The flash

O ex-governador do Amapá Camilo Capiberibe teve os bens bloqueados por ordem da 4ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá.

O bloqueio é fruto de ação por improbidade administrativa movida pela Procuradoria Geral do Estado, na semana passada, que acusa Camilo de não repassar valores de empréstimos consignados de servidores à instituições financeiras.

Nota de Esclarecimento de Camilo Capiberibe

Sobre o bloqueio de bens pedido pelo governador Waldez Góes e determinado
por ordem do juízo da 4ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, temos a
dizer que:

– O ex-governador Camilo Capiberibe e os demais mencionados tomaram
conhecimento do processo pela imprensa, ou seja, sequer foram notificados
oficialmente;

– Entre 2011 e 2014, nenhum servidor teve o seu nome negativado e foram
pagos R$ 74 milhões em consignados dívida herdada da gestão Waldez Góes;

– É de se estranhar a celeridade desse processo, uma vez que o próprio
governador Waldez, que foi condenado pela Justiça por haver desviado R$ 74
milhões dos consignados, só teve os bens bloqueados após quatro anos e tendo
tido amplo direito de defesa;

– Tendo a tranquilidade da comprovação da regularidade da gestão do governo
Camilo Capiberibe, serão prestadas todas as informações e, ao final, serão
propostas ações jurídicas contra os agentes públicos que propuseram essas
denúncias com viés claramente político.

– Finalmente, essas ações judiciais são parte de uma estratégia política do
governador Waldez para desviar a atenção da opinião pública da incompetência
administrativa que tomou conta do Estado que se encontra com mais de 50
obras paradas.

 

Assessoria de Comunicação

 

  • O que ocorre nesse Estado é comparado a uma terra sem lei. Só falta boi voar. Inversão total de valores. O atual governador deveria trabalhar mais, levando em consideração o seu passado. E o Camilo precisa aprender com tudo q está acontecendo, pois ele deveria ter feito o mesmo quando era governador.. denunciar.. meter a boca no trombone de tudo q descobriu quando assumiu o governo.. mas não, ficou calado, e deixou q seus adversários pintassem e bordasse.. pobre Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *