadão. E de muito mau gosto. Que não combina em nada com nada. Nem com estilo arquitetônico da beira-rio, construída por Barcelos nos anos 80, e nem se harmoniza com a bela Fortaleza de Macapá, que emoldura o fundo de todo o conjunto.

Anos de espera e de má aplicação do dinheiro, pra nossa linda frente da cidade ganhar uma obra feia e meia-boca.

  • Concordo, que foi uma robalheira, que a obra está, mesmo depois de um ano de atraso, entregue as pressas e mal acabadas. Mas não enfeia a cidade não. O projeto é bonito, e o espaço é interessante, um lugar exclusivo para comidas típicas, um compexo de bares, que enfim podem funcionar de Janeiro a Junho, e as demais reformas na praça do coco e na Praça.
    A verdade é que a gente espera sempre mais dos locais turisicos de Macapá, espera mais beleza, mais praticidade, e espera que dure mais. Pq, pra ser bem sincero, a única obra turistica que dura mais de 4 anos é a Fortaleza, talvez por ter sido construida no século passado.

  • O João Pororoca,inaugurou aquela bosta umas 3 vezes.O prefeito cassado 5 vezes mais o governador que faliu o estado,deverão iniciar uma série de inaugurações(cada 50 metros uma festa).A própósito vocês sabem de quem é a firma que está fazendo aquele aterro em frente a OAB,pois bem aquele aterro já está custando 4 milhões.Se alguem descobrir,ganha um presente do papai noel.Tenho certeza que todo mundo vai ganhar um presente.

  • É verdade, infelizmente macapá, so mesmo a fortaleza é turismo, que o resto é uma merda, ai vem esse baba ovo cachaceiro dizer que macapá tem isso tem aquilo, que escrevem algumas linhas pra ver se caem algum dimdim. sera que tem palena?

  • A arquitetura desses quiósques novos, enfileirados, mais parece de um terminal de ônibus, ou uma estação de trem.

  • Alcilene,
    Isso aí é resultado da parceria nota DEZPachada(com o Pororoca) e DEZleixada (com o recordista mundial de cassação). Mas o maior culpado pela mau gosto é o Waldez aliado com o Coelhão da SEINF.
    Vê lá história da Parceria pra consegiur essa proeza.

    2001 – Capi – Hamilton Coutinho e Pororoca;
    2002 – Dalvinha – Daniel e Pororoca
    2003 – Waldez – Coelhão e Pororoca
    2004 – Waldez – Coelhão e Pororoca
    2005 – Waldez – Coelhão e Pororoca
    2006 – Waldez – Coelhão e Pororoca
    2007 – Waldez – Coelhão e Pororoca
    2008 – Waldez – Coelhão e Pororoca
    2009 – Waldez – Coelhão e Cassadão.
    Escore por membro da parceria:

    5 º Colocada Capi e Dalvinha 01 Participação
    4º Colocada Cassadão 01 participação
    3º Colocada Coelhão 07 participações
    Vice- Campeão Waldez 7 participações
    Campeão – Pororoca 08 participaçãoes
    Muleke, que é zagueiro e marca colado tudo que é número dez.

  • Tá bem parecido com o Terminal Rodoviário do município de Tartarugalzinho.Alcilene eu queria vender um fogos para essses festeiros.Como é que eu faço,será se a Importadora G & T,vai deixar.

  • Lene,
    Realmente o projeto arquitetônico é de muito mau gosto.Além de privar parte da visão do Amazonas, pode se tornar, como já vinha ocorrendo, ponto de prostituição e outras mazelas, que esse tipo de emprendimento provoca. Vai requerer atuação redobrada da PM e do Conselho Tutelar. No mais registrar, que tanto dinheiro, tanto transtorno e tanto prejuízo pra tanta gente tenha tido resultado tão pífio.Mas de qquwer jeito, está melhor do que se encontrava ao longo dos últimos anos.
    Alcione

  • E na ida pela Av. Padre Júlio a visão que temos é a das privadas, e não do majestoso Rio Amazonas. Bem que o Lula disse que tava uma “merda”.

