Terroristas virtuais

Pra atingir o imaginário da população, criando problemas que não existem as vésperas do pleito eleitoral, estão passando correntes pelo whatsApp dizendo que tem marinheiros com Ebola no Amapá.

Nada a ver, gente. Tem um navio da Guiné, que nem ia parar em Macapá, cujo destino é Santarem-PA, que está ancorado a 9 km de Fazendinha, e foi inspecionado por prevenção pela ANVISA. Ninguem do navio desembarcou e segundo a ANVISA, não há indícios de ebola na tripulação. É apenas uma ação preventiva.

O portal G1 está cobrindo o assunto. http://g1.globo.com/ap/amapa/index.html

Veja nota da SESA.

Sesa esclarece sobre falsas informações a respeito do vírus ebola no Estado

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vem esclarecer sobre publicações falsas nas redes sociais a respeito de 15 marinheiros de um návio vindo do país de Guiné (na África), onde dois dos tripulantes estavam com o vírus ebola e que, depois de internados no Hospital de Santana, fugiram e estariam circulando entre moradores de Macapá.

A Sesa lamenta que pessoas mal intencionadas criem falsos boatos sobre algo tão sério como o vírus ebola, que já matou milhares de pessoas em países africanos. Se tal fato ocorresse em nosso Estado, todos seriam avisados sobre os cuidados e providencias a serem tomados imediatamente.

A Sesa pede às pessoas que não compartilhem esse tipo de informação e que, antes de compartilhar, verificar a veracidade dos fatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *