TJAP tem 100% de eficiência em relatório do CNJ

Diário do Amapá

Paulo Silva
Editoria de Política

Presidente Carlos Tork

Com a menor taxa de congestionamento do Judiciário brasileiro e o melhor índice de produtividade dos magistrados, dos servidores e despesas totais, na categoria de tribunais de pequeno porte, o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) desponta com 100% em eficiência e produtividade, de acordo com o relatório Justiça em Números/2017, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), divulgado na tarde desta segunda-feira (4/9).

O Relatório Justiça em Números, realizado anualmente pelo CNJ desde 2004, reúne informações sobre taxa de congestionamento processual com a despesa total por processo baixado, orçamento, produtividade, recursos humanos, estrutura dos tribunais brasileiros e outros.

“O resultado do relatório demonstrando a performance positiva da Justiça do Amapá ao obter percentual máximo deve-se ao grau de responsabilidade, desempenho e dedicação de todo o quadro de pessoal do Judiciário (magistrados, servidores e colaboradores) que se desdobram para cumprir as metas estipuladas pelo CNJ, buscando dar uma resposta efetiva e célere à sociedade, e com isso elevam o nome da Justiça amapaense no cenário nacional”, destacou o presidente do TJAP, desembargador Carlos Tork. O anuário Justiça em Números 2017 pode ser acessado na íntegra no site do CNJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *