Senadores do Amapá Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues estão entre os “cabeças” do Congresso Nacional, segundo o Diap

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – DIAP, divulgou a lista dos “cabeças” do Congresso Nacional, que são aqueles parlamentares considerados mais importantes  no processo decisório das casas e com muita influencia também na opinião pública.
Na lista, estão dois importantes parlamentares do Amapá: os senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues.

Os “Cabeças” do Congresso Nacional são, na definição do DIAP, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo
exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades aqui descritas.  “Entre os atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo destacamos a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão. Enfim, é o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo”.

Sobre o reconhecimento, Davi Alcolumbre disse em suas redes sociais que “é um orgulho ser destaque por representar o meu Amapá”. E que o compromisso de trabalhar incansavelmente pelos amapaenses segue firme e forte.

O Senador Randolfe Rodrigues falou ao blog sobre estar na lista dos 100 maiores influentes do Congresso Nacional. Ele disse que:

“Todas as comendas e reconhecimento que tenho recebido nesses anos de mandato, eu penso que pertencem aos amapaenses que me designaram para a função que exerço. Elas não pertencem a mim. Elas são um tributo do povo do Amapá”.

E que gosta sempre de repetir a poesia de Fernando Pessoa: ” Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo”.

Davi-Randolfe

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.