  • Lene, em 2010 muitos ordenadores de despesas teram que explicar os “SAQUES DE DINHEIRO PÚBLICO EM AGÊNCIAS BANCÁRIAS”, principalmente junto ao Banco do Brasil. Tem dôssie prontinho para o Brasil inteiro tomar conhecimento, bem como diversas representações…Até onde se sabe despesas públicas não podem ser liquidadas com pagamento em dinheiro…Será só o começo de muita coisa guardada que será liberada no ínicio do ano.

  • Acho, e é só isso, que a solução arquitetônica não foi a mais adequada…

    Isso já era esperado, mais pela roubalheira do que pelos porres e delirius tremmis do pororoca…

    A prostituição e venda de drogas era patrocionada por muitos donos de bares e garçons… Esse atividade só pode ser combatida eficazmente com um bom trabalho de inteligência policial…

  • Lene, lembra que vc já falou que nossos governantes leem os blogs? Pois bem, como será que eles se sentem sabendo que todos os leitores sabem dessas maracutaias que emporcalham o andamento de suas administrações? Tomara que êles, enfim ,se conscientizem que o amapaense já não é mais aquele povo sem noção de há alguns anos.
    Feliz Natal pra vc e parabens pelo sucesso do Ricardinho.

  • Mais um “Mijatório Gigante” com a marca do João Pororoca,Roberto Cassado 5 Vezes e Waldez Góes o homem que faliu o estado.

  • Quanto ao histórico pouco honrroso do emprendimento em questâo, pouco poso opinar pois nao o conheço, apesar de que, tendo a concordar com as outras postagens feitas aqui, agora, quanto ao “partido arquitetonico(wtf?)” so tenho a lamentar. Em uma cidade com um potencial turistico tao grande, fazer a populaçâo esperar tanto para entregar uma obra feia, mal projetada, mal construida, mal concebida e mal implantada, realmente, beira a insanidade. Pergunto: o que foi feito ali? é exatamente a mesma coisa de antes, os memos bares de mal gosto, frequantados pelos mesmos seres patéticos, bebados, sozinhos com a cara melada esperando as “piriguetes” e mijando em qualquer lugar. Certamente, voltará a ser ponto de prostituição, consumo e venda de drogas. Se pensarmos bem, ninguem pode chamar este governo de inconstante e incoerente, pois, nunca fez nada e quando faz, sempre são excrementos deste quilate. Se pensarmos um pouco mais distante, temos apenas nós mesmos a culpar, pois, sempre elegemos “cidadãos” extremamente despreparados, absurdamente corruptos e absolutamente indignos e desta vez, nos superamos no quesito mediocridade elegendo os Góes para nos governarem. Em um Estado em que todos colocam interesses pessoais acima de qualquer ideologia ou mesmo de qualquer senso comum, temos que pensar melhor e eleger pessoas competentes e sem amarras sob pena de, continuarmos a comemorar luzes verdes de gosto duvidoso nas nossas ja horriveis praças. Abs.

  • Eu so tenho uma pergunta, quem foi esse genio da arquitetura que projetou aquele complexo, com barracas cobertas embaixo de outra cobertura, eu hein, seis anos pra inaugurar aquele mostrengo, a unica coisa que fizeram foi telhados, e um piso mal talhado, o resto é mais do mesmo, já existia!!!

  • Saí de Macapá há alguns anos, e não muda nada. A cidade continua jogada “às baratas”! O aeroporto do “Nunca Terminar Obra”…pelo que vi os “Eternos Quiosques em Construção” ficaram um decpção! As pessoas não-ampaenses me dizem “Aquela terra nunca que vai crescer..os políticos de lá só trabalham em prol dos seus próprios bolsos..”!

    Cá com meus botões eles estão certo..é uma grande pena concordar com eles. Macapá continua um grande “garimpo”!

  • ja imaginaram vir chegando pela padre julio e ver o rio, sem nada na frente, seria muito bonito um cartao postal… mas nao,nao foi dado o devido valor no que temos de melhor e mais belo o rio.. e os bancos de frente pro rio, cade? o bondinho agora polui com motor a diesel. pode/?/? meu deus, estamos em que seculo heim??/ abaixo os goes do poder…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *