Trem menos alegre

O alegre e boa-praça, “Seu Ferro”, motorista aposentado da Icomi e da PMM, faleceu na quinta-feira, deixando o bairro do Trem e a Confraria do Jambeiro menos alegres.

Com seu Ferroa foi boa parte da memória do Amapá e de histórias que ele contava como um grande contador de causos.

PMM-015

  • Pôxa Alcilene, muito triste esta notícia, eu de férias aqui distante fiquei arrasada pq conhecia “seu Ferro” e era uma pessoa demais bacana! Recebia a gente com muito carinho e dava uma atenção…. Nós perdemos e o Amapá tb. Que ele possa ter o descanso merecido ao lado de Nosso Deus Pai em sua casa celestial.

  • Há pessoas nesta terra que deviam ser infinitas. O nosso amigo Ferro é uma delas. Mas, na realidade, a vida não nos pertence, e sim a Deus. Acredito que Ele, na sua onipotência, deveria estar precisando de um homem como o Ferro, sempre amigo de todos. Que Deus o receba e dê conformação naa dor da saudade da seus familiares e amigos.

  • Alcilene, realmente não só o bairro do trem esta triste, mas acredito que todos aqueles que de uma forma ou de outra fizeram parte de sua história. Fui vizinha do mesmo alí na Av. Acelino de Leão, e tinha o prazer de todos os dias ao passar para minha casa após o trabalho ve-lo todo arrumado e com aquele sorriso cordial saudando quem passava. E sempre jogando ou ouvindo música. Há que saudades. Mas o criador determinou assim! o que fazer?. byby

  • Figura das mais simpáticas que conheci. Tive a oportunidade de sentar-me algumas vezes em baixo do jambeiro que ficava em frente a sua casa e ouvi-lo contar suas histórias. Que seja recebido com festas no outro plano.

Deixe uma resposta para Neto Mont'Alverne Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *