Tragédia

O Tenente Chagas, do Corpo de Bombeiros, assassinou a ex-mulher, na noite de ontem, sexta-feira, no Bar Calçadão do Valdir, no Laguinho e depois se matou na rodovia do Curiaú.

Bombeiros usaram o twitter ontem a noite, estarrecidos, lamentando a tragédia com o colega de farda.

Senhor Deus, derrama imensas bênçãos sobre as famílias do Amapá.

  • Alcilene, uma moça falou no twiter q policiais c arma em bebedeira dava nisso, entretanto o oficial tratava-se de Bombeiro Militar,e sabemos q trata-se de caso isolado,pois nem se sabe a quem pertencia a arma ,e sem querer me precipitar, o fato tem caracteristicas de crime passional, não tendo qualquer relação co a corporação q o oficial integrava. Infelismente alguns homens,de diversas classes sociais ainda se acham donos da vida de suas parceiras.

    • Tens razão Maria, muitos homens e mulheres não aceitam que a decisão de finalizar uma relação é direito bilateral. Casos assim são comuns infelizmente, uma fatalidade 2 vidas perdidas.

    • Pois é,quem deveria proteger e valorizar mais a vida, se perde.Admiro muito esses profissionais que são treinados e se dedicam à salvar vidas,mas as instituições(policia,bombeiro,saúde,etc) falham muito em não atentar p/o desequilibrio de muitas destas pessoas que deveriam passar por psicologos e tb terem melhores condições de vida,ou seja,salários dignos e melhor qualidade de vida,pois o desgaste desses profissionais é muito grande e compromete muito o emocional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *