TJAP marca primeiro julgamento da Operação Eclésia no pleno

Marcado para o dia 16 deste mês o primeiro julgamento de processo criminal da Operação Eclésia, no colegiado pleno do Tribunal de Justiça do Amapá.

Nesse processo, os réus são o presidente afastado da Assembleia Legislativa, Moisés Souza, o ex-deputado Edinho Duarte e ex-servidores de cargos de confiança da AL.

Se condenados, já caem na lei da ficha-limpa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *