Tá na Veja

Finalizando projeto

Randolfe Rodrigues anda empenhado em testar o alcance da tesourinha de austeridade de Renan Calheiros: finaliza um projeto de lei para acabar com o serviço de saúde vitalício dos senadores.

Hoje, os parlamentares em atividade na Casa têm direito a reembolso ilimitado com despesas médicas. Após o fim do mandato, cada senador pode gastar até 33 000 reais por ano, com a certeza de que será ressarcido.

A ideia de Randolfe é apresentar o projeto pondo fim à mamata na primeira quinzena depois do fim do recesso parlamentar, ou seja, até o final de agosto.

A inspiração para cortar a mordomia veio do Amapá: a Assembleia Legislativa do estado aprovou uma resolução garantindo aos deputados estaduais inativos o direito a atendimento médico pago pela Casa, desde que a doença em questão tenha aparecido durante o mandato.

Por Lauro Jardim

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/congresso/assistencia-vitalicia-na-mira/

  • Com certeza o nobre senador já sabia desta mamata desde que entrou naquela Casa. Fica com ar de oportunismo ele lançar projeto só agora depois da polêmica Resolução da AL. Por quê não lançou desde quando entrou? Só acho….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *