STJ nega liminar a Moisés Souza para suspender julgamento da Eclésia

Do Jornal Diário do Amapá

A ministra Diva Malerbi (desembargadora convocada do TRF da 3ª Região), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta quarta-feira (9) liminar pedida pelo deputado Moisés Souza (PSC), presidente afastado da Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP), visando suspender os julgamentos de ações penais da Operação Eclésia, com destaque para a que está marcada para o dia 16 deste mês. A decisão será publicada nesta quinta-feira (10).
Leia mais aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *